Header Ads

Após Operação da PF na região, moradores de Itamaraju apelam nas redes sociais. “A federal podia dar uma passadinha aqui”

Após a divulgação de "Operação Fraternos", realizada hoje (07/09) pela Polícia Federal nas cidades de Eunápolis, Porto Seguro e Cabrália, diversos internautas tem ido à rede social pedir a intervenção das forças de investigação também na cidade de Itamaraju.

Com pouco mais de 64 mil habitantes, o município é governado atualmente pelo médico Marcelo Angênica e o produtor Jario Pires, o "Téa Produções", ambos com fortes ligações com os investigados afastados hoje na operação "Fraternos", tendo em vista que Téa e sua esposa já foram assessores do casal investigado, além de que a empresa do casal foi frequentemente usada para a contratação de atrações para shows realizados por essas prefeituras.

Téa, sua esposa, Robério e Cláudia, já são investigados em outras 5 ações penais que tramitam em Eunápolis e Porto Seguro onde são acusados, pelo Ministério Publico Estadual (MPE), de terem praticado superfaturamento de bandas em shows nas festividades do "Pedrão" e Carnaval, realizados nas cidades governadas pelos acusados. Na mesma época, o ex-prefeito de Itamaraju chegou a sofrer ação do Ministério Público que conseguiu o bloqueio dos pagamentos, pois identificou superfaturamento nos festejos juninos.
Em Itamaraju, a gestão de Marcelo Angênica já foi denunciada ao MPE 6 vezes, além de já terem outras três denuncias no Tribunal de Contas e Ministério Público Federal. A maior parte das denúncias foi protocolada por membros de um grupo chamado Fiscaliza Itamaraju, que identificaram possíveis fraude e superfaturamento em licitações, diversos casos de nepotismo, empresas fantasmas, pagamentos ilegais de vantagens indevidas a servidores, como é o caso da primeira dama, Fabiana Angênica, que em apenas 8 meses a frente do cargo tirou férias e recebeu integralmente os vencimentos, e até contratação de Micro Empresários Individuais - MEI com contratos completamente fora da faixa de faturamento da categoria empresarial.
Com apelos declarados, a população tem postado frases de apoio à operação da PF, ao ponto que clamam para que ocorra também em Itamaraju. A internauta Cingrid Silva apelo logo “tinha que ter uma operação dessas aqui em Itamaraju”, Lazaro Gilmar desejou que prendesse toda corja que está na prefeitura. Thalles Luan abriu o verbo “a federal podia dar uma passadinha aqui em Itamaraju também”. Jota R Locutor acrescentou que “é tão perto. Aproveita e faz uma leva na prefeitura e na câmara ” Cristalino de Deus também deixou seu apelo “visita Itamaraju PF”

Nos próximos dias os membros do Fiscaliza Itamaraju prometem fazer uma visita ao Ministério Público local para saber o andamento das investigações, pois algumas denúncias dotadas de farta documentação e provas foram protocoladas no mês de abril desse ano, onde a população aguarda ansiosa por uma ação mais enérgica do MP local. (Por Redação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.