Header Ads

Polícia prende “Pedro Negrão” ou “Pepe” acusados de traficar drogas e um é socorrido à UPA após engolir pedras de crack

Após um trabalho desenvolvido por agentes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), ambas com sedes em Teixeira de Freitas, foram presos na Rua Madagascar, bairro Ulisses Guimarães, dois indivíduos acusados de tráfico de drogas, inclusive um deles já vinha sendo monitorado após denúncias de moradores.

Primeiro os policiais civis, comandados pelo delegado Marco Antônio Neves, titular da DTE, foram ao número 84 da referida via pública, onde abordaram Pedro Passos dos Santos, de 31 anos, que inicialmente negou ser traficante. Mas no interior do imóvel os agentes apreenderam R$ 1.190,00 em espécie e notas fracionadas, além de 52 buchas de maconha que estavam enterradas no quintal. Também foram apreendidos alguns equipamentos sem notas fiscais, incluindo TV de 40 polegadas, três aparelhos celulares e um tablet, produtos que segundo a polícia podem ter sido trocados por entorpecentes.

Com a descoberta, Pedro Passos dos Santos, também conhecido como “Pedro Negrão” ou “Pepe”, recebeu voz de prisão. Logo depois os policiais deslocaram-se ao número 26 da mesma Rua Madagascar, endereço que também seria usado pelo traficante como “boca de fumo” ou para manter viciados consumindo drogas.

Nesse segundo imóvel os agentes encontraram um elemento e ao seu lado estavam duas pedras de crack. Logo depois ele começou a passar mal e ao ser questionado, informou que havia engolido algumas porções da droga, que é considerada uma das mais perigosas e viciantes do país. Como ainda não há entendimento policial se o acusado também é traficante ou apenas viciado, a reportagem optou em resguardar a sua identidade.

Minutos depois o “comedor de drogas” acabou sendo socorrido à Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA), onde permaneceu internado. Assim que apresentar melhora em seu quadro clínico o mesmo será levado à sede da DTE, onde prestará depoimento.

Em relação a Pedro Passos dos Santos, o “Pedro Negrão” ou “Pepe”, de 31 anos, ele foi ouvido pelo delegado Marco Antônio Neves e acabou indiciado por tráfico de drogas, com base no Artigo 33 da Lei 11.343/2006 e permanece preso à disposição da Justiça. 
(Por Ronildo Brito)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.