Header Ads

Delegado dá oportunidade de acusado de feminicídio se apresentar à delegacia, em Itamaraju


Itamaraju: A Polícia Civil de Itamaraju, sob liderança do delegado Bruno Ferrari, que está comandando a delegacia até esta próxima sexta-feira, chegou à autoria do homicídio (feminicídio) de Cláudia Aparecida Matias de Jesus, 40 anos de idade, moradora da Rua Gandu, no Bairro Cristo Redentor.

O acusado do homicídio é o esposo da vítima, identificado como sendo, Carlos Jorge da Silva, vulgo "Carreiro". Segundo informações, após uma discussão, o acusado desferiu alguns golpes de pau na cabeça da vítima, que chegou a ser socorrida ao hospital, mas, não resistiu e veio a óbito.

Logo após o crime, o acusado saiu de casa levando todos os seus pertences. Segundo o delegado Bruno Ferrari, trata-se de um crime passional. O delegado fez uma declaração à imprensa divulgando a foto do suspeito e pediu que ele compareça à delegacia até as 17h00 de hoje, terça-feira (10).

“Se ele não quiser ser preso, que ele compareça à delegacia de forma espontânea e preste as informações devidas, que a lei garante que ele responda em liberdade. Caso não compareça, nossa equipe já está em diligência à procura dele, que poderá ser preso a qualquer momento”, esclareceu Bruno Ferrari.

Qualquer informação que leve à prisão do acusado poderá ser passada através do 197 ou do 073 3294 3364”, disse o delegado.

Photo Jornalismo / Com informações de Edvaldo Alves

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.