Header Ads

Teixeira de Freitas: Ex-gestor e ex-candidato a vice são condenados pela segunda vez

Atendendo ao pedido do Ministério Público Estadual (MP-BA), a justiça condenou nesta última segunda-feira (22), pela segunda vez no mês, o ex-prefeito e o ex-candidato a vice de Teixeira de Freitas, João Bosco Bittencourt e Tomires Monteiro, respectivamente, a inelegibilidade por oito anos contados a partir de 2016. A decisão que se deu por conta do abuso de poder político cometido durante campanha do ano passado, em que João Bosco teria distribuído, nas casas de moradores do bairro Liberdade II, 147 títulos para regularização fundiária de imóveis.

A ação irregular foi uma antecipação do programa “Escritura Legal” e, de acordo com o promotor de Justiça Fábio Fernandes Corrêa, a distribuição gerou expectativa de recebimento do documento para outras mais de 1,6 mil pessoas. O promotor explicou que os títulos foram datados em outubro de 2016, em período posterior ao pleito, numa tentativa de disfarçar a verdadeira data de entrega dos documentos.

No início do mês, João Bosco e seu candidato a vice, Tomires Monteiro, foram condenados a ilegibilidade por uso indevido de recursos públicos para autopromoção publicitária durante a campanha. (Informações: Bahia Notícias)



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.