Header Ads

Agricultor acusado de estuprar a própria filha em Alcobaça é inocentado pela justiça

Alcobaça: O Advogado Criminalista, Dr. Alexsandro Gonçalves de Jesus Santiago, obteve uma importante vitória junto ao Poder Judiciário de Alcobaça, ao conseguir a absolvição do agricultor Sélio Coelho de Figueredo da acusação de ter estuprado a própria filha menor de idade.

Na decisão da juíza criminal Drª. Lívia de Oliveira Figueiredo, publicada hoje nos autos do processo 0000155-85.2014.805.0005, a magistrada concluiu que: “não há nos autos, muito embora a vasta produção probatória ocorrida, dados suficientemente seguros para comprovar a materialidade delitiva. Na dúvida, por imposição legal e por imperativo de consciência, sou levada a absolver o acusado por não haver prova da existência do fato”.

Em suma, significa dizer que não restou comprovada a existência do estupro contra a menor, ou seja, a Justiça entendeu que o fato criminoso atribuído ao Sr. Sélio não ocorreu.

Em conversa com o advogado o Criminalista Dr. Alexsandro, este disse que: “A decisão confirmou aquilo que defendemos durante todo o processo, que não houve qualquer violência sexual contra a menor, sendo a acusação fruto da maldade de pessoas que buscaram, com o episódio, defender interesses escusos. Infelizmente a falsa acusação fez com que o meu cliente fosse preso duas vezes, corresse risco de vida no presídio e ainda ficasse por mais de 03 anos privado do convívio de sua filha”.

Já o Sr. Sélio, disse que: “Sempre acreditei na Justiça e sempre aleguei inocência. Agora meu pensamento está voltado a recuperar o convívio e os laços de afetividade com minha filha. Essa falsa acusação quase acabou com minha vida, mas a Justiça está sendo feita, mesmo que tardiamente”.

“Sabemos que uma acusação de estupro é muito grave, ainda mais quando trata-se de uma criança, por isso a comprovação de que o fato não existiu é uma excelente notícia em tempos de tantos acontecimentos ruins”, acrescentou o advogado.

O Liberdade News desde início acompanhou o processo e buscou todas as informações possíveis sobre o caso, sem perder de vista todos os princípios do bom jornalismo, especialmente pela gravidade das acusações.

Entenda o caso:


Em março de 2014, a ex-mulher do agricultor e mãe da criança, na época com 1 ano e 10 meses, procurou a polícia acusando o Sélio de ter estuprado a própria filha. O Liberdade News, com exclusividade, divulgou os resultados dos exames preliminares, que não evidenciaram violência sexual, sendo sugerida uma avaliação especializada.
Em maio do mesmo ano, após um habeas corpus impetrado pelos advogados Alexsandro de Jesus e Cheyane Janaína, junto ao TJBA, alegando irregularidade na prorrogação da prisão do acusado, o agricultor foi liberado e passou a responder o processo em liberdade. Na época, o Liberdade News também teve acesso em primeira mão à decisão do TJBA.

PHOTO JORNALISMO / Com informações de Edvaldo Alves

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.