Header Ads

"Abraãozinho" e dois membros do PCC são presos no Paraguai com armas, celulares e dinheiro

Paraguai: Nas últimas semanas uma ação da Polícia de Investigação Criminal do Paraguai culminou na prisão de dois suspeitos que segundo a Polícia são integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e de um indivíduo apontado como um dos maiores traficantes do Sul da Bahia, que tem sua área de atuação em Teixeira de Freitas, Nova Viçosa, Mucuri, Posto da Mata e Itabatã. A prisão aconteceu por volta das 17h00, no Bairro Boqueron II, em Ciudad del Este, e os acusados foram presos quando transitavam em dois carros, sendo 01 VW/Gol, branco, placa policial CEK 059 e 01 Audi, cinza escuro, sem placa.
Os suspeitos foram identificados como sendo Antônio Abraão da Silva, 28 anos de idade o vulgo "Abraãozinho"; José Félix da Silva e Rovilho Alekis Barboza, o vulgo "Bilão", que possui um mandado de prisão em seu desfavor em aberto no Brasil, por tráfico de drogas. Com os acusados foram encontrados, além dos veículos já citados, 01 revólver calibre 38 municiado com 05 cartuchos; 01 pistola "Ponto 40" e dois carregadores; um com 08 munições e outro com 12; 01 Câmera digital profissional; 18 aparelhos celulares e mais de US$ 60.000 (sessenta mil dólares).
Segundo a Polícia do Paraguai, o trio é suspeito de fazer parte do PCC, e estariam no país comprando drogas e armas. Os veículos e todos os materiais citados foram conduzidos e apresentados na sede da Polícia de Alto Paraná. Ministério Público foi acionado e também acompanha o caso. A Polícia paraguaia segue investigando o trio e outros comparsas que podem estar no país. (Por: Rafael Vedra)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.