Header Ads

Vídeo: Professores comemoram com Campineira o novo índice do IDEB na educação de Itamaraju


O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em Itamaraju superou as expectativas, com os resultados divulgados este ano. Itamaraju atinge, mais uma vez, as metas projetadas pelo Ministério da Educação a partir de 14 Escolas Municipais. E, dessa vez, até superou o que o governo federal estipula para o município. O IDEB considera os alunos do 5º ano, antigas 4ª séries. As escolas itamarajuenses atingiram as metas necessárias. O resultado é importante para a educação em nível nacional, porque o índice apontado é medido por município e posteriormente forma o cenário nacional.

Os professores se reuniram na noite desta terça-feira (22/11), no Colégio Duque de Caxias, onde a diretora Elza Maria Prado Ramos “Elzinha” e suas companheiras recepcionaram o prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira” (PSD) e demais professores e dirigentes de escolas municipais. Onde dezenas de professoras fizeram uso da palavra e elogiaram o prefeito Campineira pela sua dedicação ao setor educacional nestes 7 anos de gestão e muitas delas se emocionaram ao descrever a trajetória do trabalho desenvolvido com o aval do chefe do Executivo Municipal. O prefeito recebeu das mãos da professora Valdiene Rodrigues Figueiredo, diretora da Escola Municipal Novo Prado, um belíssimo quadro que foi pintado por uma artista plástica de 13 anos, aluna da escola.
A secretária municipal de Educação de Itamaraju, Renilda Marques de Souza, a “Professora Nil” enfatizou que o desempenho obtido pelas escolas municipais é resultado do comprometimento de toda a equipe pedagógica e do prefeito Pedro da Campineira. “A educação do nosso município está num rumo certo graças ao trabalho de toda equipe, professores, coordenadores e do prefeito Manoel Pedro, que não mede esforços para que, a educação seja prioridade. Isso faz com que todos os nossos estudantes recebam uma educação de qualidade e os resultados estão chegando, nos deixando muito tranquilos”, disse a secretária.

O Centro Educacional de Itamaraju foi a Escola Municipal que recebeu a maior pontuação no IDEB (6.4) que era uma meta prevista para 2022 e já foi atingida em 2016. Para a diretora Valdinar Macedo, isso demonstra o compromisso assumido e requer um empenho ainda maior porque ter um índice bom é difícil, mas para mantê-lo se faz necessário um compromisso muito sério e de muita responsabilidade, tanto dos educadores, quanto do gestor municipal, para que seus alunos e a rede pública de ensino cheguem ao referido patamar.
Das 14 Escolas Municipais com os índices elevados em Itamaraju, está a Escola Duque de Caxias que sempre foi uma referência no município e que este ano já superou as metas previstas para 2021. A Escola Duque de Caxias obteve o índice de 5.8, enquanto que a meta para 2016 bastava ser 3.8 e para 2021 é 5.7. “Esse resultado reflete o trabalho e a dedicação de todos os profissionais do município, desde os diretores das escolas, coordenadores e professores, assim como da equipe administrativa, que não tem medido esforços para colocar a educação de Itamaraju em melhores patamares. Estamos muito felizes com o resultado”, festejou a professora Elzinha, diretora do Colégio Duque de Caxias.

Em 2013, a Secretaria Municipal de Educação de Itamaraju já havia começado a festejar o resultado alcançado por 17 Escolas Públicas Municipais, em notas referenciais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, que mede a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino.

Conforme o prefeito Pedro da Campineira, a meta das escolas de Itamaraju em 2011 era de 3,4 pontos, mas foi alcançado em 2012 uma média de 3,8, superando a meta almejada. Sendo que em 2013, 17 Escolas Públicas Municipais de Itamaraju pontuaram no IDEB e a Escola Municipal Duque de Caxias foi a maior referência da educação municipal na avaliação do IDEB, que obteve na ocasião, nota média de 4,9. Campineira explica que quanto maior for a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será a sua classificação.

“Nós conseguimos, nos últimos anos, se destacar na qualidade da educação, por que tivemos a coragem de fazer valorizar os profissionais da educação, onde inserimos professores de qualidade para trazer uma melhor educação para o nosso povo. Melhoramos a merenda escolar, colocamos ônibus para transportar os alunos e, investimos na construção de creches e novas escolas públicas, reformamos todas elas e ampliamos a maioria. Todo o nosso investimento e dedicação resultaram na mais destacada pontuação que o setor da educação itamarajuense acaba de conquistar para o bem de todos e para o futuro dos nossos alunos. Hoje o professor em Itamaraju possui identidade e qualificação”, festejou o prefeito Pedro da Campineira.
O levantamento é elaborado com dados do Ministério da Educação (MEC). A pesquisa levanta por município do Brasil o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB das Redes Federal, Estadual, Municipal e Pública. O IDEB foi criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP, com o objetivo de medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino no país.

O IDEB é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo INEP. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), para os estados e o país, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo IDEB são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo único de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos. 
(Por Athylla Borborema).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.