Header Ads

Polícia Civil concluiu inquérito e indicia dois pela morte do “Professor Jota” em Teixeira de Freitas

Bruno está preso e Igor encontra-se foragido
Após um longo trabalho de investigação policial e técnico, realizado pela Polícia Judiciária, chegou-se aos autores desse crime hediondo que chocou Teixeira de Freitas ocorrido em 8 de janeiro de 2015, no bairro Tancredo Neves:

Bruno dos Santos Vieira, o “Guélo” e Igor Alves Costa, vulgo “Igor Canário”, acabam se ser presos e indiciados por homicídio duplamente qualificado, tendo sido representado por suas prisões e após parecer favorável do Ministério Público (MP), foi decretada pelo Poder Judiciário de Teixeira de Freitas.

Além da Prisão Provisória decretada nesta investigação, os autores ainda têm contra eles outras Prisões Preventivas deferidas no curso de outros procedimentos que investigam crimes de homicídio e roubo, inclusive em outro estado.

Bruno Dos Santos Vieira, o “Bruno Guélo”, encontra-se preso, sendo isso possível em razão de um trabalho em conjunto da Polícia Civil da Bahia e de São Paulo (Botucatu), enquanto Igor Alves Costa, o “Igor Canário” está foragido.

A Polícia Civil pede a quem tiver informações sobre esse elemento que informe através do telefone 3291-0197 ou 3291-4090 e se preferir, pessoalmente na Sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas. (Da redação TN)


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.