Header Ads

Justiça Federal nega pedido de suspensão e provas do Enem estão mantidas

A Justiça Federal no Ceará negou nesta quinta-feira (3) o pedido do Ministério Público Federal do estado de suspensão das provas do Enem marcadas para os dias 5 e 6 de novembro em todo país. Na decisão, de caráter liminar, a juíza Elise Avesque Frota diz que “apesar da diversidade de temas que inefastavelmente ocorrerá com a aplicação de provas de redação distintas, verifica-se que a garantia da isonomia decorre dos critérios de correção previamente estabelecidos”.

O MPF pediu a suspensão do ENEM em todo o país por conta da ocupação em escolas que vai adiar o exame para mais de 191 mil candidatos no Brasil. A nova data para estes alunos será 3 e 4 de dezembro. Para o MPF-CE, devido à teoria de resposta ao item, os candidatos farão prova com mesmo nível de dificuldade, mas a redação com temas diferentes trará um desequilíbrio para a seleção e vai ferir a isonomia do Enem.

Na Bahia, 29.810 inscritos no Enem tiveram suas provas adiadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), por causa das ocupações em locais de prova. A lista dos 304 locais por todo o Brasil – 42 na Bahia – onde as provas foram suspensas foi divulgada na tarde desta terça-feira (1). (Da redação TN)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.