Header Ads

Geovane é assassinado com 7 tiros de pistola 380 no Bairro Uldurico Pinto, em Medeiros Neto

Na noite deste sábado (27), os moradores da Rua Nigéria e da Rua 01, do Bairro Uldurico Pinto, em Medeiros Neto, viveram momentos de terror e aflição.

Por volta das 21 horas, um homem foi brutalmente assassinado, com requintes de crueldade, dentro de sua casa. O crime aconteceu na Rua Nigéria, Bairro Uldurico Pinto, parte alta da cidade. Geovane Santos Pinto, de 28 anos, foi executado enquanto dormia com 07 tiros de pistola calibre 380, todos na cabeça. No local, a polícia encontrou os 07 estojos espalhados próximo a cama onde o corpo estava.

De acordo com informações, durante o dia, Geovane teria se envolvido em uma confusão com outras pessoas, ainda não identificadas. A polícia acredita que ele estava esperando alguma visita indesejada à noite, pois o mesmo estava com uma faca na cintura.

O corpo de Geovane Santos foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, onde será necropsiado e liberado aos familiares para velório e sepultamento. Um inquérito policial foi instaurado
Confusão
Minutos após o assassinato de Geovane, quatro homens, que passavam pela Rua 01 do referido Bairro, abordaram pessoas de uma família que participavam de um churrasco. 
Alterados, começaram a perguntar ao pessoal "qual era o problema?”; como ninguém respondeu nada, um deles sacou a arma e atirou pra cima, o que fez com que todos fugissem para dentro de suas casas. 

O homem ainda disparou contra a porta de um veículo Fox, placa NTF 4544 / Teixeira de Freitas, que estava estacionado e, em seguida, com pedras e barras de ferro, eles destruíram parcialmente o veículo.

Conforme informações dos moradores, o homem com a arma era alto, magro e usava uma blusa rosa, o segundo trajava blusa cinza, terceiro estava de blusa azul.

Um boletim de ocorrência será registrado e o Delegado William Teles vai investigar, tanto o caso da morte de Geovane, quanto o caso dos vândalos que destruíram o carro, e se ambos têm ligação. Ninguém foi preso. (
Por Jan Santos)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.