Header Ads

PM dá “bote” em pousada e prende trio com armas e droga em Itamaraju; um confessa assalto em Conquista

Na manhã deste último sábado, dia 1º de julho, a central de comunicação da 43ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itamaraju (CIPM), recebeu informação através do telefone 190, dando conta que três homens suspeitos estariam hospedados numa pousada da cidade, possivelmente planejando algum crime.

Com a informação uma guarnição acabou sendo designada ao estabelecimento comercial e lá abordou Henrique Santos Ferreira e Edimar dos Santos, moradores de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, além de Geovane Almeida Freitas, que disse residir na Urbis II, em Ilhéus. Em poder do três os militares encontraram uma certa quantidade de maconha.

Ainda mais desconfiados os policiais resolveram fazer buscas nas bolsas, bem como no veículo Hyundai Tucson que o trio usava, quando apreenderam cinco aparelhos celulares, um relógio dourado, um cartão de banco em nome de uma mulher, R$ 631,00 em espécie, além de dois revólveres, sendo um calibre 38, com numeração suprimida e um calibre 32, com a numeração desgastada, seis cartuchos calibre 38 e nove calibre 32. As armas estavam escondidas dentro do carro.

Após a descoberta os três acusados acabaram sendo conduzidos e apresentados ao plantão da 8ª Coorpin, que concentra as ocorrências regionais durante os finais de semana. Após as oitivas, Geovane e Edimar foram indiciados por crime de posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, enquanto Henrique terminou enquadrado por posse de arma, tráfico e por um assalto, que ele confessou ter cometido na cidade de Vitória da Conquista.
Durante o seu depoimento à Polícia Civil, Henrique Santos Ferreira, de 20 anos de idade, morador da Travessa Guanambi, em Vitória da Conquista, contou que já havia sido preso por roubo e pelo crime cumpriu pena de 8 anos em regime fechado. Os três permanecem custodiados à disposição da Justiça. (Da redação TN)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.