Header Ads

População comemora a chegada do asfalto na Urbis-III e no Baixa Fria em Itamaraju

A Prefeitura Municipal iniciou as obras de asfaltamento dos bairros Urbis-III, na zona leste da cidade e Baixa Fria, na zona sul de Itamaraju. As obras fazem parte do programa de pavimentação executado pela Prefeitura em diferentes bairros da cidade que serão contemplados com obras de asfaltamento.

A população da Rua Visconde do Rio Branco que liga a cidade baixa aos bairros São Bernardo e Várzea Alegre, situada no bairro Baixa Fria, recebeu obras completas de infraestrutura para que a via ficasse pronta para receber a massa asfáltica.
Tanto na extensa Rua Visconde do Rio Branco, quanto nas ruas do bairro Urbis-III, foram realizados, antes do asfalto, os serviços de drenagem, terraplanagem, preparação da base, instalação das guias de meio fio, para depois aplicar o revestimento de asfalto.

“Para quem estava amassando barro ou tomando banho de poeira, ter o asfalto na porta de casa representa a valorização da nossa rua e dos nossos imóveis, além de nos trazer dignidade e saúde”, comemorou o morador Amauri Teixeira, 66 anos, da Rua Visconde do Rio Branco.
Ruas do bairro Baixa Fria estão recebendo asfaltamento
A movimentação de máquinas e homens nas ruas dos bairros tem sido motivo de comemoração para os populares, que há pelo menos 20 anos sonhavam com a chegada do asfalto. Para tanto, o deputado federal Paulo Magalhães (PSD), garantiu ao atual prefeito em exercício Luiz Mário (PSD), recursos na ordem de R$ 28 milhões como parte de três emendas inseridas no Orçamento Geral da União/2016.

O asfalto é uma antiga reivindicação dos moradores da região, que sofriam com problemas provocados pela falta da pavimentação, como poeira, buracos, enxurrada e a lama. As obras estão em fase inicial e já mudaram a rotina nos referidos bairros. Maria Cardoso dos Santos, 46 anos, que mora na Urbis-III há 15 anos, é uma das pessoas que comemoram a chegada do asfalto, obra que considera uma de suas maiores alegrias ao longo da sua década e meia como moradora do Conjunto Habitacional.

“Quando vi as máquinas jogando o asfalto chorei de alegria. Quase nem consegui dormir esta noite de tanta felicidade. O asfalto muda a nossa vida e acaba com muitos dos sofrimentos, como a enxurrada, lama e poeira. Ninguém precisa mais sair de casa com as sacolinhas no pé. É um momento de muita felicidade. Grande parte dos moradores não acreditava na pavimentação do bairro. Isso muda 100 por cento nossa vida. Graças a Deus. Luiz Mário apareceu, assumiu o compromisso e hoje estamos tendo essa alegria enorme”, comemorou Cely Lopes de Jesus, que mora há 22 anos na Rua Visconde do Rio Branco.

Na opinião da aposentada Lídia Ferreira, 65 anos, uma das remanescentes do bairro, o asfalto vai garantir qualidade de vida e tranquilidade para população. “Esperamos mais de trinta 30 anos por esse asfalto, nesse tempo todo a nossa vida foi de muito sofrimento, poeira, areia quente e muita lama. Isto aqui quando chovia virava um rio, ninguém conseguia entrar e nem sair de casa, mas agora graças a Deus estamos recebendo esse benefício”, exclamou com alegria a moradora da Rua Visconde do Rio Branco.

Na Urbis-III, o senhor Antônio Donizete Ramos disse que a sua desconfiança cedeu à certeza de que a longa convivência com a poeira, o barro e as enxurradas, deram lugar ao asfalto. “Nossas ruas vão ficar uma beleza. Todo dia vou acordar de manhã e olhar pela janela para me certificar de que, de fato, tem asfalto na frente da minha casa, sonhei muito com esse momento”, descreveu.
Ruas compactadas para que possam ser asfaltadas
Quem também está animado com a chegada do asfalto na Urbis-III são os comerciantes, um deles disse. “Sem o asfalto, não dava nem gosto fazer nada. Quando chovia, a gente praticamente ficava ilhado, os clientes não entravam e o prejuízo era grande, agora estou até animado para reformar meu comércio”, comentou.

Moradores de outras regiões da cidade também devem escutar barulho de maquinários trabalhando em suas ruas. É que na próxima semana outras frentes de pavimentação devem começar em outros bairros de Itamaraju. (Por Athylla Borborema).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.