Header Ads

Alerta: Criança vítima de meningite morre na UMMI em Teixeira de Freitas

Teixeira de Freitas: Nesta quinta-feira, 24 de novembro, veio a óbito na Unidade Materno Municipal Infantil (UMMI) a pequena Aclycia Victoria Souza Santos, de apenas 1 ano e 1 mês de vida. O óbito foi comunicado e registrado na Delegacia de Polícia Civil e apresentado ao delegado William Telles, que autorizou remoção do corpo da pequena. Na unidade vazou a informação que a criança poderia ter sido vítima de meningite.

O corpo de Aclycia foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, onde foi submetido à necropsia, para identificar a causa da morte. Nossa equipe de reportagem acompanhou o caso, e aguardou até o final da necropsia, que identificou que a causa da morte foi realmente meningite. Após exames, o corpo da pequena Aclycia Victoria foi liberado e entregue aos familiares, sendo encaminhado para São José de Alcobaça, distrito de Alcobaça, onde acontecerá o velório e o sepultamento.

O caso preocupa, pois, a meningite é grave, e acontece de duas formas: viral e bacteriana. A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro. Existem diversos tipos de meningite, e para cada uma delas há causa e sintomas específicos. A causa da meningite varia de acordo com o tipo. A mais comum das meningites é aquela causada por vírus, mas, há casos também da doença provocada por bactérias.

Menos comum, a meningite causada por fungos também pode surgir. A meningite viral pode ser causada por diversos tipos de vírus e é a forma mais comum e menos perigosa de meningite, pois, muitas vezes nem exige tratamento. Os vírus causadores da meningite podem ser transmitidos via alimentos, água e objetos contaminados e são mais comuns entre o fim do verão e o começo do outono.

A meningite bacteriana é a mais grave de todas. Ela ocorre geralmente quando a bactéria entra na corrente sanguínea e migra até o cérebro. Pode acontecer, também, de a doença ser desencadeada após uma infecção no ouvido, fratura ou, mais raramente, após alguma cirurgia. Existe mais de uma bactéria capaz de transmitir a doença. O caso é grave e medidas precisam ser tomadas.

Nossa equipe tentou contato com a Secretaria Municipal de Saúde, mas, não conseguimos. O IML de Teixeira de Freitas foi isolado e será submetido a procedimentos para evitar contaminação.  (Por: Rafael Vedra)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.