Header Ads

Taxistas de Porto Seguro fazem protesto contra a implantação do Uber no município

Veículo que estaria sendo usado pelo aplicativo foi danificado por um grupo
Protesto contra o Uber teve início na orla norte de Porto Seguro
EUNÁPOLIS - Cerca de 150 taxistas de Porto Seguro realizaram uma manifestação na orla norte da cidade, na tarde desta quarta-feira (29), contra a implantação do Uber (aplicativo que oferece serviços semelhantes).

De acordo com o presidente da Cooperativa de Taxistas do município, José Bispo dos Santos, o protesto iniciou às 14h, horário em que o serviço do Uber foi liberado para os veículos cadastrados.

O grupo de taxistas saiu em carreata da orla e seguiu até a Câmara de Vereadores, onde foi buscar uma cópia da lei municipal 1.403, de 29 de novembro de 2017, que dispõe sobre a proibição da circulação de veículos particulares cadastrados em aplicativos, para transporte remunerado de passageiros.
O presidente da Cooptaxi disse ao RADAR 64 que o protesto foi pacífico, mas a polícia está investigando um incidente envolvendo um carro na subida da ladeira do Outeiro da Glória, também na orla.
Taxistas querem que proibição do Uber em Porto Seguro, como prevê lei municipa
“Estamos apenas buscando os nossos direitos. Há uma lei que proíbe esse aplicativo. Nós pagamos impostos e por isso vamos lutar contra a circulação de carros clandestinos de transporte de passageiros”, destacou José Bispo.

Segundo o comandante do 8º BPM, major Anacleto França, um veículo, que supostamente estaria sendo utilizado como Uber, foi cercado por um grupo de pessoas, que atiraram pedras e danificaram com pedaços de paus os vidros do veículo. Ninguém ficou ferido.

“O caso será investigado, mas há a suspeita que o grupo era formado por taxistas”, informou o comandante.

PHOTO JORNALISMO / Da Redação do RADAR 64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.