Header Ads

Empresário teixeirense e motorista da Rede CNA são presos pelo PETO furtando Diesel em Teixeira

Teixeira de Freitas: Na noite da última segunda-feira, 02 de outubro, policiais militares do PETO da 87ª CIPM, após troca de informações e contato com o gerente do Posto CNA, notaram que o motorista de um caminhão de combustíveis da Rede CNA estava em atitude suspeita, na estrada que liga a BA 290 ao Sítio Amor e Cana. Como foi levantado pelos militares que aquela não era uma rota de entrega ou de viagem do caminhão, a guarnição saiu em diligência até o local e flagrou dois indivíduos, dentre eles, o motorista do caminhão retirando combustível do tanque de carga do veículo um VW/8 160 DRC 4X2, branco, placa policial OVK 0254 e carregando tambores que estavam na carroceria de uma caminhonete Ford/F250 XLT, preta, placa policial HGI 0631.

O motorista foi identificado como sendo, Charle Alves Nunes, 44 anos de idade, natural de Porto Seguro/BA, que reside na Rua Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa. Já o segundo acusado foi identificado como sendo o empresário no ramo de atacado e agricultor Calebe de Pádua Calais, 21 anos de idade, que reside na Rua Moacir Siquara, no Bairro Jardim Caraipe, em Teixeira, e que conduzia a caminhonete F250. Na caminhonete de Calebe, os militares do PETO encontraram 10 tambores, sendo que 09 completamente cheios de Diesel e 01 ainda vazio. Segundo levantamento dos militares, com auxílio do gerente do posto, os acusados já tinham furtado cerca de 481 litros de Diesel.

Os militares deram voz de prisão aos acusados e durante buscas na caminhonete de Calebe, os militares encontraram uma Pistola de Air Soft marca Taurus PT 92 AF calibre 9 milímetros de número de série 50570941. Além da arma, que mesmo sem ser de fogo, é preciso autorização para ser portada e transportada, foram encontrados 04 folhas de cheques com valores somados de aproximadamente R$ 13.000 (treze mil reais) e R$ 1.240 (mil duzentos e quarenta reais) em espécie. O motorista, juntamente com o jovem empresário foram presos e conduzidos à sede da 8ª COORPIN, onde o caso foi registrado e apresentado para a delegada Waldiza Fernandes. Na delegacia, em entrevista à nossa equipe de reportagem, Charle, que trabalha há 05 anos na Rede CNA, disse que estava negociando o Diesel com o empresário, e que no outro dia o mesmo iria até Posto da Mata fazer o cadastro.

Questionado sobre o porque da tal "negociação" acontecer em uma zona rural, escura e de difícil acesso, o mesmo disse que ali era rota. Tudo que foi dito pelo motorista, foi negado pelo gerente da Rede, que relatou que o procedimento não é autorizado pela empresa e que aquela não era a rota a ser seguida. Já Calebe não gravou entrevista, mas, disse que o combustível seria usado em sua propriedade rural, mas, entrou em contradição ao dizer que no posto pagava cerca de R$ 2,47 (dois reais e quarenta e sete centavos) e que pagaria pelo Diesel cerca de R$ 3,33 (três reais e trinta e três centavos), ou seja, mais caro que uma compra legal. O jovem ainda relatou em conversa que não tem precisão disso, e ao olhar para a algema nas mãos, falou que realmente era estranho tudo aquilo.
Já sobre a Pistola, o mesmo disse que o seu irmão pratica o esporte, e teria deixado a mesma dentro da caminhonete. A delegada ouviu o gerente e, logo após, os militares e apreendeu o caminhão e a caminhonete. Já na madrugada desta terça-feira a delegada Waldiza iniciou as oitivas dos conduzidos, e com base nos depoimentos colhidos e nas provas apresentadas, a delegada flagranteou Charle por furto qualificado (artigo 155) por ser qualificado, já que ele usava da confiança dada a ele para cometimento do ilícito, é o crime não cabe fiança. Já Calebe foi flagranteado por receptação (artigo 180), e foi arbitrada fiança, mas como a mesma não foi paga, tanto Calebe, quanto Charle foram encaminhados para a carceragem da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, onde seguem presos à disposição da Justiça.

Os tambores cheios foram entregues ao responsável pela Rede CNA, que irá retirar o Diesel e devolver os tambores para a Polícia. O caminhão também foi liberado. A delegada irá encaminhar a Pistola de Air Soft para o Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas.

(Por: Rafael Vedra)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.