Header Ads

Líder de quadrilha de roubo de carros no ES morre em confronto com a RONDESP em Teixeira

Teixeira de Freitas: Na noite desta segunda-feira, 18 de setembro, policiais militares da RONDESP Sul se apresentaram na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas para comunicar uma morte por intervenção policial (resistência), cujo indivíduo identificado como sendo, Roberto da Silva Oliveira, 29 anos de idade, morreu em confronto com a guarnição da RONDESP.

Segundo informações da polícia, a guarnição recebeu a comunicação através do COPOM que um veículo Saveiro, de cor prata, placa policial GUL 1916, havia sido furtado na cidade de Mucuri/BA, e estava transitando pela BR 101, passando pelo Trevo de Teixeira e Freitas, sentido à Itamaraju. A guarnição, então, passou a seguir o roteiro do veículo, alcançando-o.

Os militares, ao avistarem o veículo, ligaram a sirene e deram ordem de parada ao motorista, que, ignorando a ordem, acelerou e seguiu em fuga. Segundo a guarnição, a perseguição se estendeu por uns 05 quilômetros, quando a guarnição se viu obrigada a atirar nos pneus para ver se o fugitivo parava o veículo. Assim, o criminoso abandonou o veículo e se embrenhou no mato.

Ao parar o automóvel, o suspeito já saiu do carro atirando contra a guarnição, que revidou a injusta agressão. Mesmo no mato, o suspeito continuou atirando até cessar fogo. Foi quando os militares procuraram por ele no matagal e o encontrou ferido, ainda com vida. Imediatamente a guarnição o socorreu ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas, o suspeito veio a óbito.
Como o suspeito ferido estava um revólver calibre 38, com 05 capsulas deflagradas e uma carteira contendo documentos pessoais e um Alvará de Soltura da Comarca de Barra de São Francisco/ES, datado de 11/01/2017. O acusado foi preso em dezembro de 2016, juntamente com outros 04 comparsas, acusado de fazer parte de uma quadrilha especializada em roubo de carros.

A quadrilha foi presa em Boa Esperança, no Noroeste do Espírito Santo, com três veículos, além de chaves 'especiais' para furtos, aparelhos de som, documentos de veículos, celulares e outros materiais. Segundo a polícia, o Roberto liderava o bando que agia no Espírito Santo, Minas e Bahia. O corpo do Roberto foi removido ao IML, onde será necropsiado nesta manhã de terça-feira (19), sendo liberado aos familiares na sequência.

(Por: Edvaldo Alves)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.