Header Ads

"Barbara" é presa com 60 pedras de crack na vagina e por obstruir operação da Polícia Militar

Na delegacia, policia também descobriu que ela escondia droga na genitália

Bárbara Moreira de Jesus foi presa na noite de sábado
PORTO SEGURO - Uma mulher foi detida, na noite de sábado (02), no bairro Campinho, em Porto Seguro, acusada de tentar obstruir uma ação da Polícia Militar.

Segundo informações divulgadas pelo 8º Batalhão, durante a realização de ronda operacional na Rua Santa Catarina, Bárbara Moreira de Jesus alertou os traficantes que atuam na região que a polícia estava chegando.

"Ela gritou em alto e bom som: 'a polícia está chegando', ao mesmo tempo em que gesticulava com os braços para que os bandidos corressem em direção ao mangue", afirmou o major Anacleto França.

Bárbara foi levada para prestar esclarecimentos na delegacia. No local, os policiais descobriram que ela também era traficante. "Na revista pessoal, realizada por uma agente da Polícia Civil, descobrimos que ela escondia, na vagina, uma sacola plástica contendo 60 pedras de crack", declarou um policial que participou da operação.

Autuada em flagrante também por tráfico, Bárbara segue custodiada na 1ª Delegacia Territorial de Porto Seguro.


PHOTO JORNALISMO / Da Redação do RADAR 64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.