Header Ads

Cresce número de prefeitos baianos com as contas rejeitadas pelo TCM, Itanhém e Porto Seguro estão inclusos

Em apenas três dias, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA) rejeitou as contas de sete prefeituras baianas referentes ao exercício fiscal de 2015 dos respectivos gestores. 

Foram reprovadas em sessões plenárias da corte as contas das prefeituras de Itamari, Valença, Canavieiras, Rio Real, Governador Mangabeira, Seabra e Jeremoabo. Foram 10 rejeições em dez dias, incluindo os municípios de Baixa Grande, Jussari, Água Fria, Aiquara, Aporá, Aramari, Encruzilhada, Fátima, Itanhém, e Porto Seguro. 

Os motivos mais comuns que levam à rejeição são descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e gastos irregulares em procedimentos com dispensa de licitação, além de contratação irregular de pessoal. (TCM)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.