Header Ads

TJ imortaliza o desembargador João Pinheiro ao inaugurar novas instalações do Fórum dos Juizados de Teixeira de Freitas


O Fórum do Sistema dos Juizados Especiais da Comarca de Teixeira de Freitas foi reinaugurado na manhã desta quinta-feira (27/04), após o prédio ter sido todo revitalizado e recebido novas mobílias. A inauguração contou com a presença da 1ª vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria da Purificação da Silva e do coordenador estadual dos Juizados Especiais, juiz Paulo Chenaud. O anfitrião do evento foi o juiz Marcus Aurélius Sampaio, titular da 2ª vara e diretor do Fórum do Sistema dos Juizados Especiais da Comarca.

O ponto alto do evento foi à homenagem feita ao desembargador aposentado João Pinheiro de Souza que teve o seu nome imortalizado no Fórum do Sistema dos Juizados Especiais da Comarca de Teixeira de Freitas. No ano de 2007, o desembargador João Pinheiro que acompanhou toda cerimônia que lhe homenageou, já havia recebido um titulo de cidadão honorário do Poder Legislativo. Ele foi o juiz que instalou a comarca judiciária de Teixeira de Freitas no ano de 1987, quando por ocasião da cerimônia de instalação, compareceram 25 dos 27 desembargadores da época (atualmente o Tribunal de Justiça da Bahia é composto por 54 desembargadores). Durante a homenagem um dos serventuários mais antigos da comarca, o oficial de cartório Benedito Trindade dos Santos, o “Bené do Cartório”, descreveu a biografia do desembargador João Pinheiro.

Compuseram a mesa com a desembargadora Maria da Purificação da Silva (1ª vice-presidente do TJ), o desembargador aposentado João Pinheiro (homenageado); o prefeito Temóteo Alves de Brito (PSD); o presidente do Poder Legislativo, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa (PR); o juiz Paulo Chenaud (coordenador estadual dos Juizados Especiais); o juiz Marcus Aurélius Sampaio (diretor do Fórum João Pinheiro e titular da 2ª vara do Sistema dos Juizados Especiais da Comarca); o promotor de justiça João Batista Madeiro Neto (titular da 6ª Promotoria da comarca e coordenador regional do Ministério Público); e a advogada Goretti Martins (presidente da subseção da OAB).Além de vários juizes da região, advogados, serventuários e diversas outras autoridades da comunidade jurídica se fizeram presentes à solenidade, mas antes de tudo, assistiram a uma apresentação da orquestra 9 de Maio, regida
 pelo maestro Orley Silva.
A desembargadora Maria da Purificação da Silva disse que as novas instalações do Fórum João Pinheiro trazem a notoriedade dos juizados especiais que tem proporcionado diversas inovações e esperanças a inúmeras pessoas que tem optado pela referida esfera jurisdicional. “E também estamos aqui para referendar e reconhecer esse trabalho extraordinário que foi implantado há 30 anos pelo desembargador João Pinheiro que com tanta maestria exerceu seu papel que hoje está sendo reconhecido numa linda homenagem pela comunidade jurídica e política de Teixeira de Freitas, com seu nome sendo imortalizado nos anais da sociedade teixeirense”, festejou a 1ª vice-presidente do TJ/BA, Maria da Purificação da Silva.
O desembargador João Pinheiro destacou a emoção em receber a homenagem, que leva o seu nome a unidade do Sistema dos Juizados Especiais da Comarca de Teixeira de Freitas. “O nome do patrono da homenagem engrandece, mas cobra do homenageado, de quem requer fidelidade aos princípios maiores do que as regras. Recebendo esta homenagem passa um filme na cabeça e me faz lembrar as dificuldades que enfrentávamos naquela época tão distante. Concluo que viver não é perigoso. Todos vivem, ou sobrevivem, a ventos e tempestades. Conviver, sim, é perigoso. Mas penosa e desgastante, a convivência com diferentes ou desiguais enobrece o vivente, e nos faz um convite à maturidade”, refletiu o homenageado.
A presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, também esteve na região na tarde desta quinta-feira (27/04) para receber uma homenagem da Câmara Municipal de Porto Seguro. O Poder Legislativo a elegeu filha da terra máter do Brasil com um Titulo de Cidadã Honorária de Porto Seguro. (Por Athylla Borborema).


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.