Header Ads

Homem morre e outros quatro são presos em Valença

Polícia divulgou as imagens de três dos quatro presos, Segundo a polícia, eles são envolvidos com tráfico, roubos e homicídios/ (Foto: divulgação/ SSP)
Um homem morreu e outros quatro homens foram presos na madrugada desta quarta-feira (22) durante uma ação de combate ao tráfico de drogas em Valença, no Baixo Sul do Estado. Batizada de Operação Coroa, a ação pretendia cumprir quatro mandados de prisão contra Josemir Santos de Jesus, o Jó, Jan Everni Sousa dos Santos, o Jan, Rebert Lima Magalhães, Eti-Bagaça, e João Paulo de Jesus Cruz, o Buá, e sete de busca e apreensão.

Policiais civis e militares estiveram no local para cumprir a operação e se envolveram em um tiroteio com os suspeitos. Dois deles foram baleados: João Paulo não resistiu aos ferimentos, e Josemir foi socorrido para um hospital da região, onde segue internado. Já Álisson Lopes da Cruz, o Dadai, foi preso em flagrante por tráfico de drogas.
Três dos quatro homens presos nesta madrugada (Foto: Divulgação/ SSP)
Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), os policiais cumpriram as prisões nos bairros de Lava Pés e Bolívia, na localidade de Clemensau. A polícia informou que, além do comércio de entorpecentes, o grupo também está envolvido com Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e diversos roubos no município. Os presos têm passagens na polícia por tráfico, associação ao tráfico, roubo e homicídio.

A ação foi desenvolvida de forma conjunta entre a 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Valença) e a 33ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Valença) e resultou na apreensão de 57 trouxinhas de cocaína e 18 de crack, 22 buchas de maconha, um revólver calibre 38 com quatro cartuchos e duas munições, nove celulares e um tablet.

Urcisino Vagner Santos, apontado pela polícia como líder da quadrilha, e outro homem identificado como Wênderson dos Santos Barbosa, o Neguinho Paloso, têm mandados de prisão em aberto, e ainda estão sendo procurados. Quem tiver alguma informação sobre eles pode ajudar a polícia através do Disque Denúncia, no telefone 181.

PHOTO JORNALISMO / Com informações da SSP/BA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.