Header Ads

A Bomba-relógio da “Velha Semente” - Quem entra na NOVA SEMENTE, nunca será Adventista!

Imagem
O fio vermelho, ou o fio azul. Quem irá ter peito para cortar o fio e evitar a explosão?

O “Projeto” Nova Semente foi trazido ao Brasil pelo Pr. Kleber Gonçalves, um especialista em missiologia urbana, e tinha por intenção promover uma nova abordagem de evangelismo para com pessoas de mente secularizada e totalmente avessas a ideia de se filiarem a uma igreja institucionalizada. Tais pessoas são produto do pós-modernismo. Em grande maioria elas sentem necessidades espirituais, porém não recorrem às igrejas por não se adequarem a sua cultura e visão de mundo. Normalmente são pessoas de bom nível acadêmico ou de famílias bem resolvidas em termos financeiros.
O método da Nova Semente para alcançar seu público alvo é o seguinte: Aliviar ao máximo a carga “igrejeira” das reuniões. Um Espaço que não pareça Igreja, um linguajar que não remeta a “fala de crente”, um culto bem vivo e uma mensagem que sempre concilie uma discussão culta á espiritualidade. Os temas das Mensagens são profundamente espirituais procurando evitar ao máximo os “não pode” ou os “não deve”. A ideia é quebrar a visão preconceituosa de pessoas secularizadas que acham que ser religioso é seguir normas rígidas de conduta que os escravizariam. A recepção aos visitantes é feita com muito esmero e carinho pelos membros para que eles se sintam muito bem. Esse é o enfoque, fazer de tudo para pessoas que não se sentem bem em Igreja possam enfim se sentir.
Creio que um projeto evangelístico que seja eficaz para alcançar diversos tipos de pessoas é de muita valia, afinal precisamos alcançar todos para Cristo. Porém quando o projeto virou Igreja, ou melhor, comunidade (como eles se julgam), a bomba-relógio começou a fazer “TIC”. A verdade é que a IASD no Brasil é, majoritariamente, uma igreja conservadora. O conceito “conservador” aqui utilizado foi escrito no sentido de apontar uma valoração ás regras de conduta privada quanto ao vestuário, hábitos e lazer e de conduta pública da membresia quanto às formas de adoração e louvor. São veementemente condenadas por algumas igrejas, por exemplo, o uso de calças para mulheres nos cultos, o uso de adornos e maquiagem forte, o frequentar cinemas e teatros, e uso de baterias e outros instrumentos que remetam à estilos de música considerados mundanos. Em algumas igrejas, inclusive, essas práticas são passíveis de disciplinamento (punição eclesiástica). Não é propósito meu questionar a validade ou não dessas regras de conduta, porém é lógico que algumas delas se tratam de normas engessadas e dissociadas culturamente de seu principio bíblico, outras, porém são ensinadas como crenças básicas da Igreja, como o não uso de joias. Só que a Nova Semente como Igreja não tem como foco essas normas, haja vista que se trata de práticas que pessoas de mente secularizada não se coadunam. Ou seja, tais práticas conservadoras não são ensinadas aos novos membros que se converteram pela Nova Semente. A mesma instituição que não trabalha para a superação de normas que não tem mais validade cultural, implanta uma Igreja em que o que não se pode lá se pode cá. É aí que a bomba-relógio criada pela própria “Velha Semente” faz “TAC”. Cria-se uma distinção cultural. E cultura religiosa, por vezes inadequadamente, é vista como principio moral.
Essa ruptura, criada administrativamente, possui duas nuances problemáticas: Primeiramente, os membros da Nova semente não se sentem a vontade nas ditas, por eles mesmos, igrejas adventistas tradicionais. Falam eles, que sua igreja é para pessoas de mente mais aberta e mais moderna. Um adventismo ligth, mais liberal, talvez um Neo adventismo. Eles não se sentem, em termos culturais, identificados com os membros tradicionais ou com as formas de culto tradicionais. Em segundo lugar, as práticas secularizadas de adoração, vestuário e conduta provocam escândalo e estranhamento nas igrejas tradicionais. Nessas igrejas existem dois tipos de reação quanto ás práticas da Nova Semente, ou daquelas de irmãos mais antigos que forçam a continuação da validade de suas práticas e que julgam os neófitos liberais como mundanos ou daquelas de irmãos que já lutam pelo avanço equilibrado de uma forma de adoração e de vestuário mais condizente com a cultura presente e que se veem de mãos amarradas em suas igrejas e não entendem como que na Nova Semente essas mudanças não são um problema, visto se tratar da mesma religião. A criação dessa “Igreja Adventista 2.0” está a jogar os próprios irmãos uns contra os outros. E membros têm sido perdidos dos dois lados. Exemplo disso é o da cantora Daniela Araújo que, antes assembleiana, ao se relacionar com seu marido, o cantor Leonardo Gonçalves, conheceu a IASD através da Nova Semente. Porém mesmo sendo membro da IASD, não deixou de usar suas joias e de possuir um vestuário mais liberal porque era da Nova Semente. Como pessoa pública, começou uma onda de julgamentos e condenações e dúvidas sobre sua instituição religiosa. Resultado: hoje ela frequenta uma Igreja Batista, um lugar que não a julga. É claro que, em primeiro lugar, nossos irmãos não tem dado exemplo de cristianismo com tais críticas. Porém, em segundo lugar, não culpo totalmente os irmãos escandalizados. Culpo a administração da Igreja que não está atenta à bomba-relógio que ela soltou em seu próprio seio. Se for preciso ter novos métodos para alcançar pessoas secularizadas, (sinceramente, quem não é secularizado no nosso mundo ocidental?), que se faça isso de forma institucional e que abranja todas as igrejas para que os novos membros quebrem realmente os preconceitos quanto á vida na Igreja e que os antigos membros possam avançar em suas práticas, principalmente no quesito “amor ao próximo”. O que acontece hoje com a convivência mútua de duas culturas distintas e conflitantes é a existência de uma hipocrisia institucionalizada em que aqueles que estão á frente e que apoiam esse “Projeto” serão responsabilizados. É preciso uma atitude. Será que alguém com coragem irá conseguir acabar tal conflito? Acho difícil, haja vista que o conceito da Nova Semente tem sido copiado em outras regiões. Porém tal negligência poderá levar a IASD á um colapso identitário. O fio vermelho, ou o fio azul. Quem irá ter peito para cortar o fio e evitar a explosão?

238 comentários:

  1. Foi não cortando o fio vermelho que o povo de Deus recebeu uma prostituta como parte de seu plano salvífico tanto em Jericó quanto sendo ancestral de seu próprio Messias. Sou cristão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raabe, ex-prostituta, também seguiu os "antigos" princípios do povo de Deus. Não há mais tempo para preconceitos. É preciso compreender que precisamos falar a linguagem das pessoas para alcançá-las, assim como Jesus e Paulo faziam. Devemos lembrar que, ao aceitar a Jesus como Salvador, é preciso haver conversão de princípios e valores. Os hábitos velha vida devem passar. Viveremos para sempre uma única cultura, a do Céu. Estou (estamos) buscando viver em harmonia com os princípios desta cultura?

      Excluir
    2. Mas, Valdeci, ( minha opnião, adpeta a moficações) a prostituta foi transformada, o fio foi cortado por ela mesma quando olhou para Cristo e o seguiu, andou como ele andou. Eu fico com o equilibrio quando se fala da Nova Semente. Tenho 19 anos, e acho que precidamos ir para "Igreja" do jeito que estamos, (Nova Semente faz) mas não continuarmos assim (Não faz). A nova semente prega "tudo" menos o sacrificio do eu, do mundo. Receberemos prostitutas, mas, nossa missão não é cortar o fio e sim mostrar ao pecador como, e isso inclui vestimentas, modo de falar... A nova semente induz ao comodismo, e não o sacrificio que é duro mas verdadeiro e realista.

      Excluir
    3. Raabe se converteu Valdeci Junior às doutrina dos judeus

      Excluir
    4. amado irmão valdeci, perdoi-me lhe contradizer. a prostituta foi uma pessoas que se voltou para a lei de Deus, sem ter que criar nenhum sistema legalista( nova semente) e foi sim cortando o fio vermelho que a igreja de Deus sobreviveu. TUDO QUE É SANTO.. seja a sua pratica. ' LANÇAI FORA O VELHO FERMENTO" afirmou paulo.( sede perfeito como perfeito é vosso pai celeste, mat. 5:48)

      Excluir
    5. O que está sendo discutido não é o objetivo, mas sim, o método... Todas as pessoas precisam ser alcançadas, mas sem, no entanto, abnegar os princípios.
      Deus aceita você como você é e na condição em que você estiver, o que não quer dizer que após se relacionar com Ele, você não tenha que mudar não somente sua vida espiritual como também seus hábitos e costumes. É incoerente dizer que segue a Cristo e continuar no erro. Cristo alcançou a todos mas nunca se tornou um deles, nunca realizou práticas das quais discorda. "Você está perdoado, vá e não peques mais." Essa é a mudança, é trilhar um caminho diferente do que estava.
      Abraço.

      Excluir
    6. O caso de Raabe, foi um desígnio específico de Deus. Foi "um" caso em especial á parte, o que não é o caso da Nova Semente, que usam como pretexto e brecha para trazer o mundo para dentro da igreja de uma maneira que não pese a consciência! Mas cada um, há de se a ver é com Deus, quem somos nós para julgar!

      Excluir
    7. foi cortando o fio vermelho que a que prostituta se tornou uma nova pessoa em cristo,mudou seus abitos seu jeito de desse comporta,ou seja se diferenciou do mundo,e satamente isso que os nossos irmãos da nova semente vasão,que eles sejam diferentes do mundo,porque aparti do momente em queeu sou um adventista,eu sou uma nov pessoa em cristo,mostrando que eu fui verdadeiramente transfomado,e me arrependi dos meus maus atos que eu fiz(ou seja que me arrependo do que eu fiz de errado na minha vida)eu dizer sou cristão,quer dizer que eu vou cronta o mundo e não a favor dele,e a mesma coisa quando digo que eu sou crente,porque crente ate satanas e,a parti do momento que deus agi em minha vida sou uma pessoa diferente em cristo honrando e demonstrando que eu não sou igual ao mundo mais sim diferent,

      Excluir
    8. Ela fez parte do plano salvífico sim, mas não com os mesmos hábitos de vida. Houve uma real transformação.

      Excluir
    9. É bom salientar que, o que muda nas pessoas é o caráter, pessoas segundo o caráter de Cristo, a partir do momento que a pessoa se aproxima de Cristo, seu caráter vai sendo mudado a semelhança Dele, tudo o que temos de velho em nossa vida(não importando o tipo de roupa, velha ou nova ou qualquer outra coisa) serão jogados por terra na volta de Jesus, onde, tudo será transformado, e a pergunta que se faz é: O que restará? Somente o caráter que foi transformado por Cristo, então, não percam tempo criticando uns aos outros, todos somos membros diferentes, mas, juntos somos mais fortes, amem uns aos outros, e assim estaremos cumprindo o que Cristo ordenou.

      Excluir
    10. Penso que vcs não conhecem o real trabalho da nova semente....não podemos apenas esquecer os irmãos nossos que estam no mundo e aprensentar uma igreja do não. ...o trabalho da nova semente não é perfeito, mas tem alcançado pessoas que nunca pensaríamos alcançar em uma realidade tradicional....não estou falando que não devemos ter a ogreja tradicional. ...penso que sem a igreja tradicional perderiamos identidade....o qie estou falando é o trabalho da nova semente é simples, ela prepara pessoas de todos o costumes como: homossexuais, lésbicas, homofóbicos, empresários, cantores mundanos, e trabalha com essas pessoas não pensando no tempo que elas vão demorar pra aceitarem a igreja tradicional, tanto que a maioria dos batimos saotde pessoas já atentas para o qie a igreja acredita....irmãos não julguemos um trabalho que apenas quer apressar a volta de Jesus. ...a nova semente segue a ideia do IDE....ide a todas as pessoas sem reservas....e muitas Vezes somos preconceituosos com o tipo de pessoas que a nova semente trabalha....sem a nova semente e a ajuda que ela dá a essas pessoas, as mesmas não teriam a oportunidade de conhecer a Cristo. Não estou abrindo aqui uma discussão, só estou dando minha opinião. ....paz em Cristo amigos!

      Excluir
  2. eu acho que devemos respeitar as doutrinas e normas da igreja,e devemos sim,questionar nao julgar,e procurar na palavra do senhor noso apoio.em nome de jesus

    ResponderExcluir
  3. seria o fim da igreja tradicional/;

    ResponderExcluir
  4. Quem instituiu a IASD foi Cristo. Não se preocupe, quem cortará esse fio será Ele. Estamos com muito olhos para nova semente e esquecendo de nossa vida espiritual. Quem somos nós para dizer se a Nova Semente é ou não uma bomba? Deus conserta o que está errado. Deixe Deus ser Deus. Haverá ASD que não irão ser salvos e pessoas da NS que serão. Cuidemos de tirar a trave de nossos olhos e deixar o cisco no olhos de nossos irmãos.

    ResponderExcluir
  5. Prezado Senhor,
    Em primeiro lugar, e aí tão longe, como o senhor pode avaliar o que acontece na Nova Semente? O senhor já a frequentou algumas vezes para fazer uma análise verdadeira? Já conversou com seus Pastores, sua liderança para ter dados precisos em sua análise?
    Parece-me que não, pois pelo menos em uma informação o senhor está bem equivocado: Daniela Araujo não veio para a IASD pela Nova Semente. Ela foi recebida pela IASD Beth B'Nei Tsio, a Comunidade Judaica que faz parte da Associação Paulistana.
    Solicito-lhe que faça a correção, para que não veicule informações erradas em seu blog.
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  6. "Prezado Senhor,
    Em primeiro lugar, e aí tão longe, como o senhor pode avaliar o que acontece na Nova Semente? O senhor já a frequentou algumas vezes para fazer uma análise verdadeira? Já conversou com seus Pastores, sua liderança para ter dados precisos em sua análise?
    Parece-me que não, pois pelo menos em uma informação o senhor está bem equivocado: Daniela Araujo não veio para a IASD pela Nova Semente. Ela foi recebida pela IASD Beth B'Nei Tsion, a Comunidade Judaica que faz parte da Associação Paulistana.
    Solicito-lhe que faça a correção, para que não veicule informações erradas em seu blog.
    Desde já agradeço".

    ResponderExcluir
  7. Concordo em partes com o autor do texto.. Certamente a Nova Semente tem suas "novidades" e forma novos adventistas que não tem a mesma formação quando convertidos por igrejas tradicionais. Entretanto, o "PROJETO" Nova Semente, teve como escopo um teste que tem dado certo ao fim que se propôs, trazer novos membros e repaginar a visão secular quanto à prática cristã, em especial a adventista. Por conta disso, as outras igrejas deveriam ver a Nova Semente como o projeto que ela é.. e deixarmos de ficar julgando qualquer coisa que seja diferente do que estamos acostumados como sendo errado. Na época de Ellen White, o piano era considerado secular e não era permitido em várias igrejas.. o que ocorre hoje com a bateria. O que temos que ver, é que mudanças culturais ocorrem, e continuaram a ocorrer até o final dos tempos, o que não nos dá o direito de agirmos como "fiscais do evangelho", alçando normativos culturais como se leis fossem, e julgar nossos irmãos.. recém convertidos.. pela nova semente, ou pelo método tradicional, e querem que tais de uma hora para outra sejam santos.. Se cada um cuidasse um pouco mais de seu próprio relacionamento com cristo, a preocupação com o próximo seria no sentido de auxiliá-lo, e não apenas apontar seus erros..

    ResponderExcluir
  8. Só uma pergunta, quem escreveu esse texto?

    ResponderExcluir
  9. Quando sua opinião tiver mais Cristo e menos igreja, talvez voce conseguirá então enxergar que uma instituição não vai te levar para o céu. Não ataque o trabalho de Deus! Estar entre os "mundanos", levando a estes o amor de Cristo é muito mais cristão do que perder tempo e energia criticando o trabalho de quem está fazendo o que Jesus fez. Abra os olhos e peça a Deus entendimento.

    ResponderExcluir
  10. Precisamos nos acostomar com o fato de que a igreja vive de forma diferente em culturas diferentes. Isso já era o caso na Igreja Mundial antes da existencia da Nova Semente.
    Claro que isso precisa explicado, mas é um processo de educar que nao vai acontecer de hoje para amanha. Nao vejo que tem resposta rápida ou simples. Com o tempo e com informação, há esperança de que as pessoas vão entender essas diferenças; a opção pior é que os dois lados (velha e nova) se radicalizam, como já tem acontecido. Aí o fim pode ser ruptura mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que ele está falando no sentido de conflitar com as igrejas tradicionais é verdade! O projeto é bom, porém tem esta brecha que está dando o que falar... Fora os apostatados que saem das suas igrejas e se refugiam na Nova Semente, porque lá pode “tudo" é bem complicado! O inimigo de Deus é astuto, ele só precisa de uma brechinha para invadir!

      Excluir
  11. Talves um pouco mais de profundidade na sua pesquisa o levaria a descobrir que existe um número grande de pessoas na Nova Semente em reavivamento extremo. Pessoas que incorporaram a missão como estilo de vida, que buscam relacionamento vertical (c/ Deus) e horizontal (c/ pessoas). Pessoas que oram uns pelos outros. Que oram de madrugada. Todas as disciplinas espirituais são incentivadas na Nova Semente. Enquanto talves muitos estejam preocupados com a cultura e tradição da velha Semente como vice mesmo disse, os membros da nova semente estão com pelo menos 3 classes bíblicas acontecendo nesse momento e dezenas de pessoas estão sendo trazidas aos pés de Jesus. Eu sou um desses que teve a vida transformada. Essa comunidade me ensinou muito e hoje considero que minha vida cristã faz sentido e o meu cristianismo se tornou relevante. Conheça mais profundamente. Entre nós grupos de oração, PGs, ministérios e conviva para conseguir ter uma melhor percepção sobre o que se trata viver em comunidade na Nova Semente e ser transformado pelo poder de Deus que atua naquela comunidade.

    ResponderExcluir
  12. Concordo com o autor que este foi um erro administrativo. Tudo que for admitido ser feito por uma ou outra parte da organização, precisa estar dentro das 28 doutrinas da igreja, caso contrario, vira realmente bagunça.
    Seria como um pais que tem uma constituição, mas que um estado precisa respeita-la e outro não. Simplesmente haveria uma guerra para dissolução e aquele estado se tornaria um pais e criaria sua propria constituição. É simples assim.

    ResponderExcluir
  13. Discordo plenamente, sou adventiata de berço e vim de uma cultura diferente, acho que é uma estratégia muito boa pq meu chefe conheceu a igreja através da nova semente e agora é acião em uma igreja, e eu o levei até lá antes de ele se batizar em uma igreja da.zona sul, a varias forma de apresentar a Deus principalmente em culturas diferentes, como na india ou tailandia se usa as danças ;então pq não pode ser usado um infrateatro para apresentar a deus, acho que esse pensamento é retrodido, pq a várias maneira de apresentar as pessoas a Deus, principalmente paras pessoas De níveis social diferente tanto rico ou pobre um exemplo este o.clube de desbravador que grande parte dos membros são de outra denominação ou nem.são de igreja alguma, porem usam o clube como uma ponte e é o departamento que mais batiza, eu posso falar pq fui deretor e trabalhei dentro da comunidade sendo uma linguagem totalmente diferente; Então meus caros abram suas mentes em.vez de criticarem vão envagilizar e salvar almas para cristo e não julguem para não serem julgados da mesma forma
    Sô Deus pode fazê isso devemos só ora e pedir oração pelo nossos irmãos que estão ouvindo a palavra seja como for : dança, musica, baluarte pregacoes etcc.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. '' a velha história de adaptar Deus aos nossos interesses'' acreditem no que quiser ''amigo'' mas me explique uma coisa... porque no lugar de fazer ''uma nova igreja'' nós não recebemos as pessoas na ''velha igreja'' da mesma forma? simples é só mais uma maneira de conseguir uma fatia do mercado (isso mesmo mercado) que não se podia atingir. afinal se o objetivo é evangelizar nada melhor do que investir na tv novo tempo. mas o que tem acontecido é que as pessoas se interessam pelo evangelho e quando chegam na igreja percebem que o preço é deixar a velha vida e os maus habitos. isso se chama compromisso. agora nesse novo segmento esse compromisso é ''adaptável'' a sua maneira de viver. no fim das contas Deus é só uma marca que traz lucros para uns poucos. no lugar de defender uma instituição politica (que é o que a igreja se tornou) leve a mensagem de cristo livre de bandeira religosa amigo. falo isso com pleno conhecimento de causa . estive dentro da ''obra''
      por mais de 10 anos e sei como funciona. quando vc tiver a chance ( que eu duvido) de participar de uma mesa de reunião dentro de uma união vc vai entender isso. abrç e lembre-se. não sou seu inimigo apenas sei de coisas que certamente vc não sabe.

      Excluir
    2. quero deixar aqui minha reprovação. pois deixei minha opinião (que certamente vai contra os responsáveis pelo blog) e até hj não foi publicada. o que deixa claro que não existe imparcialidade deste canal.

      Excluir
    3. Concordo plenamento com vc Ellis

      Excluir
    4. concordo plenamente ellisvideo, Acredito que até podemos criar novos métodos para alcançar pessoas, mas sem necessidade de criar um braço da igreja pra isso, o inimigo está ao nosso derredor como um leão, e aproveita exatamente tudo para criar confusões tanto de opiniões e até de decisões. Devemos Vigiar e Orar incessantemente. O apóstolo Paulo (Saulo) que era um mestre da lei, um homem rico e culto foi alcançado por Deus, acredito ser um grande exemplo, quem opera no coração do ser humano é o Espirito Santo, portanto, nossa missão é pregar o evangelho e deixar Deus trabalhar aqueles que permitirem abrindo seus corações.

      Excluir
    5. Acho que desde a Igreja primitiva Cristo tem tentado trazer pessoas diferentes de forma diferente, a vários métodos de pregar o evangelho, e esse é apenas mais um "com os mesmos princípios"

      Excluir
  14. Pelo que conheço desse novo movimento, me parece ser a religião sendo moldada ao meu gosto e não ao que Deus quer de mim. Isso me lembra uma história muito antiga, mas que ainda nos serve de lição: Caim e Abel.

    ResponderExcluir
  15. Querem um parecer oficial? http://noticias.adventistas.org/pt/noticia/evangelismo/fomos-chamados-para-pregar-a-todos-afirma-kleber-goncalves/

    ResponderExcluir
  16. Amigos, é necessário um esclarecimento aqui.
    O projeto Nova Semente é uma igreja Adventista do Sétimo Dia com um FORMATO diferente, mas com as mesmas DOUTRINAS - assim como temos sinagogas adventistas (tendo os judeus e afins como público-alvo) e mesquitas adventistas (tendo os muçulmanos como público-alvo).
    O grande ENTRAVE que tem gerado muita má impressão são os próprios adventistas secularizados que vão até lá com toda a sua ignorância bíblica e usando todos os seus apetrechos, pensando que ali é um "lugar neutro" ou "liberado". E como o Projeto tem o objetivo de atrair os seculares, é claro que não vão pregar contra o uso de joias e coisas do genero logo de cara, dando a impressão errada do que é nossa mensagem de esperança e salvação.
    No entanto, PARA SE TORNAR MEMBRO da igreja (como de toda igreja adventista), a pessoa vai aprender em uma classe de estudos bíblicos, em seu devido tempo, que este uso não faz parte do povo de Deus. Se uma pessoa está numa classe bíblica é porque já se decidiu por aprender toda a vontade de Deus! Tudo a seu tempo.
    Assim, a igreja é uma igreja adventista em essência, com todas as doutrinas e ensinamentos, mas com uma ROUPAGEM diferente (sem o uso de plataforma com 4 ou 5 sentados atrás do palestrante, por exemplo, uma coisa dos cultos do século XVII). O problema? Os próprios adventistas que querem continuar sendo mundanos enquanto proferem o nome de Deus. Eles é que dão a impressão errada, e eles estão em todo o lugar.
    Não devemos condenar o projeto todo só por causa desta "mistura de gente" (Exo 12:38) infiltrada entre os evangelizadores e os evangelizados, os quais querem abraçar o mundo e o Céu ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
  17. rsrs... A bom já estourou a muito tempo colega!!! E sabe porque? Porque as pessoas usam mais os dedos (digitando) para criticar ou apontar defeitos do que o joelho (ajoelhando) para interceder pelos pastores e líderes de suas igrejas- Infelizmente muitos vão escrever suas respostas sem ao menos conhecer bem os dois lados... Ai começa a verdadeira bomba: - Muitos crentes pecando ao julgar... Do jeitinho que o inimigo quer... E orar? Nada... Nada... A bomba já estourou colega!!!

    ResponderExcluir
  18. Concordo absolutamente com a matéria!
    Vejo um desequilíbrio entre as igrejas da mesma religião e independentemente de diferenças culturais e classes sociais, a igreja deve sempre, manter um padrão dentro da sociedade coisa que não vejo pois o que vale para uma não vale para outra.

    ResponderExcluir
  19. Em cada país deve ser um Deus diferente, porque há lugares que jóias e calças compridas são normais nas igrejas adventistas. não entendo tanta hipocrisia.Sou adventista mas já questiono muito a preocupação com o exterior,e o esquecimento dos ensinos de Jesus que sempre foram pautados no amor ao próximo.

    ResponderExcluir
  20. A diferença entre "os fios" não mais existirá quando percebermos que não há lei maior do que o amor... Não tenho dúvida de que Jesus hoje entraria na Comunidade da Nova Semente e abraçaria cada uma daquelas pessoas, sem impor regras, sem dizer palavras rudes, sem criar polêmicas desnecessárias diante de uma causa de tão maior valor... Ele simplesmente as amaria. Gosto sempre de pensar desse modo, o que Ele faria? A verdade é que Jesus não está mais entre nós como humano, mas deixou pessoas que fizessem por outras pessoas o que Ele faria por cada um de nós. #Justlove

    ResponderExcluir
  21. Vinícius Miranda5 de março de 2014 10:41

    Primeiro, a pessoa não coloca o nome, já demonstra a má intenção. Acho que pra alguém falar de algo ela tem que conhecer, e a pessoa que escreveu o artigo demonstra desconhecer a classe bíblica da NS. Um interessado, para se batizar precisa estudar a bíblia por 6 meses. Durante os dois anos que estive lá, eu fazia as entrevistas aos interessados e sempre falava sobre as jóias e roupas. O maior problema da NS não são os novos membros e sim adventistas, que acham que podem usar jóias ou roupas inadequadas, pois varias pessoas que frequentam a NS usam, lembrando que vão ate 150 não adv.
    Existem problemas como igreja, assim como existem em todas as igrejas. Sempre quando falamos da NS, temos que nos lembrar que ela é uma igreja que faz parte de uma tese doutoral. Ela esta em mudanças sempre, pois nem mesmo o Pr. Kleber imaginava o que aconteceria depois de alguns anos. Como os acompanhei, posso afirmar, tudo o que eles tem feito é com o apoio da sua associação e ate mesmo da divisão. Espero que aos que lerem esse artigo saibam disso também! Grava e paz.

    ResponderExcluir
  22. Não sou conservadora e acredito sim que devemos alcanças pessoas em todos os 4 cantos da Terra.
    Mas somente acho que devemos ver quais são os planos de Deus para Nova Semente. Foi Deus que idealizou esta comunidade? Foi Deus que permitiu essa nova alternativa de alcançar as pessoas? Tenho lido as histórias do Velho Testamento e vejo como o povo esquecia de Deus muito fácil... Será que estamos colocando os deuses atuais e esquecendo do Deus vivo?
    Acredito que devemos seguir os ensinamentos de Deus e nada mais.. O que Deus fala sobre jóias, maquiagem, caça na igreja? Vamos orar e esperar a resposta de Deus...

    ResponderExcluir
  23. comece a ser tradicional entao. Use papiro nos cultos,fale hebraico e se circuncide.
    Para quem nao sabe eh melhor se informar. A igreja tem 3 frentes de projetos de evangelizacao a nivel mundial. Judeus, arabes e secularizados. a Nova semente eh o projeto mundial vindo da associacao geral para o mundo. Se deu certo eh pq Deus abencoa. Vai lah, faça o discipulado e depois crie esses textos com fundamento. Conheço pelo menos 50 adventistas que voltaram pra igreja pela nova semente e hoje estao nas chamadas "igrejas tradicionais"

    ResponderExcluir
  24. Sabe nada da nova semente quem escreveu esse post.

    ResponderExcluir
  25. Jesus atingiu todos os tipos de pessoas sem comprometer os princípios, creio que é o único exemplo a ser seguido por todos, conforme a parábola do semeador a semente é única, porém os solos são muitos, portanto a idéia de Nova Semente, no mínimo estranho, dessa forma, precisamos reavaliar os métodos e corrigir a rota.

    ResponderExcluir
  26. Contraponto interessante!
    Mas, e o Espírito Santo, não é dEle a função de nos convencer, onde quer que estejamos?

    ResponderExcluir
  27. Colapso identitário, é tudo o que consigo pensar. Não faz sentido abrir mãos de princípios instituídos pelo próprio Deus, para alcançar as pessoas que não vão os aceitar. Quer dizer, qual o sentido disso? A Nova Semente vai alcançar, em grande parte, aqueles adventistas que estão na IASD, desejosos de viver como o mundo lá fora. É uma brecha que tantos falsos adventistas tem esperado: viver como o mundo. Se querem alcançar pessoas com maior nível socioeconômico e cultural, peçam a Deus sabedoria. Questiono MUITO se Deus permitiria que seus princípios fossem deixados de lado para alcançar pessoas. Para que encher uma igreja se lá não se prega a verdade sobre os princípios adventistas? Ai daquele que muda um pingo de uma letra. Muito desnecessário. Deviam investir dinheiro - o que acredito ser um investimento MUITO alto nessas novas igrejas - e esforços levando o evangelho verdadeiro. O mundo pode se modernizar, as leis do homem podem se flexibilizar, mas Deus não muda. Jamais. Apenas.

    ResponderExcluir
  28. Há tempos venho observando que no meio cultural impera a vaidade e a manipulação, em detrimento da liberdade, da fraternidade e da solidariedade. Em pequenas cidades a situação ainda é mais grave, porque as necessidades pessoais superaram o idealismo, levando intelectuais à cultura da "farinha pouca, meu pirão primeiro". Daí vem a parca produção cultural, produções meramente comerciais ou submissas ao pensamento econômico dos patrocinadores.
    Neste vácuo realmente cabe uma igreja voltada para a cultura, uma verdadeira rede social com foco espiritual. Com certeza existe este vácuo, mas nele não cabe uma organização que, por exemplo, interceda na liberdade de pensamento, de expressão responsável ou de frequentar cinemas e teatros. Até porque, quem pensa não aceitará estas imposições. Eis uma ótima discussão.

    ResponderExcluir
  29. Há tempos venho observando que no meio cultural impera a vaidade e a manipulação, em detrimento da liberdade, da fraternidade e da solidariedade. Em pequenas cidades a situação ainda é mais grave, porque as necessidades pessoais superaram o idealismo, levando intelectuais à cultura da "farinha pouca, meu pirão primeiro". Daí vem a parca produção cultural, produções meramente comerciais ou produções exóticas, submissas ao pensamento econômico dos patrocinadores.
    Neste vácuo realmente cabe uma igreja voltada para a cultura, uma verdadeira rede social com foco espiritual. Com certeza existe este vácuo, mas nele não cabe uma organização que, por exemplo, interceda na liberdade de pensamento, de expressão responsável ou de frequência a cinemas e teatros; até porque, quem pensa não aceitaria esta imposição. Eis uma ótima discussão.

    ResponderExcluir
  30. a divisão não vem de Deus...tem 2 coisas começando a "brotar" pela "nova semente".....Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. Mateus 12:30....e a sacudidura - "Que sacudidura haverá entre os que se dizem filhos de Deus! O injusto encontrar-se-á entre o justo. Os que têm grande luz e nela não têm andado, terão trevas correspondentes à luz que desprezaram. Necessitamos atender a lição contida nas palavras de Paulo: “Antes, subjugo o meu corpo e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado”. 1 Coríntios 9:27. O inimigo está trabalhando diligentemente para ver quem poderá acrescentar às fileiras da apostasia; mas o Senhor logo virá, e muito breve cada caso será decidido para a eternidade. Aqueles cujas obras correspondem à luz que graciosamente lhes for dada, serão contados do lado do Senhor. — Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, 163."

    ResponderExcluir
  31. Claramente quem escreveu isso nunca foi e/ou muito menos frequentou a nova semente. É claro que a Nova Semente toca em todos os temas que a igreja tradicional aborda e do mesmo modo. Para mim o único ponto de mudança é o dinamismo do culto que ganhe e muito sem as tradicionais enrolações de anúncios intermináveis e demoras para que sejam feitas trocas de pessoas entre as partes da programação.
    Quanto ao ponto de vestuário isso não se trata de Nova semente ou não isso se trata de igreja Adventista. Se você for na igreja Adventista Central de Brasilia e muitas outras você poderá ver que isso se enquadra perfeitamente a mesma.
    Outra coisa que não pode ser confundida é que frequentador não é membro batizado como o próprio nome diz a pessoa frequentemente (às vezes), vai a igreja e não podemos descriminar dessa forma como muitas pessoas fazem hoje em dia na igreja, se esses frequentadores são mais aceitos pelos membros da Nova Semente isso é muito bom para a igreja em Geral.

    ResponderExcluir
  32. Parcialmente sem noção a linha de pensamento do autor. Demonstra não estar atento aos métodos diferenciados de Jesus ao lidar com classes diferenciadas (embora a essência fosse a mesma em sua mensagem). Ainda que a Nova Semente ainda não atenda perfeitamente ao que se espera (algo normal num projeto diferenciado novo e em maturação), não ajuda nada apedrejar. É extrema ignorância de intenções e falácia sem sentido para o tempo em que vivemos produzir textos como este. Basta conferir a lição recapitulada no dia 22/02 - sobre ricos e famosos - somado ao cap 9 do Ciência do Bom Viver - para se ter uma ideia clara de que há meios diferenciados e que nós somos convocados a agir como Jesus o fez - observando o público e os atingindo onde estão e não onde nós queremos. Sugiro ao autor ou (1) envolver-se num projeto como este ou; (2) ser cauteloso na abordagem que joga areia num movimento que, com erros e acertos, tem feito muito mais do que o que fizemos anteriormente com métodos tradicionais. Busquemos orientação com bom senso!

    ResponderExcluir
  33. o fato é, que estamos correndo um risco muito pior, o problema não é o efeito que a nova semente esta causando na igreja hoje, mas sim onde o coração dos membros dessa maravilhosa igreja esta... temo sinceramente que fracassemos como igreja escolhida assim como os hebreus fracassaram como nação escolhida, estavam tão presos ao legalismo e ao seu proprio modo de pensar que nao perceberam a grande barreira que criaram entre eles e o resto da humanidade a quem Deus queria salvar, afinal a Deus disse a Abraão que nele seriam benditas todas as nações sobre a terra, ate a localização do povo (a terra de canaã) nos indica que o proposito do povo era ser a igreja de Deus na terra que ira anunciar ao mundo inteiro a vinda do messias e a salvação a todos os que neles cressem... porem fracassaram constante mente nesse proposito, se tornando um povo fechado entre eles com suas regras, lembrando não regras de Deus, digo isso por que o proprio cristo, o messias a quem eles deviam almejar, esperar e anunciar, veio e eles não o reconheceram, e esse proprio cristo passo grande parte do seu ministério os ensinando a guardar da maneira correta as leis de Deus, e mostrando que as leis de Deus são inclusivas e nao exclusivas !! agora paro e penso, será q nao estamos cometendo o mesmo erro da queles que fracassaram no seu proposito de anunciar a cristo ao mundo, só por que não queremos aceitar que as pessoas a quem Cristo quer salvar são seculares e se nao formos ate elas da maneira de Jesus, de Jesus não da igreja, não vamos alcança-las. acredito fielmente que como cristão precisamos nos concentrar em salvar vidas e deixar Deus cuidar da sua igreja, não acredito que criticando as pessoas que estao entrando na igreja seja ela nova ou velha semente( a final acho esse titulo inadequado) vamos ajudar na obra Deus, mas sim quando nos movermos para trabalhar no lugar a onde vivemos e da maneira q jesus trabalhava!

    ResponderExcluir
  34. concordo que a bomba está por um fio para explodir. Estamos no mesmo país e por isso não posso comparar a IASD do Brasil com a dos outros países, pois cada uma acaba, dentro dos princípios, adotando suas formas de adoração. O problema é que estamos no Brasil, gigantesco, enorme, diversificado, mas somos de norte a sul uma só igreja. Se havia uma proposta de mudança, então que fosse de forma gradativa e para todas as igrejas. Para alcançar pessoas ricas e cultas? Me sinto ofendida, não pelo "rico", mas pelo culto assim como acredito que alguns médicos, advogados, arquitetos, psicólogos e outros que frequentam minha igreja se sentiriam ao saber que há uma formação de igreja para as pessoas "cultas". Isso foge completamente ao princípio da isonomia tão pregado pela própria instituição. Enfim, deixando esses paradigmas prosaicos, a IASD precisa buscar um consenso, e nós, um pouco mais de amor e menos orgulho e prepotência.

    ResponderExcluir
  35. dinheiro. politica do poder. mais membros dizimistas e mais dinheiro!!! quem conhece só um pouquinho de como a ''obra'' funciona sabe do que estou falando. infelizmente a igreja (todas) se baseia plenamente no ganho financeiro e usa a Bíblia para justificar os meios. isso é muito triste.

    ResponderExcluir
  36. Acho que mais vale alcançar alguém com a verdade do que filiar-se a qualquer igreja. Esse tipo de pensamento pequeno apontado acima de que irmãos tem brigado entre si por causa das diretrizes da igreja, só comprova que o povo de Deus não está atento ao que de fato importante: disseminação do evangelho! Jesus disse: Ide pregai! E eu acredito que a Nova Semente tem realizado seu papel.. pregado para um povo que jamais seria alcançado de outra forma. Que Deus termine a obra na vida dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  37. Aceitem o que é fraco na fé sem discutir assuntos controvertidos.

    2 Um crê que pode comer de tudo; já outro, cuja fé é fraca, come apenas alimentos vegetais.

    3 Aquele que come de tudo não deve desprezar o que não come, e aquele que não come de tudo não deve condenar aquele que come, pois Deus o aceitou.

    4 Quem é você para julgar o servo alheio? É para o seu senhor que ele está em pé ou cai. E ficará em pé, pois o Senhor é capaz de o sustentar.

    5 Há quem considere um dia mais sagrado que outro; há quem considere iguais todos os dias. Cada um deve estar plenamente convicto em sua própria mente.

    6 Aquele que considera um dia especial para o Senhor assim o faz. Aquele que come carne para o Senhor come, pois dá graças a Deus; e aquele que se abstém para o Senhor se abstém, e dá graças a Deus.

    7 Pois nenhum de nós vive apenas para si, e nenhum de nós morre apenas para si.

    8 Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor.

    9 Por esta razão Cristo morreu e voltou a viver, para ser Senhor de vivos e de mortos.

    10 Portanto, você, por que julga seu irmão? E por que despreza seu irmão? Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus.

    11 Porque está escrito:
    " 'Por mim mesmo jurei',
    diz o Senhor,
    'diante de mim
    todo joelho se dobrará
    e toda língua confessará
    que sou Deus' ".

    12 Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.

    13 Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não pôr pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão.

    14 Como alguém que está no Senhor Jesus, tenho plena convicção de que nenhum alimento é por si mesmo impuro, a não ser para quem assim o considere; para ele é impuro.

    15 Se o seu irmão se entristece devido ao que você come, você já não está agindo por amor. Por causa da sua comida, não destrua seu irmão, por quem Cristo morreu.

    16 Aquilo que é bom para vocês não se torne objeto de maledicência.

    17 Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo;

    18 aquele que assim serve a Cristo é agradável a Deus e aprovado pelos homens.

    19 Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e à edificação mútua.

    20 Não destrua a obra de Deus por causa da comida. Todo alimento é puro, mas é errado comer qualquer coisa que faça os outros tropeçarem.

    21 É melhor não comer carne nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve seu irmão a cair.

    22 Assim, seja qual for o seu modo de crer a respeito destas coisas, que isso permaneça entre você e Deus. Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova.

    23 Mas aquele que tem dúvida é condenado se comer, porque não come com fé; e tudo o que não provém da fé é pecado. ROMANOS 14

    ResponderExcluir
  38. Jesus não precisou se informatizar, não aderiu aos costumes pagãos, não assumiu formas diferentes para salvar, e não precisou se mundanizar para salvar pessoas, mostrou um evangelho antigo que as pessoas não compreendiam, mas que através de suas explanações se convertiam milhares!! Ele lançava amor e colhia amor dentro de seu âmbito e visão divina! E tudo isso usando sandálias e roupas rústicas, levou salvação a pobres e ricos, cultos e incultos!!!!!! Pensem!!!

    ResponderExcluir
  39. Com certeza quem escreveu não conhece a Nova Semente e não sabe que após uma "Experiencia Real com Deus" esse tipo de preconceito passa longe..,, Me sinto muito a vontade em falar...frequentei a Nova Semente... hoje frequento outra Igreja Adventista e não tenho problema nenhum em ir em qualquer Igreja... Qualquer semelhança com os Judeus que saiam "matando" em nome de uma Tradição sem nenhum resultado, podem ter certeza que não é mera coincidência... Uma pena!!!!!!

    ResponderExcluir
  40. Eu também tinha muitas dúvidas e a nova semente causou grande dano em minha mente, porém orando a Deus sobre o que fazer ou pensar. Estava lendo o espirito de profecia e vi uma visão de EW e visão não é aconselhamento é verdade que Deus deu a igreja e partir dali norteei tudo. Acho que a nova semente é uma aberração dentro da igreja sim, e também acho que falta amor em todos nós, mas não posso duvida da capacidade do Espirito Santo de convencer do pecado da justiça e do juizo seja a gregos e troianos. Eis a visão: Testemunhos Seletos vol 1

    Os dois caminhos
    Na assembléia de Battle Creek (Michigan), em 27 de Maio de 1856, foram-me em visão mostradas algumas coisas que dizem respeito à igreja em geral. Foram-me mostradas a glória e a majestade de Deus. Disse o anjo: “Ele é terrível em Sua majestade, contudo não O compreendeis; terrível em Sua ira, e no entanto vós O ofendeis diariamente. ‘Porfiai por entrar pela porta estreita’ (Lucas 13:24); ‘porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.’” Mateus 7:13, 14. Estes caminhos são distintos, separados, em direções opostas. Um leva à vida eterna, e o outro à morte eterna. Vi a distinção entre esses caminhos, e também a diferença entre as multidões que neles viajam. Os caminhos são opostos; um é largo e suave; o outro, estreito e acidentado. Semelhantemente as duas multidões que os percorrem são opostas no caráter, na vida, no vestuário e na conversa. {TS1 32.1}
    Os que viajam pelo caminho estreito conversam a respeito da alegria e felicidade que terão no fim da viagem. Seu rosto muitas vezes está triste, e, todavia, brilha freqüentemente com piedosa e santa alegria. Não se vestem como a multidão do caminho largo, nem como eles falam, nem procedem. Um modelo lhes foi dado. Um homem de dores, e experimentado nos trabalhos lhes abriu aquele caminho e o palmilhou. Seus seguidores vêem-Lhe os rastos, e ficam consolados e animados. Ele o percorreu em segurança; assim também poderão fazer os da multidão, se seguirem Suas pegadas. {TS1 32.2}
    Na estrada larga todos estão preocupados com sua pessoa,* suas vestes, seus prazeres. Dão-se livremente ao riso e à zombaria e não pensam no termo da viagem nem na destruição certa, no fim do caminho. Cada dia se aproximam mais de sua destruição; contudo loucamente se arrojam, mais e mais depressa. Oh, como me pareceu terrível isso! {TS1 32.3}
    Vi, percorrendo a estrada larga, muitos que tinham sobre si escritas estas palavras: “Morto para o mundo. Próximo está o fim de todas as coisas. Estai vós também preparados.” Pareciam precisamente iguais a todas aquelas pessoas frívolas que em redor se achavam, com a diferença única de uma sombra de tristeza que lhes notei no rosto. Sua conversa era perfeitamente igual à daqueles que, divertidos e inconscientes, se encontravam em redor; mas de quando em quando mostravam com grande satisfação as letras sobre suas vestes, convidando outros a tê-las sobre si. Estavam no caminho largo, e no entanto professavam pertencer ao número dos que viajavam no caminho estreito. Os que em redor deles estavam, diziam: “Não há distinção entre nós. Somos iguais; vestimos, falamos e procedemos semelhantemente.” {TS1 33.1}

    ResponderExcluir
  41. O que incomoda o autor do artigo é evidentemente a coexistência de duas tendências, duas idiossincrasias como se a sabedoria e a verdade estivessem na unanimidade enquanto é exatamente o contrário. Essa mentalidade terceiro-mundista precisa ser abandonada se queremos avançar. É na ´multidão de conselhos´ que está a sabedoria. A verdade emerge do conflito respeitoso de idéias, postulados e condutas. Quem decide o que é válido e o que fica é o tempo. A verdade é filha do tempo, não da autoridade. Podemos fazer apostas. Ao contrário do autor, aposto que o tempo mostrará que a Nova Semente é uma iniciativa de alto valor e que, de entrada, um deles já evidente é suscitar o debate. Graças a Deus.

    ResponderExcluir
  42. Pelo que vejo, existe por trás de tudo isso um interesse financeiro, só por que é uma classe "A" pra que isso ? a Bíblia nos ensina que a palavra do Cristão dever ser sim,sim, e não, não. por que então se esconder por trás de uma máscara, é apenas oque vejo, uma igreja com medo de se mostra quem realmente ela é, infelizmente isso é uma decepção total. Onde estão os ditos ungidos do Senhor que estão cobrindo os olhos para não ver tal coisa ou tal "abominação" só digo uma coisa Deus irá cobrar isso e ai de quem está cobrindo os olhos.

    ResponderExcluir
  43. Queremos ser o povo de Deus ou o membro da igreja adventista? A busca por membros e não por convertidos á fé em Cristo Jesus é que traz esse debate de "membrerização". Querem membros seguidores de culturas e não pessoas conscientemente salvas pela graça.

    ResponderExcluir
  44. Lamentável tudo o que está acontecendo, olhem para as igrejas Batistas que perderam sua identidade devido a liberdade de ramificar conforme entendimento de um individuo ou grupo de pessoas. (Vejo que perderam com as divisões que até hj acontecem, e muitos foram para as nossas igrejas adventistas), tbm me lembro de prostitutas, roqueiros, bandidos, ricos, moradores de rua que se tornaram um só pelo Infinito Poder do
    Espírito Santo, eu mesmo não me lembro de quando as mudanças aconteceram, mas me lembro de irmãos amorosos me ajudando no processo de transformação sem apontar o dedo, lembro ser ajudado na caminhada em direção ao único Salvador. (por isso repito o que sempre ouvi vá para igreja do jeito que vc está, bêbado, drogado, mal vestido, cheirando mal, todo cheio de defeitos e problemas (orgulho, inveja,ódio,..), e diga, apenas diga para Deus quantas vezes for preciso, Deus meu Senhor e Salvador preciso de ti, não me deixe te abandonar porque sem o seu AMOR e MISERICÓRDIA jamais irei conseguir. (creio que deveríamos nos unir para falar sobre amor ao próximo (novo mandamento, amor atado ao coração e não em regras menores ou maiores) e isso será capaz de mudar o mundo, porque viver o AMOR é viver o evangelho de JESUS escrito e pregado na própria vida.( as demais coisas o Espirito Santo FAZ, FEZ e sempre FARÁ). Vamos nos unir e suplicar o Espirito Santo, porque é esta a maior necessidade para os dias de hoje, e nada deverá tirar os olhos dos membros para esta importante PROMESSA.

    ResponderExcluir
  45. Eu que perguntar o seguinte você que escreve para esse blog já levou quantas pessoas ao batismo?
    Segundo acho que você deve ter muito tempo para nos dias em que estamos vivendo fica discutindo que roupa utilizar ou utilizar ou não joias, se você estudar um pouquinho mais a bíblia vai perceber que as pessoas tinham um conhecimento das escrituras na época de cristo sabia oque era certo ou errado mas assim como nós temos esse conhecimento hoje elas também erravam, mas ao passo que tinham um encontro com Cristo Jesus e era convertida e não se importava mais com joias roupas em fim eles abandonava seus erros, é assim que nos relata a bíblia, como você mesmo citou em algum momento tem uma questão cultural ai envolvida, e o que a nova semente quer não é inscrever membros de igreja nos registros da secretaria mas levar as pessoas a um encontro real com Deus membros já temos bastante mas esses membros agora precisam não saber se verti se portar somente mas buscar a Deus ir até Jesus para que sejais transformado.
    E nós que precisamos mudar a forma de questionar as coisas na igreja membro que fica olhando se o outro usa isso ou aquilo e ele não pode utilizar não esta focado em Deus e sim em si mesmo devemos fazer um trabalho positivo com esses irmão ensinando-vos a buscar a cristo.

    ResponderExcluir
  46. Jesus Cristo tratava e atraía a todos igualmente. Todos vinham a Cristo pelo mesmo motivo, isto é, salvação pessoal. Os cobradores de impostos, Mateus e Zaqueu, que para os romanos eram bem vindos e execrados pelos judeus foram aceitos por Cristo. As prostitutas Maria e a Mulher Samaritana idem, Os ricos judeus Nicodemos e José de Arimatéia idem. O guerrilheiro, Zelote, Judas idem. Os pecadores Pedro, Tiago João e André idem. Jesus recebia apoio financeiro das mulheres ricas de Israel. Mas em NENHUM momento Jesus Cristo diminuiu os princípios de entrada em Seu Reino. Pelo contrário os elevou. Jesus acentuou os requisitos para o cometimento do adultério "quem olhar com intenção impura.... já comete adultério" Sobre não matar: "quem odiar seu irmão no coração ou quem chamá-lo de idiota já é digno de julgamento" Todos os discípulos e apóstolos não se associaram a Cristo para ostentação, nem para enriquecimento, TODOS ELES ficaram pobres das coisas materiais, sem exceção. TODOS ELES deram suas vidas pelo Mestre Jesus, sem exceção. Portanto NÃO acredito nestas igrejas de meia tijela, meio termos, meia Palavra de Deus. A ordem de Cristo é uma só: Segue-me, Quem ama mais a pai e mãe do que a Mim não é digno de Mim, Quem não estiver disposto a sacrificar-se por Mim e a dar a própria vida por Mim, não é digno do Reino. Ao vencedor darei sentar-se comigo no meu Trono. E o convite de Jesus não é e NUNCA FOI para os que se consideram BONS, NEM para aqueles que querem fazer uma religião à sua imagem, conforme sua semelhança, mas para os doentes espirituais. "Vinde a Mim todos vós que estais cansados e oprimidos e EU vos aliviarei" Seguir as Palavras de Deus na íntegra é o Caminho, A Verdade para alcançar a Vida Eterno. NÃO MENOS DO QUE DIZ A BÍBLIA, A SANTA PALAVRA DE DEUS, o resto é, como dizia Paulo, lixo e escória do mundo.

    ResponderExcluir
  47. Creio que principios não devem ser mudados para alcançar almas. A misão é de DEUS e não nossa! Por nossa força não terminaremos a pregação do evangelho, mais o espírito de Deus em sua plenitude agindo em nós, seremos fortes instrumentos na mão do PAI!

    ResponderExcluir
  48. Meus amigos a IASD nunca proibiu ninguém a nada, ela nos ensina a nos diferencias das outras. Aceita quem quer, pois a modéstia cristã é um principio bíblico que nos liberta da devoção das modas do mundo. Leia Mateus 6;28 e I pedro 3:3 I I Timóteo 2:9 e outro a passagens que nos aconselha e não proíbe pois Deus nos deu o livre arbítrio para seguirmos dois caminho o certo e o errado. Em Jeremias 4:30 e 2 reis 9:30 fala sobre os cosméticos. Se a pessoa cristã se porta igual aos mundanos qual a diferença? nenhuma então fique logo onde esta.não faz diferença. Jesus quer fidelidade, exclusividade. Ou você faz mudanças na sua vida se tornando uma nova criatura nascendo de novo ou não se salvará. Jesus aconselhou a Nicodemos a nascer de novo.

    ResponderExcluir
  49. Acredito que devemos verificar o que o site oficial da Igreja Adventista diz sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  50. Nunca fui ao culto da Nova Semente. Conheço o "movimento" apenas por comentários como este. Ainda assim, concordo plenamente com a necessidade de um consenso institucional. Se não precisa, se agora pode, se mudamos, mudemos juntos, ou já não somos mais a igreja da Bíblia e do Espírito de Profecia. Se há uma nova e mais esclarescida compreensão da Palavra, que seja estendida a todos. Da minha parte, gostaria de ver a igreja protegendo o "assim diz o Senhor", a despeito de quem entenda, ou aceite. Este trabalho é do Espírito, não de adequações humanas.

    ResponderExcluir
  51. Este é o tipo de pensamento que me assusta: pessoas preocupadas com a tradição, com "escandalizar", com "não podemos mudar"... mas, que no fundo tem real necessidade de conhecer o amor de Jesus, que abraçava à todas as crenças, alcançava cada um, individualmente, focando em suas necessidades pessoais.
    Tenta-se colocar Deus numa caixinha, num padrão ditado como o "padrão correto" mas, o que é correto?
    Criticar?
    Ou tentar amar de uma forma inexplicável e fazer real diferença na vida de quem precisa?
    Muitas coisas no mundo precisam ser melhoradas... crianças em orfanatos, pessoas em hospitais, asilos, creches, doenças terminais.... muita, muita, muita coisa mesmo.
    O dia que você parar de perder seu tempo na crítica e começar a agir, este será um problema que não te incomodará mais, pois verá que a todo o empenho do nosso coração, por maior que sejam nossos esforços, nunca serão suficientes para suprir tais necessidades físicas e a sede de amor de Deus dentro das pessoas que ainda não O conhecem.
    Mude seu foco, querido!
    Aja!

    #ficadica

    Fique na paz e na graça.

    ResponderExcluir
  52. Está acontecendo realmente uma reforma no MUNDO não só na (VELHA e NOVA). Jesus nos fala que o Joio e o Trigo deveria crescer juntos, ATÉ chegar o dia da GRANDE CEIFA. Quem é joio e quem é trigo cada um sabe de si próprio, acho válido usar métodos diferentes para alcançar pessoas e existem passagens bíblicas para isso, mas, também sou a favor dos métodos antigos, onde existem também passagens que falam das proibições que na "NOVA" são aceita, está acontecendo um julgamento ai, que cada um deveria pensar mais antes de dar sua declaração. Só não podemos nos esquecer que a salvação ela é individual e que também é para todos, independente de tudo, Jesus sempre usou métodos diferente para chegar nas pessoas, mas Ele também nunca perdeu o seu caráter e sua sabedoria. Creio também que o GRANDE CEIFADOR sabe o que é JOIO e o que é TRIGO. Na minha opinião é de que ESPIRITO SANTO vai te mostrar o melhor caminho. RESPEITO, LIBERDADE e a BUSCA POR DEUS isso que está faltando no CARÁTER das pessoas.

    ResponderExcluir
  53. nâo adianta querer amenizar a mensagem de DEUS para alcançar as pessoas o caminho para o céu é estreito .

    ResponderExcluir
  54. Devemos orar para que o Espírito Santo possa guiar nossos líderes aos ensinamentos divinos, e não radicalizarmos como fazem os "tradicionalistas" e os "liberalistas". Oremos para o EQUILÍBRIO com orientação Divina, seja o melhor caminho a ser seguido pela Igreja.

    ResponderExcluir
  55. Jesus procurou viver o seu ministério de forma prática, principalmente incluindo pessoas de todos os tipos. Em nenhum dos evangelhos você verá Jesus ditando as leis antes de demonstrar um enorme amor e compreensão ao problemas humanos, o julgamento fazia parte da vida dos fariseus e não na vida de Jesus que é o nosso único exemplo. Posso lhe afirmar que neste momento você faz parte do grupo dos fariseus modernos, que acusam os métodos de espalhar a mensagem do advento. Posso lhe fazer uma pergunta simples: Quantas pessoas você tem levado a Cristo nos ultimos anos? Agora quantas pessoas tem se convertido com a comunidade nova semente? O cristianismo prático não é feito de normas e regras entrando a força na vida dos novos membros, precisamos entender que isso é um processo de transformação, dia após dia. O que a nova semente faz é um processo de abordagem a novos crentes, um primeiro passo para que as pessoas aprendam a amar Jesus verdadeiramente, pois quando se ama as mudanças vem automaticamente (obedecer as regras e normas da igreja) e assim esses novos membros podem ir para as igrejas(já que esse é um dos seus problemas) com uma verdadeira concepção do amor divino. Muito cuidado ao julgar as atitudes da IASD como liderança, como cristão você precisa ter a certeza de que desde Israel, Deus tem guiado a liderança de seu povo, não que os líderes sejam perfeitos e sem erros, porém Deus capacita todos os seus escolhidos. Ao seu exemplo usado(cantora) me impressiona o quão alto é o seu julgamento sobre a vida espiritual dos outros, procure saber a história inteira da vida das pessoas por que a Daniela Araujo nunca foi uma adventista batizada, ela acompanhava o marido aos cultos. Infelizmente esse seu texto só mostra que quem não foi totalmente ganhado pelo amor de Jesus é você mesmo, por que quando somos totalmente revestidos do poder e amor de Deus não perdemos tempo com assuntos desse tipo e sim, nos dedicamos a espalhar a volta de Jesus!!

    ResponderExcluir
  56. O evangelho deve ser pregado a todos. E a Igreja tem cumprido o seu papel, ao procurar diversas maneiras de alcançar os corações das pessoas, como vejo no caso da Nova Semente. Quando fazemos nossa parte, o Espírito Santo completa o que falta. Não julguemos, mas oremos. Pois se for projeto de homem sucumbirá às críticas, mas se for de Deus, levará muitos que não seriam alcançados de outra forma a serem salvos para o Seu reino.

    ResponderExcluir
  57. É um tema bem polêmico...
    Porém deve - se pedir o discernimento e sabedoria do Espírito Santo de Deus para não julgar os novos irmão e levarmos todos a enxergar dentro da bíblia aquilo que realmente faz sentido e nos levará para o céu!

    ResponderExcluir
  58. Até onde sei,a cantora Daniela Araújo não se tornou membro da IASD..portanto não há compromisso para que ela siga costumes nossos.

    ResponderExcluir
  59. Acho estranho uma pessoa se diz ser cristão e querer viver com o padrão mundano.Articulação do diabo nas igrejas é evidente.Despertai Jesus está voltando.

    ResponderExcluir
  60. A paz, amados!

    Gostaria de humildemente replicar sua colocação, prezado Itanews, e fá-lo-ei utilizando o tilintar do seu relógio.

    TIC - "... A verdade é que a IASD no Brasil é, majoritariamente, uma igreja conservadora.". De fato, o é, no entanto, a proposta da Nova Semente é exatamente atuar em um NICHO carecente da Palavra - não havendo a pretensão de implantar seu formato em todas IASDs tradicionais, seu vulgo Adventista 2.0. Ou será que a parte "minoritariamente" desconhecedora das escrituras não é digna?

    TAC - "...cria-se uma distinção cultural. E cultura religiosa...". Essa frase é paradoxal, pois afere uma eventual distinção cultural, mas define outra distinção: a cultura religiosa. A religião é tanto produto quanto produtora de cultura, sendo parte integral da mesma. Termos como "secularização" são parte desta suposta "cultura religiosa", que nada mais é que a religiosidade imperando, em detrimento dos hábitos regionais comumente exercidos individual ou coletivamente. O fato é: há em nossa hipermiscigenada cultura tanto pessoas com o perfil tradicional quanto o perfil Nova Semente, e todos devem ser respeitados. As comunidades são a representação cultural disto! P.Ex. Comunidade Hispânica, Comunidade Nipo-Brasileira, Comunidade Árabe Aberta e Beth B´nei Tsion, que curiosamente só não são elas motivo de tanta balbúrdia por terem em sua conduta acentuada ética e explicito normatismo. O ideal é que houvessem Comunidade Jovem, Comunidade Musical, Comunidade de Testemunhos (ou seja, igrejas cujo core atendam ao perfil natural do membro - afim de que este tenha espaço para efetuar seu melhor louvor ao Altíssimo sem se escandalizar com o outro).

    Em resumo, há lugar para todos, enquanto o AMOR for o Centro. D´us é Amor, e El sabe o propósito da Comunidade Nova Semente, e tem abençoado a mesma.

    Shalom!

    (Valdeci Junior, boa citação, parabéns)

    ResponderExcluir
  61. Creio que nesse caso devamos ser radicais.... sem essa de acariciar coisas fáceis pra ficar fácil seguir uma instituição religiosa... ou vc aceita ou não aceita os ensinamentos ...... os que aceitam seguem... quem não aceita procure algum lugar que lhes caiba seguir..... simples assim.... não existe moldar a instituição religiosa em favor de alguns.... ela tem seus princípios e regras, aceitem ou não é assim que é e ponto final. Desde quando se mudam as leis pq alguns não aceitam regras? Isso aí de Nova Semente não deve existir para os cristãos da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

    ResponderExcluir
  62. Ao blogueiro ou blogueira. De duas uma. Ou você retira o meu artigo de seu blog, ou vc posta na integra, sem nenhum tipo de acréscimo como foi feito no título, e ainda coloca a referencia. Se não, irei entrar com medidas legais.

    ResponderExcluir
  63. Parabéns pela ousadia de dizer a verdade!!

    ResponderExcluir
  64. Uma conduta ética e verdadeiramente cristã exige que seja dado ao autor o crédito por seu trabalho. Sendo assim, ao publicar o texto de outra pessoa, não faça alterações e informe quem é o seu verdadeiro autor. Isso é honestidade, o mínimo que se espera de um blog que se diz jornalístico. http://migre.me/i9O7c

    ResponderExcluir
  65. "quem comigo não ajunta, espalha" Jesus Cristo.
    com este artigo vc esta ajuntando ou espalhando? Vou orar pra vc ajuntar mais, polemizar e espalhar menos

    ResponderExcluir
  66. Acredito que as pessoas que frequentam a nova semente devem ter experiências reais e sinceras assim com diversos outros crentes tem nas mais diversas igrejas evangélicas, pentecostais entre outras.
    Deus usou uma prostituta, como foi dito no comentário acima, mas acredito que ela deixou de ser prostituta. Ela deve ter arrependido dos seus pecados, casado e vivido uma vida correta. O que mostra que Deus esquece mesmo os nossos pecados.
    Sempre vai existir culturas diferentes, pois isso começou na torre de Babel. E enquanto não for para os Céus os salvos, não haverá uma mesma cultura.
    Só acho que a pregação deve ser de transformação sincera e verdadeira. Deixar o velho eu para trás e seguir firme rumo a Canaã Celestial, e se nessa caminha é necessário tirar as joias, mudar o estilo de vida, deixar de escutar algumas músicas entre outras coisas, a Igreja teria que mostrar isso tanto na "velha" como na "nova".
    Senão, só lamento pelo Jovem Rico que ficou sem o Céu.

    ResponderExcluir
  67. A verdade é que princípios são invioláveis. A Bíblia tem a última palavra.
    Quando a pessoa aceita Jesus Cristo como salvador e Senhor de sua vida, torna-se um nova criatura. A nova criatura, deixa os velhos hábitos e não se conforma com este mundo, mas transforma-se pela renovação de sua mente, para provar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.
    Romanos 12:2

    ResponderExcluir
  68. No caso do jovem rico, Jesus cortou o fio vermelho. Ele não quis baixar as normas para que o jovem rico fosse alcançado, nem mesmo esperou que ele fosse se adequando à nova identidade. Ou secularizamos a religião para alcançar os secularizados ou protegemos nossa identidade e elevamos a norma. As decisões serão divergentes se escolhermos entre quantidade e qualidade. Mas o que Jesus escolheria?

    ResponderExcluir
  69. Ellen Marina de Oliveira Pereira5 de março de 2014 16:14

    O texto comenta sobre a Daniela Araujo...será que se não houvesse tanto julgamento ela teria mudado de igreja? Alguns preferem dizer que o adventista não come carne de porco, não bebe, não faz nada ao sábado, enfim, não, não, não...outros simplesmente dizem as mesmas coisas mas ao invés do não dizem sim....sim, os adventistas possuem uma alimentação mais saudável que é justamente o ensinamento de Deus e por isso não comem carne de porco, sim os adv realizam inúmeras atividades ao sábado todas elas ligadas à reunião da família, estudo da bíblia, trabalhos sociais, etc....enfim, é só uma questão de linguagem. Não podemos nos esquecer que nem todas as pessoas que estão dentro das igrejas são convertidas assim como nem todas as que estão ou frequentam algum outro projeto são. Deus disse venham a mim e Eu os transformarei...e estas mudanças vem com o tempo. O texto fala que "A criação dessa “Igreja Adventista 2.0” está a jogar os próprios irmãos uns contra os outros".....não estaria o próprio texto provocando isto? Amo minha religião, amo minha igreja tradicional assim como amo estes projetos seja Nova Semente, seja Home Church, seja pequeno grupo,.. pois o intuito de todos eles é nos aproximar de Deus. Se a igreja o aproxima amém por isso e se a linguagem do projeto é o que lhe toca amém também. E se não estiver nem em um e nem em outro mas estiver sempre buscando a Deus, estudando a sua palavra e aceitando as suas promessas ali Ele estará.

    ResponderExcluir
  70. É justamente por esse tipo de coisa que eu sou feliz em não ser adventista, apesar de parte de minha família o ser. A quantidade de tempo e energia gastos em pode/não pode usar brinco, pode/nao pode ouvir música, tal irmã está ou não está andando nas leis da igreja etc é infinitamente superior à quantidade gasta em realmente entender a teologia, buscar conhecer a Deus e respeitar o próximo. Sinceramente, lendo este post e alguns comentários a respeito no Facebook, cheios de arrogância, julgamentos e prepotência, só me fazem ter certeza que não seria em seu meio que eu encontraria Deus.
    Pensem bem no que vcs estão buscando, será que condiz com o que dizem? Será que condiz com o que Jesus pregou?

    ResponderExcluir
  71. Concordo com a observação anterior. De acordo com a minha experiência, em Igrejas Adventistas do pais em que vivo não existe esse conservadorismo com respeito a roupas e jóias (apesar de as pessoas serem muito mais discretas e menos inclinadas a vaidade no seu uso). Ha também o uso de outros instrumentos como o contra- baixo e bateria, que são bem aceitos pelos membros no louvor das igrejas com estilo mais contemporâneo ou não. Mas esses não são os únicos instrumentos usados, os tradicionais também são. Não ha escândalo nesse sentido e não existe toda uma discussão a respeito dessas coisas. O formato de culto talvez seja mais parecido com o tradicional, se fala de doutrina sim e diversos pastores pregam assuntos variados, de acordo com o seu estilo, uns mais modernos outros mais tradicionais. Com o tempo eu passei a 'reparar' menos nas jóias e nas calcas das mulheres e comecei a ver as pessoas por trás dessas coisas, e não me vi diferente delas (apesar de eu mesma não usa-las). Vejo pessoas tao crentes ou cristas quanto qualquer outro adventista se julga ser, fazendo a sua parte pra apressar a volta de Jesus.So não vejo que exista exclusivismo, todos parecem a vontade, bem- vindos e voltam se sentirem tocados a faze- lo. Espero que aih a mensagem seja a mesma, mesmo que a embalagem se apresente de forma diferente.

    ResponderExcluir
  72. Quem escreveu não assina a matéria?

    ResponderExcluir
  73. olhamos as vestimentas e esquecemos o amor ao próximo, muitos dos irmãos que julgam tem problemas ainda maiores dentro de casa, como disse Paulo, "olhamos para o cisco no olho do irmão e não reparamos o POSTE em frente ao nosso rosto" perder tempo julgando se a Nova Semente é ou não certa deve ser dos pastores que estudaram mto mais que nós para dizer, cada membro deve cuidar da própria salvação e não achar ou deixar de achar decisões da administração influenciarem na própria salvação.

    ResponderExcluir
  74. O grande perigo está na mistura da igreja com o mundo, babilônia (confusão) será que precisamos nos adequar ao mundo para que ele possa se achegar a nós e encontrar a Cristo ou sermos somente o reflexo, o caráter de Cristo revestido em nós para que o mundo seja atraído pela diferença que nos acompanha e nos torna felizes? Cristo não mudou seu exterior para atrair pessoas, mas viveu sua essência de amor e compaixão isso sim que fez a diferença e que atraiu os que tinham um coração puro vivendo num contexto contaminado aos seus pés, já aqueles que ostentavam glória e honras eram ofuscados pelo brilho do salvador e não podiam se achegar a Ele, pois era humilhante demais. Pensemos um pouco e consultemos a Cristo sobre qualquer assunto, pois somente Ele pode nos nortear, Ele é o caminho a verdade e a vida!

    ResponderExcluir
  75. A questão aqui é cultural e não de princípios, se for comparar IASD Brasil X EUA o principio é o mesmo as culturas diferentes e qual esta certa e qual esta errada?
    Não da é questão de cultura, os temas abordados pela matéria é cultural, usar calça na igreja, bateria, maquiagem, ir ao cinema, jóia. Muita coisa já mudou na igreja desde que a conheço, antigamente as mulheres só usavam saia, lembro de minha mãe que para fazer exercício colocava calça por baixo, quem hoje em dia só usa saia? Homem não podia usar barba para ir lá na frente, e hoje porque pode? Não pode usar bateria na igreja mas me fala um CD novo dos Arautos do Rei que não tenha bateria? É preciso saber analisar Princípios, isso não muda, mas a questão cultural sempre esta mudando ao longo dos anos até mesmo no que chamamos de igreja "Tradicional" é só pesquisar. Pelo que sei a Nova Semente tem a mesma filosofia desde que começou e segue os princípios é por isso que não será desvinculada da IASD. Abs

    ResponderExcluir
  76. so lembrando que a "Prostituta" se Converteu de Seus maus Habitos e Entrou para cultura do povo de Deus, esse é o problema, trazer os do mundo sem que o mundo entre na igreja, mas muitos preferem trazer tudo junto, e acham que perante o juiz de toda terra sao bem vistos, precisamos estudar um poko mais que da vontade de Deus atraves dos escritos inspirados, mas apenas queremos olhar a forma como o mundo evangeliza e eaquecemos dos conselhos de Deus dados a nós atraves da sua serva.

    ResponderExcluir
  77. Triste ver que este texto basicamente se detém ao critério "adorno". Hilário o adventismo se resumir a isto. Evangelismo e reconhecer a própria trave no olho, realmente não fazem parte dos preceitos desse "povo escolhido". Basta rir.

    ResponderExcluir
  78. lilia maria paula souza5 de março de 2014 18:57

    Sou adventista há 5 anos ....pertencia uma igreja evangélica 37anos.....deixei porque encontrei a igreja verdadeira...isto me deixa triste, mas não é motivo p/ voltar atrás....penso que a pessoa que sair da iasd ainda não entendeu a palavra de DEUS.Vamos orar.......



    ResponderExcluir
  79. Quando minha mãe disse-me a respeito dessa denominação Nova Semente fiquei arrepiado sem saber antes o que era. Depois ela foi me explicando o propósito. O problema não é o público nem a abordagem. É a marca. E se essa marca cair em mãos erradas? seremos responsáveis por fomentar e criar um dissidência. Já temos uma identidade. Não precisamos disso.

    ResponderExcluir
  80. vamos fazer o seguinte... cada um no seu quadrado, o que fazem ou deixam de fazer eh individual e isso quem cuida eh Deus, como instituicao o que fazem ou deixam de fazer eh problema deles e se a bomba estourar o problema vai ser de quem estiver perto ou dentro eu busco o ceu e pasmem o ceu eh aqui, rs e pra quem nao cre assim o problema nao eh meu e eu lamento muito se Deus os deixar e sofrerei muito se Ele me deixar, entao independente de onde quando e como eh sempre individual...

    ResponderExcluir
  81. As vezes não é a coragem que é importante, mas o conhecimento para se desativar uma bomba...

    ResponderExcluir
  82. Estava demorando para isso chegar à Igreja Adventista. Em breve estará aquele culto com gritarias, emocionismo sem a presença de Deus, mistura com as coisas do mundo e tudo mais que já sabemos. Na minha igreja dizem que sou muito conservador, mesmo não tendo chegado aos "30", tenho concepção filosóficas e religiosas bem pautadas, portanto espero que a igreja não se corrompa.

    ResponderExcluir
  83. 2 Corintios 6:14 Diz: E que comunhão tem a luz com as trevas?
    Não venho aqui dizer que o lado "a" da historia está certo e o lado "b" está errado.
    Não venho apontar defeitos pois somos todos imperfeitos.
    Mas um dos lados deve ter a razão, ou seja estar um certo e o outro errado. Ou estao os dois certos, ou errados?
    Sei que existe um só caminho, um so exemplo que é Cristo, nosso Salvador e Senhor.
    Então pra que duas denominações de uma mesma religião mas com crença e doutrina diferente?
    Posso dizer que isso é vergonhoso e muito preocupante.
    Mas é como esta escrito em Hebreus 10:38-39
    Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.
    Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.

    ResponderExcluir
  84. "E melhor nunca ter o culto do Senhor misturado com música do que usar instrumentos músicos para fazer a obra que, foi-me apresentado em janeiro último, seria introduzida em nossas reuniões campais. A verdade para este tempo não necessita nada dessa espécie em sua obra de converter almas. Uma balbúrdia de barulho choca os sentidos e perverte aquilo que, se devidamente dirigido, seria uma bênção. As forças das instrumentalidades satânicas misturam-se com o alarido e barulho, para ter um carnaval, e isto é chamado de operação do Espírito Santo." Mensagens Escolhidas http://www.ellenwhitebooks.com

    ResponderExcluir
  85. Há muito estou em uma IASD tradicional ... posso dizer que me sinto muito bem nos dois ambientes, porém muito mais confortável na Nova Semente, pois não me sinto julgada em qualquer quesito ... posso ir como estou e sempre saio de lá leve e com a mensagem de Deus no coração. Vejo sim que existe uma disparidade na doutrinação que acredito que deve haver um consenso, talvez então não se poderia usar o nome de IASD. Enfim, creio que Deus está no comando de TODAS as coisas e falar como Gamaliel: Se esse conselho ou essa obra vem de homens, perecerá, mas se é de Deus, não podereis destruí-los ... Atos 5:39-38. Simples assim ... Abraços

    ResponderExcluir
  86. Eu como adventista dos étimo dia desde berço, j´etou com 58 anos entendo que a administração deveria esclarecer melhor esta questão aos seus membros para que não haja este disque disque, tirando quaisquer dúvidas para que possamos apoiar ou não, afinal somos uma igreja ou não? Então se somos, temos que ser unidos em todos os sentidos, queremos um esclarecimento mais aberto, creio que a obra de Deus não deve ser feita de qualquer jeito admitindo costumes e práticas que escandalizam nossa amada igreja.

    ResponderExcluir
  87. Existe o joio e o trigo, esperem que será separado, tudo ao seu tempo...

    ResponderExcluir
  88. Bem que eu desconfiava desde o começo que isso ainda daria problema.
    A Igreja Adventista do Sétimo Dia precisa voltar às suas origens, estudar mais a Biblia, orar, jejuar, ter músicas de qualidade que glorifiquem e louvem realmente a Deus e não os cantores. O modismo entrou e agora a pulga está atrás da orelha.... Começando pela cúpula da Igreja é hora de um verdadeiro reavivamento. No alto escalão se luta por poder, por posições, e muita politicagem está por trás, e infelizmente cada dia está indo para pior. Olhe para as regalias que os pastores tem, virou um bom negócio ser pastor. Trabalha-se pouco e ganha-se como empresário, pena mas é a realidade.
    Povo de Deus, é hora de se consagrar, olhar para Cristo, seu exemplo, seu amor e imitar-lhe..
    Abraço: Adeilton Alves da Silva

    ResponderExcluir
  89. Existe o Joio e o Trigo, deixe que no tempo certo o joio sera ceifado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas quando o joio dá fruto é arrancado e jogado no fogo. O que Jesus disse para Maria Madalena? Vai e não peques mais. Que cristianismo é esse que não transforma as vidas? Se eu "aceito" a Jesus e continuo vestindo as mesmas roupas, comendo as mesmas coisas e praticando as mesmas coisas de antes, eu continuo no mundo. Isso é cumprimento da profecia de Isaías 4: “Sete mulheres, naquele dia, lançarão mão de um homem, dizendo: Nós mesmas do nosso próprio pão nos sustentaremos e do que é nosso nos vestiremos; tão-somente queremos ser chamadas pelo teu nome; tira o nosso opróbrio.” Isaías 4.1. Cuidado irmão! Fé que não opera por amor e purifica a alma não é fé; é PRESUNÇÃO! Um abraço.

      Excluir
  90. A prostituta se adequou as normas e leis do povo de Deus e não o povo de Deus as normas de conduta da prostituta. Foi justamente por manter uma conduta tradicional que o povo Deus propiciou à prostitua a chance de ver explicitamente a diferença entre o seu povo e o povo de Deus, e assim fazer a escolha corret.

    ResponderExcluir
  91. precisamos levar a igreja ao mundo mas não trazer o mundo pra igreja.

    Deus não muda mas precisamos ver o que realmente é bíblico em relação ao que se pede. Conduta cristã é algo em relação a aperfeiçoamento de caráter.
    Daniela Araújo não pode ser exemplo nem de um lado nem de outro mas a discussão é legítima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou da cantora Daniela Araujo, que foi fraca, provavelmente, voce diz isso por ela ter mostrado o estilo dela, usando jóias, e maquiagem forte, porém, acho que se esqueceu, do fato ocorrido ano passado com pessoas “certinhas” julgadas conforme os adventistas conservadores, as pessoas a quem me refiro é Tatiana Costa e Ronaldo Fagundes, casados, cada um com seu cônjuge, vestiam tudo certinho, ela ia de saia, ele de terno, ela cantava louvores lindos, ele participou do Arautos do Rei, lindos e certos não? Porém, adulteraram, está vendo só? O que adiantou os dois colocarem a mascara de santidade perante voces? Daniela Araujo “não é exemplo" como voce disse, mas até onde todos sabem, ela não trai o seu esposo, e ela, salva muitas almas para Cristo, disso, você deve ter certeza. Outra coisa, você disse que o amor á D-s deve superar a maquiagem, joias e roupas, e deve superar também esse seu caráter hipócrita de achar que é certa o suficiente para julgar a Comunidade Nova Semente, da qual estou frequentando e vendo, que lá eles acolhem a pessoa do jeito que ela é, e deixa que D-s faça a reforma que todos nós precisamos! Agora, na maioria das igrejas adventista que eu fui, e levei uma visita que usa jóias, ou veste calça, os membros olharam torto, fizeram um verdadeiro descaso, e você acha o que? Que olhando torto para alguém cristã ou não, vai alcançar pessoas para a igreja adventista? Claro que não!

      Excluir
  92. Jesus está voltando...Precisamos falar do sábado e pregar a volta de Jesus. Regras e doutrina não salvam ninguém. E a Nova Semente pode até passar uma doxologia de cultos diferente e aceitar que as pessoas entrem lá para assistir as programações do jeito que elas querem. Porém nos estudos bíblicos que tive a oprtunidade de assitir com o Pastor Kleber ele jamais falou que pode o que diz que não pode na bíblia. São nos estudos bíblicos que ele prega e fala toda a verdade. O material dos estudos bíblicos não é nada de diferente são todos oferecidos pela Associção Paulista Sul. O objetivo da NS, é atrair pessoas para pregar e falar a verdade através dos estudos bíblicos, e esse objetivo eles estão atingindo. Nos estudos bíblicos as pessoas aprendem e sabem de toda a verdade dita na bíblia sem mudar uma palavra ou um til, saem de lá cientes de tudo, podem até continuar fazendo errado mas a verdade foi passada. Porém como as pessoas se vestem, e são aceitas lá dentro, não cabe a ninguém julgar, quem conhece o coração de cada um é Deus. Se todos tivessem essa preocupação, de não ficar olhando os erros dos outros e cuidassem mais dos seus próprios erros com certeza Jesus já teria voltado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabens Marcelina, vc expos exatamente o que eu penso.

      Excluir
  93. Quem ama esta Igreja e compreende sua missão neste mundo cheio de confusão, não expõe as suas lutas internas, pelo contrário, agora é o melhor momento para nos pormos de joelhos e clamarmos ao Senhor que guie as nossas vidas e também a Igreja, a fim de que unida caminhemos olhando para o Salvador. Expor desta maneira nossas lutas é também arriscado, pois pessoas neófitas na fé podem ficar confusas e angustiadas. Caro irmão, faria bem neste momento postar mensagens de Amor e Esperança, mensagens que fale de Jesus e de sua breve volta a este mundo de confusão e agonia. Forte abraço!

    ResponderExcluir
  94. Concordo com a nova semente pois acho que a igreja precisa de diferentes maneiras pra alcançar diferentes pessoas, A nova semente não tem nenhum princípio diferente muito menos despreza a bíblia, eles apenas estão atingindo um público diferente que talvez nunca seria atingido.

    ResponderExcluir
  95. Tu conhece a Dani? E vc é Deus pra julgar o que é certo ou errado? Ore pelas pessoas amigão antes de jogar pedra nelas. A Dani começou a usar jóias depois que saiu da nova semente. E se ela ta usando o problema é dela. Se é errado todos nós erramos. Fica na sua, e antes de escrever algo de alguém ore por ela e tenha total certeza do que vc esta dizendo.
    Att,
    Alexandre Rossi
    Amigo da Daniela Araújo

    ResponderExcluir
  96. Se não se define quem é um verdadeiro Adventista do Sétimo dia, não tem como dizer que existem essas diferenças entre esses grupos, sejam tradicionais ou não. Um verdadeiro Adv é filho de Deus, um discípulo, não é tradicional, conservador ou liberal, é REVOLUCIONÁRIO para a época dele. A IASD tem em suas filas (incluindo Nova Semente) membros militantes que um dia serão triunfantes (não todos) e tem também hoje discípulos verdadeiros. Nenhum ser humano pode julgar e dizer aquela pessoa não é Filha de Deus, quando alguem faz isso é a mostra clara que não é FIlho de Deus, muito menos Discípulo. O maior desafio da IASD no Século XXI é de identidade. A identidade da Igreja Triunfante, é sua MISSÃO baseada numa origem e destino profetizados, exemplificado com um estilo de vida baseado no resultado do Amor e não em normas e tradições que muitas vezes contradizem os princípios. Se Nova Semente e IASD oficial não cumprem a missão ambas não tem identidade. Cada membro desses grupos deverá escolher passar por esse desafio e deixar se ser MEMBRO para se tornar DISCÍPULO (quem fala, segue e FAZ o que Cristo fez). A melhor "bomba" relógio que existe é a contagem regressiva para a volta de Cristo, é essa que devemos anunciar com nossa vida. Caso não façamos isso a bomba relógio para ouvir: "Não te conheço" já começou também. A que grupo você vai pertencer?

    ResponderExcluir
  97. Essa história de que a "igreja vive de forma diferente em culturas diferentes" é muito similar ao feitio jesuítico, é seu jeito de trabalhar. Felizmente como Ellen White deixa claro no capítulo 14 de A Ciencia do Bom Viver, a igreja não precisa se adequar as normas e padrões do mundo, o evangelho tem o seu poder completo em sua simplicidade!

    ResponderExcluir
  98. Que tal dar crédito ao Pablo, autor do artigo?
    http://pabloperfil.wordpress.com/2014/03/04/a-bomba-relogio-da-velha-semente/

    ResponderExcluir
  99. "Quem entra na NOVA SEMENTE, nunca será Adventista!". Com certeza alguém que escreve isso está se colocando no lugar de Deus.

    ResponderExcluir
  100. Deveriam ter pensado duas vezes antes de criarem este modelo. Agora a bomba vai estourar nas mãos dos líderes como anciãos, diáconos e diretores de ministério pessoal. Quem vai pagar é a igrejinha. O grupinho.

    ResponderExcluir
  101. Va a igreja com coraçao transformado, o que vc usa ou deixa de usar, nao modifica os pensamentos. uma questao: _vc ama a Deus com toda essas tatuagens? _ nao. eu amo a Deus com todo meu coraçao.

    ResponderExcluir
  102. Porque razão, então, deveríamos abrandar a divulgação do nosso nome distintivo, quando ele mesmo permite, como já disse, fazer em poucas palavras uma brilhante pregação e reporta para a verdade que deverá ser o teste final de um mundo corrupto?

    Esta pergunta está baseada num texto da irmã White citado pelo Pr. Wilson e aborda um ponto que, de forma irredutível, distingue a nossa igreja da esmagadora maioria das outras: a guarda do Sábado, como dia separado e santificado por Deus. Diz em Mensagens Escolhidas, v. 2, p.384: "somos Adventistas do Sétimo Dia. Envergonhamo-nos, acaso, de nosso nome? Respondemos: não, não! Não nos envergonhamos. É o nome que o Senhor nos deu. Esse nome indica a verdade que deve ser o teste das igrejas."

    Trecho de um discurso do Pastor Ted Wilson

    Fonte:http://diariodaprofecia.blogspot.com.br/2010/10/lembra-te-do-teu-nome.html

    ResponderExcluir
  103. E que a mensagem seja pregada, e confiarei no trabalho do Espirito Santo e na interseção de Jesus Cristo. Contudo, a comunhão individual ajudará abrir os olhos de cada filho de Deus e concederá mais ainda amor ao próximo. Tantos são os mistérios, porém, nos apeguemos a Ele e Esperemos nEle. Volte logo Pai...

    ResponderExcluir
  104. Deveria a ''Igreja'' mudar o mundo e não o mundo mudar a ''igreja''. Digo igreja de uma forma muito mais abrangente que a instituição em si, mais a essência do evangelho de Cristo.

    ResponderExcluir
  105. Besteira... quem é Cristão faz sua escolha por Cristo não por uma igreja, instituição, etc... Cristão é Cristão ponto e acabou... Se a Nova Semente (não conheço) tem um propósito/finalidade, acredito que irá cumprir independente do que falam ou agem os membros. Afinal fazem o mesmo com Cristo e sua mensagem até hoje.

    ResponderExcluir
  106. José Geraldo Meira5 de março de 2014 23:25

    Não reconheço tal movimento aí como sendo parte da igreja da profecia.Pense bem,os pioneiros fundaram qual igreja mesmo?IGREJA ADVENTISTA DO DO SÉTIMO DIA!É a essa que eu pertenço,Como é mesmo o nome dese grupinho la?Tem gente obstinada nesse mundo,não?

    ResponderExcluir
  107. Discordo totalmente, quem julga é Deus, o nosso maior objetivo não é perder tempo com detalhes e sim falar do amor de Deus, tem tanta gente que precisa conhecer Deus e que se não fosse desta forma jamais seriam alcançadas. A bíblia diz cuidado com a língua, pode até ser que este ministério novo esteja errado porém não julgue, este papel é de Deus. Vai evangelizar, ler a bíblia, deixem eles se tiverem errados, prestarão contas a Deus no dia do juízo.

    ResponderExcluir
  108. Quero ver que vai ter peito pra postar a autoria do texto?

    ResponderExcluir
  109. Oi... Normalmente não perco meu tempo comentando esse tipo de postagem... Mas você fez alguns comentários muito fortes que mais parecem acusações... Eu preciso te perguntar: Você já foi lá? Você conversou com algum dos lideres que estão a frente do projeto? Você gastou algum tempo estudando o assunto?... E mais você intencionalmente ou não, você usa algumas técnicas de argumentação tipicas de que não tem argumentos (como ridicularizar o oponente em vez de debater suas ideias) e mais você mistura os argumentos como se tudo fosse uma coisa só o que também não é verdade (no seu texto você mistura o uso de calça e o de joias como se os dois fosse a mesma coisa o que no minimo é um erro, para não disser mentira e falta de caráter).
    Bom se a sua resposta as minhas três primeiras perguntas for não... Seria melhor ficar calado... E se a resposta fosse sim, você com certeza não teria escrito esse texto...

    ResponderExcluir
  110. Querido irmão Pabloperfil, nós, acredito que você também seja, adventista do sétimo dia, seguimos o exemplo dado pelo primeiro concílio de cristãos, ainda na igreja apostólica, de que embora tenhamos opiniões diversas e muitas vezes opostas, tomamos decisões e as tornamos publicas em conjunto e [ gosto muito do termo utilizado naquela primeira reunião] com unanimidade. Quando o senhor vem a público e escreve um artigo como esse e ainda por cima critica os líderes de nossa igreja o senhor já deixou de construir uma opinião unânime com este corpo, e como o senhor mesmo disse essa é sua opinião. A Nova Semente foi criada como uma decisão unanime pelos nossos representantes, os nossos líderes, e antes de emitir uma opinião sobre os frutos deste projeto o senhor deveria, não sei se o fez, se dirigir primeiro aos nossos líderes em particular. Cabe aqui dizer que é muito mais fácil este artigo dividir o mundo adventista aqui no Brasil do que a existência da Nova semente. Pois, uma vez que eu, que me declaro tradicionalista de carteirinha, e não critico e até gosto de ver alguns cultos da nova semente, não me incomodo de haver adventistas que sejam culturalmente diferentes da igreja tradicional, creio que muitos devem estar agindo da mesma forma porque estão mesmo é preocupados em ter a fé em Jesus. Pelo contrário bato palmas para as novas iniciativas que busquem " se possível salvar a todos". Meu querido por favor não faça mais isso. Muitas vezes preocupados em emitir nossas própria opiniões nos esquecemos que somos um só corpo e que devemos expressar a unanimidade deste corpo. Se alguns irmãos estão se perdendo tanto lá (na nova semente) quanto cá (na tradicional) é porque estão olhando para a pessoa errada e que não é Cristo e talvez estejam se perdendo em opiniões humanas.

    ResponderExcluir
  111. Eu sou adventista e não me sinto à vontade nem em meio aos ditos conservadores e nem em meio a pseudo-inteligentisia esnobe de igrejas ditas "liberais", mas que não passam de mais conservadoras ainda...não é óbvio que religião, mesmo quando em essencia se acredita em um corpo doutrinário específico (no caso o adventista), não pode se esvanecer em regras e leis culturais de distinção com o "mundo", e sim, e sim na mensagem essencial de Jesus? Isso é muito mais dificil do que não usar brincos ou calças no culto...Em tempo: isso não é resultado da fragmentação da pós-modernidade, não é pós modernismo isso é farisaísmo mesmo...

    ResponderExcluir
  112. Gostei muito dessa postagem pois tenho percebido que principalmente os jovens de nossa igreja estão se rebelando contra a IASD tradicional. Esse estilo de evangelismo está trazendo muitos prejuízos a nossa igreja. As pessoas de nossa igreja na sua maioria não tem a mente aberta pra essa nova forma de atrair as pessoas para as coisas espirituais. E mesmo que se fale sobre a Nova Semente no intento de informar o povo, sempre terão aqueles e diga-se de passagem a maioria dos irmãos que ficarão contra essa Nova Semente. Portanto se vier a trazer perda de membros, isso aí não pode ser levado adiante. Tem de haver uma conscientização sim, daqueles que estão entrando, são eles que precisam de mudança no estilo de vida. Não os que já abriram mão de muitas coisas na vida pra seguir a Jesus. Penso que a IASD não pode ter medo de pregar o que de fato a igreja tem preservado como sendo o certo, no que diz respeito ao estilo de vida das pessoas.

    ResponderExcluir
  113. Muito interessante a colocação. Soube do projeto antes de ser fundada a Nova Semente. Quando Kleber divulgou sua Tese sobre como evangelizar pessoas numa sociedade pós-modernizada.

    Desde quando li aquela papelada toda (extremamente carente de teologia) em inglês... logo pensei: "E lá vem os modelos batistas mais popshows dos EUA para o Brasil."
    A idéia não era nova. Ele apenas replicou o que outras denominações já faziam lá... importamos uma tecnologia entre outras palavras.

    Ele por outro lado, ganhou uma igreja, um contrato na paulista, que por enquanto, parece ser vitalicio...

    Porém, há inumeros problemas. Não apenas é este choque entre dois lados que tem e está provocando na IASD. Mas as consequencias disso. E dado que ali na Nova Semente (entre outras novas idéias... pois agora há projetos de se fazer outras novas sementes), há um publico com mais $$$. Em tais haverá uma maior influencia na igreja, como já está ocorrendo.

    Resultado disso, é que vemos, os moldes da Nova Semente, se instaurar na TV Novo Tempo da mesma igreja.
    Ou seja, temos uma midia, uma formadora de opinião e de habitos, de cultura, de formas de pensar etc.
    E toda nova geração adventista será educada nesses moldes, em conflito com os outros que restarem...
    Porém, é simples, em outras palavras, eu diria q os lideres da igreja, abaixaram a Bíblia, deixaram de acreditar no poder de suas palavras. E ergueram as tecnologias sociais de controle de massa; afim de atrair e controlar mais facilmente novos adaptos, e assim se solidificar a instituição e crescer em poder financiero (pois o espiritual, cada vez se abandona mais)... conforme a música se torna mais dançante e alta, menos os joelhos estão calejados e as páginas da Bíblia marcados.

    Nova Semente não acaba só ali nos arredores da Paulista. É uma maçã podre que contaminará e está a contaminar a todas as demais. Futuramente, dos membros dali, virão os novos pastores. De familiares melhores sucedidas ($$$), terão mais influencia. Suas ideias, livros entre tantos outros espalharão. Serão a nova geração de pastores...

    O que esperar da nova geração de membros, e do novo 'adventismo' q está por vir?

    Fazendo um paralelo. É a cara do Brasil. Da mesma forma como Governo tem tratado o povo, dando bolsas e programas para satisfazer os animos da grande massa e assim domá-los mais facilmente, sem lhes dar a devida educação; fazendo carnaval e copa do mundo, além de construir estádios... a IASD está ai, construindo seus estádios (novos tipos de igrejas), com seus programas para atrair e agradar as pessoas... ao mesmo tempo, sem fazer as reformas necessários, sem atentar para a saude, e tampouco para a educação... pois vivemos, na geração mais ignorante e burra no que se trata de teologia, Bíblia, profecias etc.

    E como já se diz o velho ditado. Não a forma mais fácil de escravizar uma pessoa que a ignorância.

    A questão está muito além de cortar o fio...
    A questão é quem irá reconstruir os muros de Jerusalem, expulsar os comerciantes, remover o pó das Escrituras, reerguer os pilares da Sabedoria e da Fé no que moveu o surgimento deste povo que era para se tornar o remanescente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, com você, e a preocupação nem é o que eu acho ou o que os outros acham, É um pseudo evangelismo, nem reavivam os que ja são adventista como bota pra dormir mais gente. É andar na contra-mão, Muita teologia abstrata e pouca mão no arado.
      coloquei um texto de uma visão da irmã White aqui mas não foi publicado, porém retrata muito bem os dois caminhos, e existirão pesosas caminhando no largo achando que está no estreito e claro que insto inclui a todos nós, porém nem precisamos de um pastor que além de não admoestar ainda pratica e permite os erros.

      Isto nasceu no coração do Kleber e o coração do homem é enganoso. A lei e ao Testemunho se assim não for jamais veremos a alva.

      Os dois caminhos
      Na assembléia de Battle Creek (Michigan), em 27 de Maio de 1856, foram-me em visão mostradas algumas coisas que dizem respeito à igreja em geral. Foram-me mostradas a glória e a majestade de Deus. Disse o anjo: “Ele é terrível em Sua majestade, contudo não O compreendeis; terrível em Sua ira, e no entanto vós O ofendeis diariamente. ‘Porfiai por entrar pela porta estreita’ (Lucas 13:24); ‘porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.’” Mateus 7:13, 14. Estes caminhos são distintos, separados, em direções opostas. Um leva à vida eterna, e o outro à morte eterna. Vi a distinção entre esses caminhos, e também a diferença entre as multidões que neles viajam. Os caminhos são opostos; um é largo e suave; o outro, estreito e acidentado. Semelhantemente as duas multidões que os percorrem são opostas no caráter, na vida, no vestuário e na conversa. {TS1 32.1}
      Os que viajam pelo caminho estreito conversam a respeito da alegria e felicidade que terão no fim da viagem. Seu rosto muitas vezes está triste, e, todavia, brilha freqüentemente com piedosa e santa alegria. Não se vestem como a multidão do caminho largo, nem como eles falam, nem procedem. Um modelo lhes foi dado. Um homem de dores, e experimentado nos trabalhos lhes abriu aquele caminho e o palmilhou. Seus seguidores vêem-Lhe os rastos, e ficam consolados e animados. Ele o percorreu em segurança; assim também poderão fazer os da multidão, se seguirem Suas pegadas. {TS1 32.2}
      Na estrada larga todos estão preocupados com sua pessoa,* suas vestes, seus prazeres. Dão-se livremente ao riso e à zombaria e não pensam no termo da viagem nem na destruição certa, no fim do caminho. Cada dia se aproximam mais de sua destruição; contudo loucamente se arrojam, mais e mais depressa. Oh, como me pareceu terrível isso! {TS1 32.3}
      Vi, percorrendo a estrada larga, muitos que tinham sobre si escritas estas palavras: “Morto para o mundo. Próximo está o fim de todas as coisas. Estai vós também preparados.” Pareciam precisamente iguais a todas aquelas pessoas frívolas que em redor se achavam, com a diferença única de uma sombra de tristeza que lhes notei no rosto. Sua conversa era perfeitamente igual à daqueles que, divertidos e inconscientes, se encontravam em redor; mas de quando em quando mostravam com grande satisfação as letras sobre suas vestes, convidando outros a tê-las sobre si. Estavam no caminho largo, e no entanto professavam pertencer ao número dos que viajavam no caminho estreito. Os que em redor deles estavam, diziam: “Não há distinção entre nós. Somos iguais; vestimos, falamos e procedemos semelhantemente.” {TS1 33.1}

      Excluir
    2. a melhor definição que lí a respeito. inteligente e mostra conhecimento do assunto . totalmente o contrário da maioria que aprova por q ser politicamente correto é mais aceito. parabéns amigo

      Excluir
  114. Vale ressaltar que, como mencionado no início, o Pr. Cléber trouxe o projeto Nova Semente para o Brasil, creio eu, com autorização da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Daí gera-se um série de questionamentos: 1) O propósito de alcançar pessoas secularizadas, de um certo nível, tem sido alcançadas? Os objetivos da IASD e Nova Semente são os mesmos? Há testemunhos de pessoas ganhas pela N. S. que se tornaram adventistas fiéis? Será que N.Semente não se tornará pretexto para adventistas que querem seguir uma religião ou adventismo mais ligth? Porque, diante de tantos comentários e opiniões, a organização da IASD não se manisfesta de maneira a esclarecer

    ResponderExcluir
  115. Douglas Gonçalves6 de março de 2014 00:54

    Jesus expulsou o covil de ladrões do Templo para que os princípios divinos fossem mantidos. Fazer a vontade de Deus implica seguir as instruções de Deus para nós, e o que Deus diz não pode ser "remendado". Não podemos usar o argumento de que "a igreja é extremista" para que o mundo entre na igreja de forma sutil. Lembremo-nos sempre que "os fins não justificam os meios", ou seja, levar a mensagem a um povo diferenciado não significa que os princípios possam ser contornados. O que melhor podemos fazer como cristãos é pedir que Deus dê sabedoria à liderança da Sua igreja para agir de acordo com a vontade dEle, e que nos dê sabedoria para entender Seus propósitos.

    ResponderExcluir
  116. Quanto drama! Parece que li uma trama de Hollywood... "cortar o fio azul ou o fio vermelho"
    Seria fantástico (ou não) se pudéssemos resolver questões da vida com o mesmo entusiasmo que os atores de Hollywood, cheios de adrenalina buscam ADIVINHAR qual o fio correto. E por um critério altamente rigoroso eles acabam decidindo pela....Sorte!! =/
    Isso mais parece um incentivo a um mártir... a uma revolução ou qualquer outro "ão" por ai.
    É interessante observar que de um cristão nós costumamos esperar Compreensão, auxílio, ajuda... amor ao próximo. E o que enxergamos? Discursos bonitos... Hollywoodianos... frases impactantes bla bla bla e etc.
    Parece meio contraditório... mas fazer oq...
    A luta pelo preconceito e distinções nas suas mais variadas formas já existe e é combatida a sei lá quantas décadas e mais décadas e tem gente achando q uma instituição vai mudar isso de um ano para o outro.
    É por essas e outras q numa ocasião como essa eu levanto então a bandeira:
    "Quer mudar o mundo... mude a si mesmo! Seja a primeira mudança que almeja ver!"
    Deus já nos deu simples, humildes e boas dicas de como fazer isso!
    Deus nos faz 1 em seus atributos e não em nossas culturas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho este texto fantástico:

      Há pessoas que estão prontas para fazer uso de qualquer coisa estranha, que possam apresentar como surpresa ao povo... nunca devemos rebaixar o nível da verdade, a fim de obter conversões, mas precisamos elevar o pecador corrupto à alta norma da lei de Deus. Evangelismo, pág. 137

      "A missão da igreja é, não copiar o mundo em seu estilo de vida ou preferência musical mas oferecer-lhe um modelo superior de vida e gosto artístico, que, de algum modo, reflita a vida e a música do céu." S. J. Schwantes

      Nota:Amor ao Próximo é Levar nosso Irmão aos caminhos da verdade, a verdade que nos corrige, o "espelho" que nos diz onde está a sujeira e que nos leva a necessitar do poder do sangue de Cristo a nos lavar, a nos perdoar, o que ás vezes é difícil e dói, dói quebrar o orgulho do "eu", o orgulho que certamente levará a perdição. Ao contrário das "verdades " que certas religiões ensinam, onde as leis são moldadas conforme o pecado do mundo, o que precisa é sim, o mundo ser moldado conforme as leis de Deus, mas isso nós Sabemos que não irá acontecer neste mundo de pecado.

      Excluir
  117. https://www.youtube.com/watch?v=o1AC8K3XgeQ#aid=P-UPIN5ySvE

    ResponderExcluir
  118. Kelita Brito Cerqueira6 de março de 2014 07:47

    Devemos sim estar no mundo, mas nao pertencer a ele. Se fosse para continuarmos no mesmo estilo de vida na pós conversão Cristo não teria pedido para renunciarmos ao mundo e o Jovem rico não teria dado as costas para Jesus.

    ResponderExcluir
  119. A verdade é que cada dia que passa vemos a Volta de Jesus as portas e amém por isso na verdade não poderíamos citar a nova semente como igreja adventista pois é mais uma ramificação como reforma é promessa duas igrejas que já saíram da igreja adventista temos que entender O que está em 1 coríntios 14:40 temos que fazer sempre o certo.

    ResponderExcluir
  120. FALTA DE AMOR E IPOCRESIA SEMPRE EXISTIU DENTRO DA IASD,O QUE VEJO AQUI,SAO CIÚMES E INVEJA DE QUEM PROVAVELMENTE SENTA - SE NUM BANCO DE IGREJA SOMENTE PARA OBSERVAR E CRITICAR OS QUE ESTAO DISPOSTOS A TRABALHAR...

    ResponderExcluir
  121. Para alcançar almas não acho necessário criar Nova Placa e sim muita oração juntamente com a pregação do Evangelho, e permitir o trabalho do Espírito Santo no coração das pessoas, pois, somente ELE alcança. Cabe a nós entendermos qual é a nossa parte de trabalho e não querer converter o ser humano, pois, não somos capazes.

    ResponderExcluir
  122. Frequento uma iasd conservadora, e acho o projeto da NS muito bom, co
    m um senso de missão impressionante. Os irmãos que realmente amam a Cristo não farão objeção ao trabalho deles, já os neo fariseus...

    ResponderExcluir
  123. Sensacionalismo. São culturas diferentes, assim como existe comunidade hispana, árabe, judaica, e etc, existe a comunidade pós-modernista. O foco deles é colher aqueles que não conseguimos alcançar, não é um lugar para velhos adventistas. Abra a mente meu jovem e para de sensacionalismo. Tem muitas coisas tão mais importantes do que criticar um projeto magnífico...

    ResponderExcluir
  124. agora é fazer como Jesus... Seu evangelho era simples e firme, e rico ou pobre, culto ou analfabeto... todos eram e são atraídos a Cristo. Jesus não mudou seu modo de pregar ou seu estilo de vida só pra alcançar os "diferentes". Funcionou durante 150 anos na IASD desta maneira, e sempre houve os " secularizados". Se a membresia tão somente levasse o evangelho pra seus médicos, advogados, políticos, professores de faculdade, e esses levassem para os da "alta" que eles mantêm contato, todos seriam alcançados sem distinção. pois tem sido assim a anos e empresários, prefeitos, artistas mundanos e demais secularizados foram alcançados assim. Por isso fico com o velho e eficaz método de Jesus!!! Ana Paula....

    ResponderExcluir
  125. Meu querido Márcio, a Palavra de Deus (Bíblia) não muda Ela é a mesma ontem,hoje e sempre.A Bíblia diz em Daniel 7:25 E proferirá palavras contra os santos do ALTÍSSIMO, E CUIDARÁ EM MUDAR OS TEMPOS E A LEI, então podemos ver aqui que a Palavra de Deus não muda e sim os homens querem mudar por causa de suas vaidades.

    ResponderExcluir
  126. Ótima abordagem do tema. Faz totalmente sentido. Ou a igreja faz tais adaptações de forma institucional ou irá ser banalizada por ambos os lados. Certamente essas mudanças deverão ser progressivas, com cautela e sabedoria. Percebe-se que aos pouco a igreja vem se adaptando em alguns pontos. Como os louvores. Os projetos Adoradores, Salmos e Filhos de Israel da Novo Tempo trazem um novo conceito de música para a igreja e está sendo muito bem aceito. Oremos para que a liderança faça essas adaptações com a sabedoria divina.

    ResponderExcluir
  127. O grande problema disso tudo, é a PREOCUPAÇÃO, as pessoas se preocupam mais com o 'eu acho', do que com a TRANSFORMAÇÃO DE VIDAS, certamente, quem fala mal, é quem não tem conhecimento. E isso, não me refiro (exclusivamente para o caso da Nova Semente), é para tudo!
    Deixem o Evangelho ser pregado...E deixem que Cristo (o Justo Juiz) julgue a intenção de cada um.....

    Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
    Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
    Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
    Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.
    Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,
    Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.Filipenses 1: 15 ao 20

    ResponderExcluir
  128. Eu sou cristão adventista, passei por um problema, não como esse na igreja, mas cheguei a conclusão que a igreja é um hospital, onde doente procuram a cura, mas só serão curados quando o segundo advento acontecer. Eu acho que a IASD está mais preocupada em que seu membro guarde o sábado, não que não deva guardar, devemos sim !!!! Mas acaba esquecendo o amor ao próximo. Alguns membros têm que parar de julgar e orar mais por si e pelo próximo e deixar que Deus aja em todos nós. Ele sabe o coração de cada um. Nova Semente faz, sim, parte da IASD e acho que aos poucos, se ESTIVER DE ACORDO COM AS ESCRITURAS, abordar tais assuntos que os tradicionais pregam. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  129. Todos são Hipócritas, colocar a bíblia embaixo do braço é fácil, mas os pastores sabem muito bem pra onde vai o dinheiro do dízimo, falar é fácil mas buscar a Deus de pleno coração é difícil, Deus sabe Deus ouve Deus vê tudo, pra mim o povo adventista esta cada vez mais hipócrita como de qualquer outra igreja,já foi o tempo do povo cristão de verdade, hoje em dia tanto a nova quanto a "velha" adventista esta defasada...

    ResponderExcluir
  130. Somos o povo Remancente e existe a mão de Deus por trás de nossa doutrina. Não existe duas mensagem do Advento. Somente uma Deus está voltando e quem não estiver pronto vai ser deixado para trás. Quero estar em pé olhando em Seus Olhos na ocasião de Sua Volta. Oro para usarmos nossas forças para Levar essa mensagem para todos em todos os lugares.

    ResponderExcluir
  131. Seria mesmo o nosso formato de culto ou mesmo a maneira com que nos identificamos socialmente o que define a nossa identidade? Creio que não. A diversidade dentro dos nossos muros sempre foi uma realidade, haja vista os inúmeros conflitos discutidos nas páginas da Bíblia entre a igreja de Jerusalém e a igreja gentílica. As duas eram "igreja", membras do mesmo corpo identificadas teologicamente nas cartas de Paulo como "de Deus e em Cristo". Não acho necessário o corte de nenhum fio, senão àquele que nos impede de emendar os que já estão cortados.

    ResponderExcluir
  132. Não sou a favor de algumas metodologias utilizadas no projeto nova semente. Basta olharmos para Jesus e encontraremos o verdadeiro exemplo, não foi mudando seus principios que ele converteu a milhares, mas foi dando testemunho, de que sim, seus principios eram transformadores e exemplares para um mundo conturbado como o nosso. É, de fato, nítido que nossos irmãos pelo mundo por vezes se portam de maneira diferente, no entanto, creio eu, e como plano instituido por Deus a seus filhos, em tais culturas, são diferenciados, e sem palavras, apenas pelo seus testemunhos e sua conduta são identificados como cristãos. A solução para alcançar pessoas intelectuais e de mente mais "abertas" não está em trazer hábitos seculáres para dentro das igreja (que como sabemos, passa por um reavivamento e reforma) Tais hábitos, são prejudiciais para o próprio cristão e para a vida entre nós irmãos. Ostentar pinturas, jóias, roupas, não devem ser os principios fundamentais de uma igreja cujo o foco principal é Deus e a salvação de nossos irmãos perdidos pelo mundo. Eu lhes perguntos, como eles irão nos achar? Trazendo o secularismo para a igreja, o que nos diferencia do mundo? Será mesmo que nós iremos resplandecer a luz de Deus para os nossos amigos, colegas, familiares, sendo que, aparentemente, ou seja, nosso "casco" exterior não é diferente das pessoas cujo quais são de nosso principal objetivos atrai-las? Amigos, não devemos atrair pessoas para nosso meio, utilizando-se de técnicas nocivas a própria instituição, indo de encontro a princípios básicos, nascidos no coração de Jesus para o nosso bem. Como uma comunidade cristã, adventista, pode permitir em um local usar joias, brincos, maquiagem, roupas aquém da modéstia cristã entre outros hábitos, e em outros locais, mais conservadores(e não menos certos disso) não o permitir. A proposta do texto, em suma, nos leva a pensarmos em adequar alguns principios básicos para que essas contendas sejam abrandadas. Porém, queridos amigos, não devemos nunca nos esquecer, Deus é um Deus transformador, não são hábitos seculares que irão afastar um verdadeiro cristão, ao contrário, a esses, seremos luz, dando nosso testemunho de um Deus que tem amor por cada filho seu, de um Deus que nos tira do lamaçal desse mundo e nos coloca em seus braços. Em minha concepção, não devemos cortar fios, devemos sim, adequarmos o projeto nova semente, através de muito estudo e oração, e levarmos nossos queridos irmãos e amigos da nova semente a sintonia vivida hoje em nossas igrejas, que em um meio tão secularuzado é a esperança de um mundo melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque vc é ANONIMO, seu comentário foi perfeito.

      Excluir
  133. Tenho acompanhado com indignação esse infeliz comentário á respeito da Nova Semente.
    Pergunto eu.....com que autoridade uma pessoa posta um artigo com esse titulo ? -¨Quem entra na Nova Semente,nunca será adventista.
    Para não me prolongar nesse assunto tenho a dizer o seguinte para a pessoa que postou isso ,e também para TODOS os adventistas que não aceitam a NOVA SEMENTE:
    GRAÇAS Á DEUS,SOU MEMBRO E DIÁCONO ORDENADO DESSA ABENÇOADA IGREJA,E SOU ADVENTISTA SIM,E COM MUITO ORGULHO DE PERTENCER A ESSA COMUNIDADE.
    E SABE PORQUE DIGO ISSO?......PORQUE COMO VERDADEIRO ADVENTISTA QUE SOU,PROCURO FIELMENTE SEGUIR OS MANDAMENTOS DE DEUS,PRINCIPALMENTE O QUAL ELE NOS MANDA NÃO JULGAR PARA QUE NÃO SEJAMOS JULGADOS !
    ACHO QUE NÃO PRECISO ESCREVER MAIS NADA,CERTO?

    ResponderExcluir
  134. Meu querido irmão,seu pensamento é valido,porém acho que não é bem por ai,pois cristo diz,todo aquele que vier até ele ,de maneira alguma ele lançara fora,porem uma vez que eu me entrego a cristo de coração,não á possibilidade que eu continue sendo a mesma criatura,pois em cristo nova criatura somos.Você lembra qual foi a reação de jesus ao entra no templo e viu todos aqueles mercadores ele disse a minha casa sera chamada casa de oração e os filhos de Arão,que levarão ofertas a Deus de qualquer jeito o que Deus fez deixou que o próprio fogo os consumi-se em demostração de sua santidade,uma vez que somos conhecedores da verdade,não podemos agir como leigos ou ignorantes,não podemos ficar com esse pensamento infantil que a cultura é de tal jeito e devemos deixar que pessoas entrem na igreja e fação o que quiserem,devemos lembrar que por ir contra a cultura foi que jesus foi odiado,rejeitado e negado,foi o próprio jesus que disse que por causa de seu nome nós seriamos perseguidos,meu amigo o mundo é a mare e nos temos que nadar contra essa mare,estamos preocupados em números na igreja,Deus não quer número ele quer é cristãos de verdade,e que não se deixam contaminar-se com as coisas desse mundo.Devemos aceitar a todos,pregar a todos,mais devemos pregar que o nosso Deus é um Deus SANTO de ORDEM e DECÊNCIA .

    ResponderExcluir
  135. nossa ser nao ser adventista relamente nao vai te salvar. A IASD morreu na cruz pra me salvar...

    ResponderExcluir
  136. Ora, o texto diz "o especialista " referindo-se ao Pr. Kléber Gonçalvez, se de fato é um especialista "deve ter" (duvido) alguma solução para o problema, pois do contrário que tipo de especialista é este ou dos que coadunaram com a idéia?
    Bem a Bíblia é muito pontual em afirmar "sim sim não não o que passa disso provém do maligno" ou " o que comigo não ajunta, espalha" e ponto final.
    Não há meio termo, ou é ou não é.

    ResponderExcluir
  137. Ora, o texto diz "o especialista " referindo-se ao Pr. Kléber Gonçalvez, se de fato é um especialista "deve ter" (duvido) alguma solução para o problema, pois do contrário que tipo de especialista é este ou dos que coadunaram com a idéia?
    Bem a Bíblia é muito pontual em afirmar "sim sim não não o que passa disso provém do maligno" ou " o que comigo não ajunta, espalha" e ponto final.
    Não há meio termo, ou é ou não é.

    ResponderExcluir
  138. MAS A IASD NÃO TEM NECESSIDADE DISSO, VISTO QUE SÃO POUCAS AS DENOMINAÇÕES QUE SÃO MAIS LIBERAIS QUE ELA, PRATICAMENTE PODE TUDO, TOTALMENTE LONGE DOS PRINCÍPIOS BÍBLICOS.

    ResponderExcluir
  139. Caro blogueiro, solicito retificar com URGÊNCIA o titulo do artigo ou retirá-lo do ar para evitar maiores transtornos.

    ResponderExcluir
  140. Devemos nos apegar nisso, pois cada um será julgado pelo que foi aprendido e vamos pedir as orientações a Deus diariamanete. "Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas".

    Leia o capítulo completo: Filipenses 4

    ResponderExcluir
  141. Só pra saber, a Nova Semente segue o Manual da Igreja Adventista do Sétimo Dia?

    ResponderExcluir
  142. Mas é justamente isso: CALÇA COMPRIDA, JÓIAS, BATERIA... etc... só quero lembrar se quando Jesus voltar Ele vai perguntar: quantas vezes vc usou jóias? Quantas vezes vc usou calça comprida na Igreja? NADA DISSO: ELE VAI PERGUNTAR SE VC O CONHECE. Quem escreveu essa matéria só "entrou" lá para bisbilhotar e com o coração armado NÃO ENTENDEU, NÃO OUVIU PESSOAS E NÃO VIU TRANSFORMAÇÕES. Adventista há 36 anos e que encontrou sim, no espaço da Nova Semente, uma religião VIVA, pessoas com SEDE DE CONHECER JESUS sem se importar sim com essas "coisinhas" e com MUIIIITA VONTADE de levar a mensagem À TODOS (tatuados, drogados, arrebentados pela vida, abandonados, sem esperança...) para que Cristo volte logo.

    ResponderExcluir
  143. Duas coisas: old habits die hard e dois errados não formam um certo.

    ResponderExcluir
  144. Ao meu ponto de vista,que talvez tenha sido mal interpretado por mim através da leitura desse texto não devemos fazer a vontade de homens e sim de Deus..eu tenho 25 anos sou nova adventista há 3 a nos me batizei eu gostava muito de roupas que valorizavam meu corpo e brincos,anéis e quando conhecia a palavra de Deus fui aos poucos tocada pelo Espírito Santo a fazer o que Deus queria e sem nenhum problema mudei meu estilo olha até entendo em usar métodos novos para atrair corações a Cristo mas Deus não muda.e nem a sua lei as vestes da mulher podem levar o homem a pecar e se estivermos ligados a este mundo secularizado não entraremos no reino de Deus.nosso foco para salvar é Jesus!!

    ResponderExcluir
  145. eu acho que estão tentando modernizar o evangelho eterno que a igreja adventista foi levantada por Deus para anunciar. .Jesus não precisava mudar adaptar a mensagem para alcançar os corações, agora usar o exemplo da esposa do Leonardo que não se sentiu bem achando que os irmãos à estavam julgando e por isso foi pra outra igreja, me desculpe. Sabemos que pessoas que se sentem julgadas por fazer algo que a bíblia e a igreja condenam, na verdade não querem tomar a sua cruz e servir à Cristo, querem amar o mundo e se igualar a ele. A palavra de Deus diz que a amizade do mundo é inimizade contra Deus. Vamos nos santificar que Jesus está às portas e vem buscar um povo diferente que não se conforma com este mundo, nem com mundanismo. Sou adventista e acho que mudar a linguagem pra alcançar os ricos e cultos é puro esforço humano, está faltando o batismo do Espirito Santo e a chuva serôdia pra terminarmos a missão. E quando essa chuva for derramada, não precisaremos adaptar a mensagem, pois Deus chama o pecado pelo nome, e não faz emendas pra aceitar o pecado. Ele ama o pecador e deseja liberta-lo do mundo. E infelizmente aqueles que não se sentem bem dentro duma igreja que prega a mensagem verdadeira, sendo rico ou pobre, moderno ou cafona, não pode dizer que serve a Deus e ama Cristo, e sim está amando o mundo e o que há nele.

    ResponderExcluir
  146. Confesso que estou perplexa com tantos rumores, opiniões, expectativas em torno desse assunto, mas acima de uma Igreja, acredito em um povo e acima deste povo acredito em um Deus que irá nos salvar, julgar e separar o joio do trigo, como prometeu, contudo que fique na nossa mente a mensagem do advento, por que os "rumores de guerra" podem estar dentro da própria Igreja e não somente no mundo lá fora ... Cristo nos adverte: "1 Quando ele estava saindo do templo, um de seus discípulos lhe disse: "Olha, Mestre! Que pedras enormes! Que construções magníficas!"
    2 "Você está vendo todas estas grandes construções?", perguntou Jesus. "Aqui não ficará pedra sobre pedra; serão todas derrubadas."(Mar 13:1 e 2); 7 Quando ouvirem falar de guerras e rumores de guerras, não tenham medo. É necessário que tais coisas aconteçam, mas ainda não é o fim. 13 Todos odiarão vocês por minha causa; mas aquele que perseverar até o fim será salvo. PERSEVERAR ATÉ O FIM, ESTE É O DESAFIO neste mundo tão difuso!!!!

    ResponderExcluir
  147. Deixemos o Santo Espírito agir! E isso depende unicamente da minha e da tua entrega. Não julguemos para não sermos julgados pelo mesmo padrão. Estamos no fim dos dias dessa terra..busquemos a Deus em oração, consagremo-nos a Ele a cada dia! Devemos amar-nos uns aos outros como Cristo nos ordenou. Deus está no controle, eu creio!

    ResponderExcluir
  148. Sinceramente não entendo essa onda de "terrorismo" contra a Nova Semente. Acredito sinceramente ser um projeto dirigido por Deus como uma grande alternativa para alcançar pessoas que jamais seriam alcançadas de outra forma. Ao contrário da afirmação do articulista, a estratégia não é a de fugir dos "não deve" ou "não pode", mas colocá-los em pauta no tempo certo e da maneira apropriada! Assim como em uma relação amorosa entre um homem e uma mulher, as coisas começam pela conquista e somente a seu tempo surgem as responsabilidades e obrigações, assim vejo a estratégia da Nova Semente. Primeiro conhecemos Jesus e o extraordinário plano de salvação. Isso é o que abranda os corações secularizados. Depois, conquistados pela graça, como "bebês espirituais" serão ensinados a seguir o caminho correto. Cada coisa no seu devido lugar! Desde quando estilo de vida ou de comportamento asseguram um cristianismo autêntico? Queremos exigir dos recém convertidos um padrão tão elevado que nem nós mesmos "igrejeiros antigos" conseguimos seguir! Isso me cheira mais farisaísmo do que cristianismo autêntico!

    ResponderExcluir
  149. por que não falamos como Gamaliel:
    "E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus. Atos 5:38-39"

    ResponderExcluir
  150. A vontade de Deus não deve mudar para se adequar a nossa vontade.
    Há liberdade, livre arbítrio e escolha pra decidir seguir a Deus em sua vontade assim como Ele pede ou não.

    ResponderExcluir
  151. Devemos tomar muito cuidado com os detalhes,pois são os minimos detalhes que tirara muitos do Céu.

    ResponderExcluir
  152. Olha, me surpreendo cada dia mais com a quantidade de imbecilidades usadas por pessoas com "almas amargas" por problemas vividos num passado - podendo ser proximos ou distante talvez, que perdem seu precioso tempo que poderiam estar pregando o amor de Jesus, para escrever bobagens para difamar a instituição como você!!
    Achei que já tivesse visto todo o tipo de gente na igreja, mas imbecil feito você ainda não tinha visto!! Por que difamar a igreja dessa forma, principalmente sem nenhum embasamento e "plagiando" um factóide de um imbecil feito você, ainda por cima?
    Volte-se pra Jesus e seu amor, e esqueça as polêmicas é o que te sugiro, pois Ele enxerga em nós o que podemos ser, não o que somos! Ps: Nunca fui a essa igreja, mas fico realmente triste quando vejo gente tentando denegrir a imagem da Igreja, por decepções e fofocas não superadas!

    ResponderExcluir
  153. Porque, sendo livre para com todos, fiz-me servo de todos para ganhar ainda mais.
    E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.
    Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
    Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.

    1 Coríntios 9:19-22

    Creio que essa passagem reduziria nosso debate em muito.

    Há uns cinco anos atrás, estava sentada em um JA na igreja adventista da Floresta. Igreja considerada tradicional na capital gaúcha. Pregando estava o Pr. que seguidamente esqueço o nome. Ele pregava sobre o pós modernismo que assolou as igrejas adventistas,ditas tradicionais, na Europa. E do que é feita a igreja senão pessoas? Pessoas que como o próprio Cristo diz: "Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal" (João 17:15 ). Pois esse pastor pregava o que nos é essencial em tempos como os nossos, o pós modernismo tem sim adentrado cada vez mais em nossa sociedade e o que se enxerga são pessoas sedentas daquilo que mais lhes falta: JESUS. Igrejas não faltam, teologias de prosperidade vazias e pastores que se enriquecem a custa de seus fiéis. E a nós, que dizemos ter a verdade, cala a mensagem de Paulo: "fiz-me de tudo para com todos para ganhar alguns". O texto acima me parece muito preocupado com a modéstia, dita como doutrina da nossa igreja, mas se esquece que quantos irmãozinhos estão aquecendo os bancos de nossas igrejas que não usam maquiagem, não usam jóias e todo o ano mudam o carro e na hora da pergunta de quantos folhetos distribuiu na semana não levanta a mão. Aí a resposta sempre pronta é que: A igreja é um lugar de pessoas imperfeitas! Pois eu ainda prefiro uma igreja por assim dizer, então,com unhas vermelhas e com projetos missionários funcionando do que uma igreja de saias abaixo do joelho e de fofocas constantes, como se cargo os fosse salvar. Estamos focados demais no que as pessoas estão vestindo e estamos nos esquecendo do principal: LEVAR A MENSAGEM DO ADVENTO A TODO MUNDO EM MINHA GERAÇÃO.
    Devemos estar atentos que as pessoas nos observam constantemente e mais do que o como chegar lá, elas estão preocupadas com o resultado. Elas querem encontrar a Jesus, mas também não querem ser taxadas como crentes. É a mesma coisa que no calor de 40º do Rio de Janeiro irmos entregar folhetos de terno e gravata. As pessoas vão se interessar pela mensagem, mas não se interessar pelo resultado que a mensagem traz. As pessoas estão sedentas de pessoas como elas, e que sim, possuam a mensagem eterna.
    Pessoas que frequentam a nova semente, não se sentem confortáveis em outras, porque muitas vezes são julgadas antes mesmo no culto começar.
    Textos que se preocupam com o formato de pregação, com o que as pessoas vestem, mais me parece um texto leviano e carregado de teologia farisaica, e como no tempo de Jesus mais se preocupavam em como parecer do que realmente viver o evangelho.

    ResponderExcluir
  154. Cadê o nosso Presidente Pr. Erthon Koller? Agora sim é hora de se manifestar, se ele já o fez, que ainda não sei é hora dele como Lider Maior como gosta de se nomear lembro disso no campori da DSA 2005 abaixo de Jesus decidir, falo isso pela indignação quanto ao Ministério de Louvor Está Escrito, informações que tivemos dos cantores que por sua decisão e autoridade acabaram com o grupo, não concordo com Lider Autoritário e isso que me parece, nunca gostou de música, falo minha opinião, não devemos ver algumas coisas calados, senão seremos tão errados quanto, devemos ser sensatos sem 2 pesos e 2 medidas, isso infelizmente ocorre direto, isso sou extremamente contra.

    ResponderExcluir
  155. A Nova Semente está atrapalhando a igreja adventista de levar sua grande mensagem ao mundo: Jesus morreu para as mulheres pararem de usar brincos.

    ResponderExcluir
  156. VAI TIRAR OU NÃO?? ISSO É PLÁGIO

    ResponderExcluir
  157. IREI ENTRAR COM MEDIDAS JUDICIAIS SE NÃO TIRAR A PÁGINA DO AR....SE TRATA DE UM PLÁGIO AO MEU ARTIGO

    ResponderExcluir
  158. A imensa maioria dos que comentaram aqui nunca foi na NS, não sabe o que acontece, só ouviu falar que existe e mesmo assim é cheio de críticas. Deus vai cobrar isso severamente de vocês. Se cada um dos que ávidos críticos daqui cuidasse da própria vida já seria um enorme progresso.

    ResponderExcluir
  159. Em Testemunho Seletos é narrado uma visão de Deus para a igreja. Quando eu li essa visão nunca saiu da minha mente, claro que me impactou, pois sei que meu exterior não faz meu interior, porém meu interior muda meu exterior e tudo que sou. Pelos seus frutos o conhecereis, se a forma é carnal só atrairá carnalidade quando encontrar o real evangelho aquele do segue-me e muda tudo, deixa tudo não sobrevive.

    Eis a Visão: (espero que a publique

    Os dois caminhos
    Na assembléia de Battle Creek (Michigan), em 27 de Maio de 1856, foram-me em visão mostradas algumas coisas que dizem respeito à igreja em geral. Foram-me mostradas a glória e a majestade de Deus. Disse o anjo: “Ele é terrível em Sua majestade, contudo não O compreendeis; terrível em Sua ira, e no entanto vós O ofendeis diariamente. ‘Porfiai por entrar pela porta estreita’ (Lucas 13:24); ‘porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.’” Mateus 7:13, 14. Estes caminhos são distintos, separados, em direções opostas. Um leva à vida eterna, e o outro à morte eterna. Vi a distinção entre esses caminhos, e também a diferença entre as multidões que neles viajam. Os caminhos são opostos; um é largo e suave; o outro, estreito e acidentado. Semelhantemente as duas multidões que os percorrem são opostas no caráter, na vida, no vestuário e na conversa. {TS1 32.1}
    Os que viajam pelo caminho estreito conversam a respeito da alegria e felicidade que terão no fim da viagem. Seu rosto muitas vezes está triste, e, todavia, brilha freqüentemente com piedosa e santa alegria. Não se vestem como a multidão do caminho largo, nem como eles falam, nem procedem. Um modelo lhes foi dado. Um homem de dores, e experimentado nos trabalhos lhes abriu aquele caminho e o palmilhou. Seus seguidores vêem-Lhe os rastos, e ficam consolados e animados. Ele o percorreu em segurança; assim também poderão fazer os da multidão, se seguirem Suas pegadas. {TS1 32.2}
    Na estrada larga todos estão preocupados com sua pessoa,* suas vestes, seus prazeres. Dão-se livremente ao riso e à zombaria e não pensam no termo da viagem nem na destruição certa, no fim do caminho. Cada dia se aproximam mais de sua destruição; contudo loucamente se arrojam, mais e mais depressa. Oh, como me pareceu terrível isso! {TS1 32.3}
    Vi, percorrendo a estrada larga, muitos que tinham sobre si escritas estas palavras: “Morto para o mundo. Próximo está o fim de todas as coisas. Estai vós também preparados.” Pareciam precisamente iguais a todas aquelas pessoas frívolas que em redor se achavam, com a diferença única de uma sombra de tristeza que lhes notei no rosto. Sua conversa era perfeitamente igual à daqueles que, divertidos e inconscientes, se encontravam em redor; mas de quando em quando mostravam com grande satisfação as letras sobre suas vestes, convidando outros a tê-las sobre si. Estavam no caminho largo, e no entanto professavam pertencer ao número dos que viajavam no caminho estreito. Os que em redor deles estavam, diziam: “Não há distinção entre nós. Somos iguais; vestimos, falamos e procedemos semelhantemente.” {TS1 33.1}

    ResponderExcluir
  160. A igreja adventista fria... morna... precisa mesmo de mudança. Mas a solução seria uma nova igreja? Por outro lado, seria possível uma mudança nesta IASD tão tradicional, mexer em suas estruturas? A igreja necessita de um pentecoste atual, uma união e consagração para ter de Deus a resposta às nossas indagações.

    ResponderExcluir
  161. Sou batizada pouco mais de 1 ano e fico sei saber de que lado ficar, porque parece que tem dois grupos dentro da igreja e ambos dizem ter razao...deveriam pensar nos novos membros q estao chegando agora, pois toda essa discussão deixa uma pessoa confusa

    ResponderExcluir
  162. Graças a Deus que existe um REMANESCENTE, que desde 1914, quando a igreja se uniu com o mundo, por ocasião da primeira guerra mundial, este permaneceu firme, na plataforma da verdade e continua mantendo os verdadeiros principios adventistas. Quer saber quem é esse REMANESCENTE? visite uma IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA - MOVIMENTO DE REFORMA.

    ResponderExcluir
  163. O Evangelho "PURO", "ETERNO", em si só, tem poder para transformar... não é necessário baixar as normas para tal.
    A queda de Israel se deu exatamente no momento em que ele quis ser igual ao mundo... quis se espelhar nas outras nações.

    ResponderExcluir
  164. Triste, sou adventista por mais de 40 anos e não vejo melhora alguma em baixar normas para se parecer com o mundo, Jesus chegou ao ponto de dizer:
    Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;
    Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
    E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.
    Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
    E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

    Mateus 10:34-38
    Isto aconteceria, pois, deixaríamos o mundo, seus sistemas e normas para seguir o Mestre.

    ResponderExcluir
  165. O que dizer de rute Aonde vc. for eu vou o seu Deus sera o meu Deus. J Jesus disse que era facil um camelo passar no fundo de uma agulha de um rico entrar no reino do cèu ! ha entâo vamos abrir uma nova semente Qui ai passa amem irmâos !
    ,

    ResponderExcluir
  166. É fake essa merda....vejam o texto original: pabloperfil.wordpress.com/2014/03/04/a-bomba-relogio-da-velha-semente/

    ResponderExcluir
  167. Amigo...já vi que vc refecenciou o artigo em outro post. Porém o título em seu blog tem um acréscimo "Quem entra na NOVA SEMENTE, nuca será adventista". Esse acréscimo deturpa a ideia original do texto. Te peço mais uma vez. Se vc quiser deixar em seu blog...blz, porém irá ter que tirar esse acréscimo do título. Se vc quiser fazer um adendo ao texto...q isso fique bem claro que se trata de uma observação pessoal do blog e não do autor do texto. até prq nunca disse em meu texto essa frase e nem concordo com ela. ok? espero a retirada do acréscimo do texto

    ResponderExcluir
  168. A IASD Tradicional perdeu a sua razão social de existir. Está equivocada em muitos dos valores que defende e não está disposta a rever os seus conceitos. A Nova Semente é uma farsa, um "remendo novo em pano velho". Ela tenta ludibriar os necessitados de um apoio espiritual, mas que são sábios o suficiente para não se adequar ao velho modelo.
    Esse " remendo certamente provocará roturas ou deixará de ser aplicado.

    ResponderExcluir
  169. eu posso fumar um baseado sendo membro dessa nova semente? tomar minha cervejinha...? se puder estou dentro...

    ResponderExcluir
  170. o q eu tô vendo.......fanáticos debatendo com neoliberais........e o pior........debatendo costumes, tradições e rituais.......e desde quando isso salva alguém.......quem salva é Jesus.....se liguem.......afiiiiiii.........para de condenar os outros e olhar para a cruz..........a salvação não é coletiva........é individual, poxa..........aiaiaiaiaiaiaiaiai

    ResponderExcluir
  171. A parábola do semeador fala de quatro sementes: onde se enquadria esta Nova Semente?
    Ou seria uma quinta semente?
    Como esta NOVA SEMENTE poderia ser semeada para a vida eterna?
    Particularmente eu não vejo raízes nesta NOVA SEMENTE, ao contrário, as pessoas que eu conheço e que foram para lá se tornaram TRISTES TESTEMUNHOS.
    O jovem rico da parábola quando encontrou Jesus, foi recebido com amor, mas tinha que seguir os princípios, e Jesus não foi negligente quanto a estes princípios.
    Pergunto: Porque uma NOVA SEMENTE?
    Porque não seguir a lição da Escola Sabatina que nos ensina como DISCIPULAR OS RICOS?
    Lamentável e triste saber que um conselhos de Pastores aprovaram uma NOVA SEMENTE.
    Temos uma verdadeira profeta, será que vamos admitir um dia um falso profeta na nossa igreja?
    Que Deus intervenha!
    Em nome de Jesus, amém!

    ResponderExcluir
  172. Como a NOVA SEMENTE escreveria o final da parábola do jovem rico?
    Talvez diria que "É tão fácil um rico entrar no reino dos céus como entrar pelas portas de seus palácios".
    Reflita.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.