Header Ads

Dupla acusada de matar quatro pessoas nos últimos meses é presa em Porto

PORTO SEGURO: Dois homens acusados de vários homicídios ocorridos recentemente em Porto Seguro foram presos pela equipe de investigação da Polícia Civil, na quinta-feira (28), no bairro Mirante Caravelas, em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelo juiz titular da 1ª vara Crime, André Marcelo Strogenski.

De acordo com o delegado titular da 1ª Delegacia Territorial, Marcelo Paiva, Wesley Luís Nascimento Silva, mais conhecido como Diamante, de 19 anos e Ronnielyson Monteiro de Alcântara, o Roni, de 27 anos, são apontados como autores do assassinado do mototaxista Bruno Pereira da Silva, de 28 anos, baleado em frente a sua casa, no bairro Mira Porto, na madrugada do último dia 22.

“Eles já estavam sendo monitorados há alguns dias pela equipe do Setor de Investigações. Com o aumento do número de homicídios, as investigações foram intensificadas no sentido de identificar os autores. E eles apareceram como uns dos principais suspeitos e surgiram provas que viabilizaram as prisões”, destacou o delegado.

Marcelo informou ainda que a dupla também é suspeita da morte dos primos Patrick Silva Pereira, de 19 anos e Gustavo Terra Pereira, de 17 anos, cujos corpos foram encontrados no banco de trás de um carro abandonado na localidade conhecida como Mata do Sapoti, no dia 31 de julho deste ano. Wesley é acusado ainda de ser um dos autores do assassinato brutal de Gabriel Gomes Silva, de 21 anos, no dia 17 de julho deste ano, no bairro Mira Porto.

A vítima foi perseguia por três homens encapuzados. Seu corpo foi encontrado com marcas de tiros e sinais de espancamento. O delegado informou que os acusados fazem parte de uma facção criminosa e costumam traficar drogas. “Eles são extremamente violentos. Roni é muito temido pela população. Há relatos de que ele hostiliza qualquer um que olhe pra ele”, destacou Marcelo Paiva, informando ainda que Roni teria cometido vários homicídios antes de ser preso em 2014. “Roni, inclusive, é suspeito da morte de duas mulheres.

Depois de solto, voltou a atuar na cidade de Porto Seguro, até ser preso na data de hoje (quinta-feira)”, informou o delegado, ressaltando que Roni e Diamante estão sendo investigados por outros homicídios.  (Fonte: Radar64)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.