Header Ads

Itamarajú: Ex presidente da Câmara, Chico do Hotel, poderá ser cassado por corrupção e quebra do Decoro.

É aguardada para a próxima sessão da câmara Vereadores de Itamaraju uma grande mobilização popular por conta das denúncias protocoladas no último dia 12/04 na Secretaria da Câmara, no Ministério Público e no Tribunal de Contas dos Municípios. Dentre as irregularidades, Chico do Hotel teria emitido cheques da própria Câmara sem a devida provisão de fundos, que foram devolvidos pela instituição bancária.

No documento de 26 páginas com o título de “DENÚNCIA COM PEDIDO DE INSTAURAÇÃO DE COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO”, os membros do grupo “Fiscaliza Itamaraju” apresentaram comprovação de graves irregularidades cometidas pelo ex presidente da Câmara, Francisco Carlos Barbosa Silva, o “Chico do Hotel” (PP). Ainda segundo a denúncia, Chico do Hotel e sua equipe de contabilidade, coordenada por Stanislau Matos de Castro, teriam falsificado extratos bancários para “maquiar” as contas e ocultar os atos ilícitos praticados.
O embasamento da denúncia trás ainda citações de leis e supostos crimes cometidos por Chico, que vão desde Estelionato, peculato, falsificação de documento público, corrupção ativa e passiva, improbidade administrativa e, não menos importante, a quebra de Decoro Parlamentar, que deverá tirar-lhe o mandato e mais investigações no Tribunal de Contas, Polícia Federal, Polícia Civil e Ministério Público. O documento também trás um relatório emitido pelo Controlador da Câmara de Itamaraju, apontando emissões de cheques da câmara “pré datados”, sem a devida provisão de caixa e muito menos lançados na contabilidade da casa legislativa, desrespeitando gravemente a Lei de Responsabilidade Fiscal.
Até o presente momento nem o atual presidente, Chico Jiló, nem o ex, Chico do Hotel, se pronunciaram sobre o assunto. Mas aguarda-se que, como previsto no Regimento Interno da Câmara, a leitura da denúncia seja feita na próxima sessão, que ocorrerá dia 18/04 (terça feira) às 19:30 horas. Advogados especialistas na área ouvidos por nossa reportagem dão como certa a cassação de Chico do Hotel, que, segundo fontes ligadas ao ex presidente, avalia até renunciar ao cargo para evitar o processo de cassação.
Com o afastamento do ex presidente da câmara, ocupará a cadeira o Administrador e Produtor Cultural, Juniex Santos que ficou na primeira suplência, tendo recebido 343 na sua estreia no cenário político local. Ele também é conhecido por ter grande influência em movimentos culturais em todo o Estado, e goza de grande credibilidade nessas instituições públicas e privadas graças ao trabalho realizado enquanto esteve na Secretaria de Cultura do Estado, conseguindo um investimento recorde na cultura do Extremo Sul nesse período. Juniex também é coordenador do Núcleo Técnico do Codeter. (Por: Noticia10)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.