Header Ads

Cerca de 450 índios de Prado e região vão acampar na AL-BA para cobrar demarcação de terras

Na tarde deste domingo (28), começaram a chegar na Assembleia Legislativa da Bahia os primeiros índios que montarão um acampamento no estacionamento da Casa nesta segunda (29). Cerca de 450 índíos de diversas tribos estarão no local para cobrar a demarcação de terras indígenas e para debater a conjuntura política.

A ação faz parte do Acampamento dos Povos Indígenas no estado, que acontece até o dia 31 e terá debates sobre território, conjuntura, direitos e política indígena no Brasil. Na última sexta (26), lideranças dos povos Pataxó e Payayá tiveram um encontro mediado pelo deputado Marcelino Galo (PT) com o presidente da ALBA, deputado Ângelo Coronel (PSD).

Na pauta da audiência, além de apoio à demarcação de terras, eles também trataram da educação indígena e da estrutura de apoio para o Acampamento dos Povos Indígenas no estacionamento do parlamento baiano, onde pretendem se instalar representação de 143 comunidades e 22 etnias dos quase 57 mil índios no estado. Participaram da reunião cacique Mucugê e as lideranças Katicoco e Mandi, do Prado, cacique Payayá, de Utinga e o coordenador do Mupoiba, Kanru, Pataxó de Coroa Vermelha. (Por: Prado Online)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.