Header Ads

Jovem que achou macaco contaminado é vacinada contra febre amarela

Deiseane Moutinho achou macaco agonizando e levou para casa
Xando Pereira /Ag. A TARDE
A estudante Deiseane Moutinho, 18, que encontrou um dos quatro macacos infectados pela febre amarela na cidade, foi vacinada nesta quinta-feira, 30, contra a doença.

Ela foi imunizada às 11h desta manhã em um posto improvisado na igreja Assembleia de Deus do conjunto Laura Catarino, na Vila Laura.

Deiseane disse que estranhou o fato de não ter sido imunizada logo pelos primeiros agentes de saúde que entraram em contato com ela. No posto, a jovem foi informada que o fato de ela ter tido contato com o animal infectado não apresenta risco de contaminação, já que o animal não transmite a doença para humanos. A contaminação da febre amarela acontece por meio da picada do mosquito.

Vacina


"As pessoas da minha rua estão todas descendo para se vacinar", relatou a estudante, em meio a cerca de 130 pessoas que enfrentaram o mau tempo em busca da imunização.

A jovem explica que achou o mico no dia 9 deste mês e resolveu levá-lo para casa porque o sagui estava agonizando. O animal acabou morrendo no dia 17 deste mês após ser entregue para a Polícia Ambiental. O órgão realizou exames e confirmou que o macaco estava contaminado.

Deiseane já tinha um sagui de estimação chamado Wico, de 8 meses, que morreu duas semanas antes de ela achar o outro macaco doente.

Após o fato, a estudante contou que a Vila Brasil, onde ela mora, recebeu a visita do carro do fumacê na segunda-feira, terça e quarta desta semana. Agentes de saúde também estiveram em sua residência, dando orientações. (A tarde)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.