Header Ads

Meio campo Filipe, o goleiro Gustavo e o zagueiro, ex-flamengo, Renato Santos são acusados de estupro

No início da tarde desta segunda-feira (30) foram revelados os nomes dos jogadores do Vitória envolvidos na acusação de estupro feita por uma mulher de 44 anos, que os acusa de terem cometido a violência sexual dentro de um quarto de hotel, na cidade de Curitiba, no Paraná. A informação, que vazou de fontes internas do próprio Clube, afirma que os jogadores que estão na mira da suposta vítima são: o meio campo Filipe, o goleiro Gustavo e o novo zagueiro, ex-flamengo, Renato Santos.
 
A assessoria do Vitória não comenta o assunto. Na manhã de hoje, o diretor de futebol rubro-negro Raimundo Queiroz, em conversa com o site Bocão News, afirma que "Não existe queixa. Chegaram duas mulheres no hall do hotel quando amanheceu e uma delas dizendo que foi violentada dentro do quarto. Ela só não sabe dizer quem foi".

Segundo relato da suposta vítima que conversou com o site Uol, ela estava em uma boate com os jogadores. De lá, o grupo foi de táxi até o hotel, na madrugada de hoje. A mulher disse que estava acompanhada de uma amiga, que seria namorada de um dos jogadores do rubro-negro baiano. O casal foi para um dos quartos e ela teria ido até o bar do hotel. De lá seguiu para o quarto com quatro atletas. No quarto, segundo a mulher, teria acontecido o estupro.
A direção do hotel chamou um representante da equipe baiana que informou que era normal, que prostitutas entravam nos quartos e não havia nada a fazer. A direção do hotel Bourbon informou que a suposta vítima e uma amiga se hospedaram no hotel às 2 horas de hoje, pagaram R$ 300 com cartão de débito, e fizeram o check-out (saída) às 5 horas.
 

"É uma mulher bêbada. Ela saiu cedo e voltou fazendo acusações. Os jogadores estão no 7º andar e ela diz estar no terceiro. Hoje ninguém saiu dos quartos. Nem tenho o que dizer ou o que aconteceu porque nem a própria mulher sabe. Um amiga dela ainda diz que é mentira. Ela quer mídia e os jogadores são os únicos famosos que estão neste hotel", ressaltou Queiroz, se mostrando tranquilo com a situação.

 
A mulher foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal. O caso deve ser investigado pela Delegacia da Mulher. A delegação do Vitória venceu o time do Atlético-PR neste domingo por 5 a 3, e está hospedada no hotel. A mulher disse que não sabe os nomes dos quatro jogadores. O Bocão News manteve contato com o presidente do Vitória, Alexi Portela, mas o gestor disse desconhecer o fato e iria apurar as informações. O time desembarca hoje em Salvador.
 


A mulher que acusa quatro jogadores do Esporte Clube Vitória de terem a estuprado, na madrugada desta segunda-feira (30), dentro de um quarto do Hotel Bourbon, em Curitiba, no Paraná, prestou queixa no fim da manhã de hoje, na Delegacia de Assistência à Mulher (DEAM).
 
A suposta vítima foi encaminhada para exames no Instituto Médico Legal. O caso deve ser investigado pela Delegacia da Mulher do Paraná. A delegação do Vitória venceu o time do Atlético-PR neste domingo por 5 a 3, e está hospedada no hotel. A mulher disse que não sabe os nomes dos quatro jogadores. Os funcionários do Hotel Bourbon serão ouvidos, na tarde desta quarta-feira (2). A próxima a depor será novamente a suposta vítima, que voltará a conversar sobre o caso na sexta-feira (4).

O VÍDEO

 Visivelmente chocada e com a roupa rasgada, a mulher que acusa quatro jogadores do Vitória de estupro na madrugada desta segunda-feira (30), foi entrevistada por uma equipe de reportagem de Curitiba. Ela confirma que foi forçada a ter relações sexuais com quatro ou cinco jogadores do Vitória. “Lembro de todos se eu ver a cara”.


ASSISTA
 






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.