Header Ads

Congresso aprova liberação de recursos para o Fies

Crédito suplementar de R$ 1,1 bilhão foi aprovado, sendo R$ 702,5 milhões para o Fies
Após intensa mobilização do governo Michel Temer, o plenário do Congresso aprovou na tarde desta terça-feira (18/10) o projeto que autoriza a liberação de um crédito suplementar de R$ 1,1 bilhão para o Ministério da Educação, sendo R$ 702,5 milhões para o programa de Financiamento Estudantil (Fies). 

O ministro da Educação, o deputado licenciado Mendonça Filho (DEM-PE), compareceu pessoalmente ao plenário da Câmara onde realizava a votação a fim de garantir apoio para votar a proposta, que passou de forma simbólica (sem o registro de votos). A discussão do crédito para o Fies havia sido adiada por duas vezes devido à falta de quórum. 

Em razão disso, o governo já atrasou em três meses de repasses para as instituições de ensino superior cadastradas no programa, o que tem inviabilizado o funcionamento das universidades e a manutenção de estudantes que utilizam o financiamento público para cursar o nível superior. Dessa vez, contudo, os parlamentares da base aliada se mobilizaram para participar e votar da sessão conjunta. 

presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), também atuou para garantir a presença dos deputados e senadores e ainda ajudou o Palácio do Planalto ao anunciar a inversão de pauta para votar a proposta logo após a manutenção de três créditos presidenciais. Parlamentares da base e da oposição se dividiram em plenário com discursos favoráveis ao projeto. (Agência Brasil)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.