Header Ads

PM identifica Anderson, suspeito de roubar e assassinar comerciante em Itabela.

A Polícia Militar identificou um homem suspeito de ser um dos autores do disparo que matou Agnaldo Pereira Barbosa, de 52 anos, durante assalto ao estabelecimento comercial da vítima, que aconteceu na noite da última sexta-feira (26-08), no bairro Ouro Verde, em Itabela.

O acusado identificado, Anderson de 19 anos, que já tem passagem pela polícia, mora em uma casa no bairro bandeirante, conforme informação da policia, na casa do individuo foi encontrado drogas, um tablete, um coldre e uma quantidade de bijuterias. O acusado havia fugido antes da chegada da polícia.
Durante as diligências da PM, que ocorrem de forma ininterrupta desde o momento do crime,um suspeito de participação no fato foi identificado. De acordo com a polícia o elemento já é considerado foragido.
As primeiras informações repassadas pela polícia dão contas que os elementos não queriam roubar dinheiro e sim munição por ter conhecimento que no local vendia pólvora, chumbo e cartuchos. Ainda segundo as informações da polícia, os elementos ao chegar ao estabelecimento se irritaram com a vitima por ter negado em atender os acusados alegando não vender munição, isso deixou os acusados irritados e dispararam contra o mesmo
A policia para constatar as informações repassadas por uma pessoa não identificada de que os bandidos queriam munição e que a vitima havia se negado a atender, a polícia foi ao local na manha deste sábado (27-08), e constatou de fato que existiam vários tipos de munições no interior da mercearia da vitima o que deixa a informação mais contundente
A participação mais precisa, de acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar, será divulgada no decorrer das investigações em andamento com a detenção dos marginais.

Todo o material apreendido dentro da casa do acusado localizada na rua Rui Barbosa, Bairro Bandeirante foram encaminhados para a delegacia de polícia civil, para o procedimento legal.

A polícia que realizou as buscas destacou que a ajuda da população é fundamental no trabalho da Polícia Militar em busca dos acusados de atirar contra o comerciante e pede que quem tiver informações ligue para (73) 8118-4895.

A polícia informou ao Giro de Noticias que a droga apreendida estava enterrada no quinta da casa onde o elemento reside. O colete aprova de bala, o tabele e as bijuterias estavam dentro da casa. (GN)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.