Header Ads

Corpo de jovem morta a tiros em frente aos vizinhos é enterrado em Simões Filho

Daniela Santos Melo, 26 anos, participava de uma festa de São João no conjunto habitacional onde morava; ex-companheiro é suspeito pelo crime

Daniela Santos Melo foi morta na frente dos vizinhos. O ex-companheiro dela, identificado como Gilmar, é suspeito de ter cometido o crime (Foto: Acervo Pessoal)
Foi enterrada na manhã deste domingo (25), no Cemitério São Miguel, em Simões Filho, o corpo de Daniela Santos Melo, 26 anos. A jovem foi morta a tiros enquanto participava de um festejo de São João ao lado do prédio onde morava, no Conjunto Parque Universitário II, que fica no Residencial Vida Nova, na cidade da Região Metropolitana de Salvador. O crime aconteceu na madrugada de sábado (24), por volta de 1h30, em frente aos vizinhos, que também participavam da festa.

De acordo com um dos vizinhos, que preferiu não se identificar, Daniela comemorava o São João ao lado de outros vizinhos em uma festa organizada por eles. Lá também estava o ex-companheiro dela, identificado apenas como Gilmar. Durante a festa, ele teria sacado uma arma e atirado na ex-mulher, atingindo Daniela no peito. Outro vizinho, que também estava na festa, chegou a socorrer a vítima para o hospital municipal da cidade, mas ela não resistiu ao ferimento e morreu.

Segundo uma vizinha, Daniela e Gilmar brigavam muito, pois ele era muito ciumento. "Teve um dia que eu tive que bater no apartamento deles pedindo para pararem porque eu queria dormir", conta. Ainda segundo a vizinha, que preferiu o anonimato, eles já não estavam mais morando juntos, mas Gilmar aparecia com frequência para visitar a ex e o filho. O garoto não estava na hora do assassinato, pois tinha ido dormir cedo.

Ainda de acordo com ela, Gilmar participava da festa desde cedo e não houve briga antes do crime acontecer. "Estava todo mundo aqui, os meninos todos, dançando, bebendo, se divertindo. Não sei como isso foi acontecer", relata. Ela lembra que a última briga do casal de que se recorda aconteceu há cerca de um mês.

Na confusão gerada, outro vizinho não identificado, teria tentado ajudar Daniela e foi atingido com um tiro no pé por Gilmar. Daniela trabalhava na AVON e estava de férias do trabalho.

Depois do crime, Gilmar fugiu. O caso está sendo investigado pela 22ª Delegacia de Simões Filho.

Feminicídio

Outra mulher foi morta pelo companheiro, neste fim de semana, em Lauro de Freitas. A aposentada Vanucia dos Santos, 48 anos, morreu depois de ser esfaqueada dentro de casa. Depois de cometer o crime, o marido, o mecânico José Cosme Alves de Brito, 51, foi espancado por populares dentro do condomínio Elis Regina. José foi socorrido pela Polícia Militar para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região e depois transferido para o HGE, onde está custodiado. (Correio)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.