Header Ads

Rodeios e Vaquejadas: Senado aprovou PEC que libera realização de eventos

Brasil: O Senado aprovou na última terça-feira, 14 de fevereiro, em dois turnos, a PEC 50/2016, que autoriza a realização de Vaquejadas e Rodeios no Brasil. A medida foi votada durante a tarde e foi aprovada no segundo turno, com 53 votos favoráveis, 09 contrários e 02 abstenções.

A PEC, de autoria do senador baiano, Otto Alencar (PSD-BA), recebeu 28 assinaturas, entre elas dos colegas baianos Roberto Muniz (PP) e Lídice da Mata (PSB). “A gente precisa aperfeiçoar essa atividade da vaquejada – geradora de emprego e renda, e discutir o que é cuidar do bem-estar animal, sem negar a possibilidade de uma manifestação cultural”, defendeu Muniz.

“Pior que derrubar um boi é derrubar o preconceito contra a cultura do Nordeste”, afirmou o senador Roberto Muniz, em seu discurso de defesa da proposta. Ele se mostrou preocupado “com o desprezo que a cultura urbana tem com o meio rural”. Após votação em dois turnos, a Emenda Constitucional já pode ser apreciada pela Câmara dos Deputados.

O assunto que gerou muita polêmica, foi tema de discussões, já que são eventos de grande admiração e aceitação popular, mas, também existem os órgãos que são contra a prática e realização dos eventos, por dizer que existe exploração e maus tratos aos animais.

Rodeios e vaquejadas, que são eventos frequentes e geralmente ligados ao interior dos estados, fez e fazem parte da cultura de diversos estados. Ong's de preservação e proteção animal emitiram nota de repúdio pela aprovação da PEC, que foi comemorada pelos fãs e amantes dos eventos. Agora é aguardar cenas e decisões dos próximos capítulos. (Por: Rafael Vedra)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.