Header Ads

Segundo morto em confronto com a PM em Trancoso é reconhecido pela mãe

Ela veio do Espírito Santo assim que soube da notícia trágica, em 2014, João Otávio foi preso em Eunápolis acusado de assaltar taxistas e moto taxistas
PORTO SEGURO - O Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro confirmou, no início da tarde desta segunda-feira (06), a identificação do segundo homem morto em uma troca de tiros com policiais militares da Cipe-Mata Atlântica e do 8º BPM, no domingo (05), em Trancoso.

O corpo de João Otávio Campos Simão, de 22 anos, estava no DPT e foi reconhecido por sua mãe, que veio no município de São Mateus (ES) assim que soube da provável morte do filho. No mesmo confronto de domingo, iniciado após uma denúncia de assalto, morreu também Cleyver da Silva Santos, 18 anos, apontado como comparsa de João Otávio.
Em contato com o RADAR 64, familiares de João Otávio informaram que ele era natural de São Mateus, mas que estava morando em Porto Seguro. Em fevereiro de 2014, ele foi preso em Eunápolis, sob a acusação de assalto e tráfico de drogas. “Ele estava em liberdade há menos de 30 dias”, informou um familiar.

A mãe de João Otávio está em Porto Seguro cuidando da documentação para a liberação do corpo, que será velado em uma capela no município capixaba.
PHOTO JORNALISMO / Da Redação do RADAR 64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.