Header Ads

Atleta do Cruzeiro será indiciado por homicídio e lesão corporal, diz polícia

Anselmo Ramon, do Cruzeiro (Foto: Tarcísio Badaró / Globoesporte.com)
Anselmo Ramon, do Cruzeiro
 

Anselmo Ramon atropelou dois homens e provocou morte de um deles.
Inquérito deverá ser concluído até janeiro de 2013, informa delegado.

O jogador do Cruzeiro, Anselmo Ramon, que atropelou dois homens e provocou a morte de um deles no dia 8 de dezembro, será indiciado por homicídio e lesão corporal culposos, quando não há intensão de matar, segundo informou o delegado João Uzzum, da Delegacia de Camaçari, situada na região metropolitana de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, o inquérito que investiga o caso deverá ser concluído em janeiro de 2013.
"Acredito que na primeira quinzena de janeiro o inquérito tenha sido concluído. Ele [Anselmo Ramon] vai ser indiciado. Depois o inquérito é relatado e emitido ao Ministério Público, que a partir daí vai instaurar uma ação penal", explicou o delegado. O acidente envolvendo o jogador do Cruzeiro ocorreu na rodovia A10, trecho que liga os municípios de Camaçari e Dias D'Ávila.
No dia 12 de dezembro, o delegado informou que o fato de Anselmo Ramon não ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pode aumentar a pena para os crimes de homicídio e lesão corporal culposos, caso venha a ser condenado. "O fato de ele não ser habilitado é um agravante. Isso implica aumento em 1/3 até metade da pena cabível aos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor", ressaltou o investigador na ocasião.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.