Header Ads

Nova Viçosa sediará o 5º Festival das Baleias e o 3º Simpósio do Mar em 2018

Nova Viçosa é a próxima cidade a sediar o 5º Festival das Baleias e 3º Simpósio do Mar que devem ocorrer em setembro de 2018. A decisão saiu na tarde deste último sábado (09/09) durante uma cerimônia na Câmara Municipal de Prado no penúltimo dia do 4º Festival das Baleias da cidade do Prado com uma agenda de 5 dias de intensa programação musical, gastronômica e cientifica com a participação de renomados palestrantes e com a presença de importantes nomes públicos do Estado.

O prefeito Manoel Costa Almeida, o “Manoelzinho” (DEM), celebrou pessoalmente a escolha de Nova Viçosa para sediar o evento em 2018. O prefeito Manoelzinho estava acompanhado da sua secretária Municipal de Turismo, Lucenilde Maria da Silva Araújo Fernandes, a “Dona Lu”; secretária Municipal de Educação, Jessyluce Cardoso Reis; secretária Municipal de Assistência Social, Eunice Costa Almeida; o secretário Municipal de Relações Institucionais, Helielson Santos Neves e diversos outros servidores da sua equipe.


O evento em Prado contou com a presença do secretário de Estado do Meio Ambiente da Bahia, o sociólogo José Geraldo dos Reis Santos. A programação do Festival das Baleias em Prado teve uma série de atividades culturais, entre elas, feira de artesanato, apresentações de artistas locais e shows da banda Estakazero, DJ Leandro Rallo e da cantora Clariana Fróes. Os shows se realizaram na Arena Jubarte, localizada na Praça da Matriz. O evento promoveu atividades culturais e debates científicos em torno da preservação marinha no extremo sul da Bahia por meio do Simpósio do Mar (evento científico integrado a programação do Festival).

Conforme a prefeita Mayra Brito (PP), o festival das Baleias é um evento de cunho sócio ambiental, multidisciplinar e multisetorial, que debate sobre meio ambiente marinho, assunto que o município de Prado tem discutido de forma pioneira no Nordeste do Brasil. Além do Simpósio do Mar realização em parceria com o instituto REDEMAR e a Universidade Estadual da Bahia, que inseriu ainda o Off Road Jubarte de Sustentabilidade com replantio de mudas em locais estratégicos, passeios de Avistamento das Baleias para alunos do ensino médio e para centenas de convidados, doação de alimentos arrecadados dos participantes do Off Road para instituições filantrópicas, feira de artesanato, exposição fotográfica e a participação do Parque Nacional Marinho de Abrolhos com ações educacionais nas escolas municipais.
O prefeito de Nova Viçosa, Manoel Costa Almeida, o “Manoelzinho” disse que recebe com satisfação a missão de sediar o festival das Baleias em 2018 com o apoio do Instituto RedeMar, Bahiatursa e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, quando terá como principal alvo, gerar o fluxo turístico para aquecimento da economia local e fomentar o turismo de avistamento das baleias, que com certeza tem grande potencial e condições únicas para seu desenvolvimento, que são, equipamentos de hospedagem e de alimentação preparados para atender com excelência turistas de todas as partes do Brasil, levando em consideração que as jubartes são as únicas baleias que cantam e cada macho tem um canto próprio, portanto, a música de forma alguma poderá faltar no 5º Festival das Baleias em Nova Viçosa e, assim sendo, já começa a trabalhar para fortalecer o evento com grandes nomes da música nacional.

O secretário de Estado do Meio Ambiente na Bahia, José Geraldo dos Reis Santos, disse que a escolha de Nova Viçosa para sediar a próxima edição do Festival das Baleias se justifica pela história e localização privilegiada numa tríplice fronteira de estados, com praias paradisíacas, com falésias, recifes de corais e áreas propícias para mergulho e avistamento de baleias jubartes. “Nova Viçosa já realiza todos os anos a sua própria Festa da Baleia e em 2018 sediará o Festival das Baleias na Bahia e se tornará a capital da baleia jubarte, que é uma região propícia ao acasalamento das baleias dessa espécie que vêm para essas áreas litorâneas de águas calmas e mornas, para se hospedar temporariamente, procriar e amamentar seus filhotes”, salientou o secretário de Meio Ambiente Geraldo Reis.

O prefeito Manoelzinho ainda reforça a preocupação com a conservação da vida marinha, propondo a união de instituições públicas e privadas, de pesquisadores, educadores, estudantes e da sociedade civil em torno do debate sobre a situação dos ecossistemas na zona costeira e marinha e da conscientização sobre a importância da realização de ações pela preservação ambiental. No 5º Festival das Baleias em 2018 na cidade de Nova Viçosa, serão programadas mesas redondas e palestras de pesquisadores e ativistas ambientais durante o 3º Simpósio do Mar que ocorrerá simultaneamente ao Festival das Baleias, num reforço a discussão sobre os fatores que influenciam na erosão marinha no litoral da Costa das Baleias e no avanço das marés.
A secretária municipal de Turismo de Nova Viçosa, Lucenilde Maria da Silva Araújo Fernandes, a “Dona Lu”, lembra que Nova Viçosa é a cidade com maior número de destinos para a observação das baleias Jubarte, que proporcionam anualmente, de julho a novembro, um belo espetáculo de acrobacia. Por isso, segundo ela, é fundamental que existam eventos que conscientizem a população sobre a importância da preservação e a manutenção do turismo de observação desses mamíferos. A secretária Lu Araújo destaca que, durante o período do Festival das Baleias, acontecerão diversas oficinas com o objetivo de despertar nos baianos e turistas presentes uma consciência sobre a importância da preservação ambiental marinha. “A nossa costa é propícia a esse espetáculo da natureza, onde as baleias saltam e bailam comemorando a vida. Esse é mais um motivo para termos o máximo de pessoas envolvidas nas ações do Festival das Baleias e nas discussões do 3º Simpósio do Mar em 2018 em Nova Viçosa”, enfatiza ela. (Por Athylla Borborema).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.