Header Ads

Ex-policial acusado de matar primo de cantora baiana é condenado a 16 anos


O ex-investigador da Polícia Civil, Jansen Alves Nascimento, 41 anos, suspeito de matar o primo da cantora Ju Moraes, Leonardo Moraes Almeida, 33, durante uma briga em um bar no ano de 2013, em Salvador, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado durante julgamento realizado nesta quarta-feira (30), no Fórum Rui Barbosa, em Salvador. Segundo informações do fórum, o julgamento começou pela manhã e terminou por volta das 19h.

O responsável pelo caso foi o juiz Vilebaldo José de Freitas, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. O ex-policial vai cumprir pena de 12 anos por homicídio qualificado e outros quatro anos por tentativa de homicídio, já que na ocasião do crime, um amigo de Leonardo Moraes também foi baleado, segundo informações do promotor do Ministério Público (MP), Davi Galo, que atuou na acusação.

“Em ambos os casos, tanto o de homicídio qualificado quanto a tentativa de homicídio, o juiz deu a pena mínima. O Ministério Público entende que ambas as penas foram baixas diante do crime praticado pelo acusado, pela contundência dos jurados que reconheceram todas as teses do MP e porque nenhuma tese da defesa passou. Por essas razões, o MP vai recorrer para aumentar a pena. A defesa também recorreu, mas para diminuir. O juiz manteve a prisão preventiva dele”, relatou Galo.

A mãe da vítima, Marise Arlete Moraes, participou do julgamento e disse que achou pouco o tempo da pena, diante do crime. “Fiquei o tempo todo. Meus dois filhos não foram, ainda estão muito abalados com esse caso, eu já estou mais preparada. Se meus filhos ouvissem algo que não condizia com a personalidade do irmão, não reagiriam bem. Ele [Jansen Alves] pediu perdão a mãe dele, disse que estava arrependido e pediu para o advogado para me pedir perdão também, mas eu deixo essa questão de perdoar para Deus. Deixa ele viver. Davi [Galo] vai recorrer. Achei pouco uma pena de 16 anos para o crime que ele cometeu. A acusação da promotoria foi muito bem colocada”, disse Marise. (Informações: G1 BA)



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.