Header Ads

Negociações da APLB/Sindicato e PMI sinalizam acordo da categoria para terça dia 16, greve pode terminar

Representantes da APLB/Sindicato e Prefeitura Municipal de Itamaraju reuniram-se na manha da terça-feira no Centro Administrativo de Itamaraju para mais uma rodada de negociações em pauta o piso salarial nacional da categoria, fizeram-se presentes: DR. Esteferson Fontes Maciel (Procurador Jurídico) os Secretários Jorge Kalid (Administração) Dr. Marcos Aurélio Rodrigues (Finanças) Renilda Marques Souza (Educação) Dalan Araujo Correia (Contador) e o Prefeito em exercício Luiz Mario.
Já os representantes da APLB/Sindicato foram Antonio Santana, Claudio José de Jesus (Presidente) Daniel Silva Meireles, Robson Guerra Borges, Rubilcleusa Leão de Souza representando a categoria dos professores e o Dr. Nelson Carlos Moreno (Advogado da APLB)
Após abertura dos trabalhos e discutindo por todos os pontos das negociações com o foco no piso salarial da categoria ficou acordado que na próxima terça-feira (16) uma nova rodada de negociações que já está marcada e aceita em ata voltará ao fechamento, que ainda se encontra aberta faltando mais apreciação de parecer técnicos dos secretários e mais entendimentos dos representantes da APLB/Sindicato para por o fim da greve estabelecida pelos professores.
Para o Dr. Nelson Carlos Moreno (Advogado da APLB) a diretoria e coordenação da APLB/Sindicato que se reuniu o com o Gestor Municipal presente demonstrou uma boa vontade muito grande no município juntamente com sua equipe, secretários, contadores e procuradores jurídicos se não tenhamos chegado ao numero específico de reajuste, a Administração já sinalizou para esta possibilidade, ficou acordado uma reunião para a próxima terça-feira (16) onde com numero nós iremos chegar ao um denominador comum, estamos confiante sim diante do que foi dito da possibilidade de conceder aos professores o pagamento do piso para as duas jornadas. Disse Dr. Nelson Carlos Moreno.
O DR. Esteferson Fontes Maciel (Procurador Jurídico da PMI) relatou que as negociações avançaram e muito no que se diz a possibilidade de vir a compor já na próxima semana dissolva o movimento e que seja concedido àquilo que o município pode conceder de aumento atendendo a categoria na verdade nós estamos no período eleitoral e a Lei Eleitoral tem impedimentos de conceder reajustes acima da inflação no ano eleitoral isso é um problema hoje que se arrasta por longos anos no período eleitoral e que nós estamos nos aprofundando para verificar se efetivamente o entendimento firmado na ultima eleição se aplica ou não para essa eleição porque nós ainda não temos ainda uma solução definitiva, um caso concreto julgado em uma situação deste ano que já foi solucionado que ai vem a insegurança de conceder um aumento da forma que está sendo pleiteado pela categoria dos profissionais em educação, vamos avançar os estudos tanto financeiros tanto jurídicos para que na próxima terça-feira (16) que possamos bater o martelo e resolva toda questão que está sendo apontada pela categoria dos professores.
Já o prefeito Luiz Mario disse ao termino da reunião que esses momentos foram realmente aproveitados, onde os professores fizeram suas reivindicações merecidas mais devemos ter equilíbrio em nossas decisões para que possamos cumprir com tudo prometido e esse dialogo foi muito importante porque é como sempre estou falando eu não sou administrador sozinho, é juto com a comunidade junto com as entidades é um governo participativo e juntos iremos fazer os nossos cálculos, nos estudos para que agente possa ta cumprindo com os direitos dos professores que são merecidos e vamos evitar esses desgastes que prá tanto para o gestor como para os educadores e alunos que são mais os prejudicados, próxima terça-feira (16) haverá outra reunião onde tenho certeza que haverá uma solução e vamos acabar com esse impasse. (Por Lenio Cidreira)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.