Header Ads

Bahia fica atrás apenas de São Paulo no número de policias mortos em 2012


Em Jequié, o assassinato do soldado PM Jurandy Oliveira, na noite de 28 de agosto deste ano causou grande consternação na comunidade
Um levantamento realizado pelo jornal Folha de São Paulo mostra que um policial é assassinado a cada 32 horas no Brasil. Na Bahia, 16 policiais já foram mortos este ano o que coloca o estado em segundo lugar no ranking brasileiro, ao lado do Pará, que também computou 16 PMs assassinados. O estado brasileiro campeão é São Paulo, que acumula quase a metade das ocorrências, com 98 policiais mortos, sendo 88 PMs. O Estado concentra 31% do efetivo de policiais civis e militares do país, mas responde por 43% das mortes desses profissionais em 2012. No total, ao menos 229 policiais civis e militares foram mortos no mesmo período no Brasil, a maioria deles, 183 (79%), estava de folga. Muitos dos policiais morrem em atividades paralelas à da corporação, no chamado “bico”. Em vários Estados, os policiais reclamam de falta de assistência. “Já houve o caso de um policial ameaçado que foi viver na própria associação até achar uma nova casa”, afirma Flavio de Oliveira, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Espírito Santo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.