Header Ads

Polícia Civil de Itamaraju procura acusado de assassinar “Joaquim Capeta”

Na manhã desta segunda-feira, dia 13 de fevereiro, o delegado Bernardo Marques, adjunto de Itamaraju, disse ao Teixeira News que a Polícia Civil está mobilizada para prender um homem de prenome Gean, também conhecido por “Mineirinho”, acusado de assassinar “Joaquim Capeta”, um trabalhador rural morto a tiros no interior do município.

O crime aconteceu na segunda-feira, dia 2 de janeiro de 2017, numa propriedade rural localizada próxima ao distrito de Nova Alegria, interior de Itamaraju. Os autores do assassinato teriam sido dois criminosos que invadiram a fazenda onde a vítima morava e no corpo do trabalhador rural foram constatadas seis perfurações de arma de fogo.

Na madrugada de quinta-feira, dia 12 de janeiro, por volta das 3h30, investigadores da Polícia Civil de Itamaraju, junto com o delegado Bernardo Marques, se dirigiram em sentido a Nova Alegria, para buscar informações acerca do assassinato.

No local, após diversas diligências, a equipe se deslocou ao encontro de um suspeito de vulgo “Gago de Nova Alegria”, visando a condução do mesmo para prestar esclarecimentos. Na residência do suspeito foram apreendidos duas espingardas, diversas munições calibre 32 deflagradas e outras intactas, além de vários documentos CRLVs e muitas chaves de veículos. No quintal do imóvel, existiam diversas carcaças de veículos e uma motocicleta com numeração do chassi raspada, levando-se a crer que ali havia um desmanche.

Segundo o delegado Bernardo Marques a munição usada no homicídio do trabalhador rural conhecido por “Joaquim Capeta”, também foi de calibre 32, aumentando ainda mais a suspeita que “Gago” poderia ter envolvimento com o crime.

Inicialmente “Gago” foi indiciado por posse ilegal de arma de fogo e após sua prisão, surgiu a informação sobre a possível participação de Gean, o “Mineirinho” na morte do trabalhador rural. Gean está foragido.

20 dias sem homicídios


Também nesta segunda-feira (13), o delegado Bernardo Marques relatou à reportagem que o trabalho de combate ao crime vem surtindo efeito em Itamaraju, tanto que o município está há 20 dias sem registrar qualquer assassinato. (Por Ronildo Brito)


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.