Header Ads

Polícia Civil decreta prisão de "Serjão" após concluir inquérito sobre a morte do empresário Luciano do Sacolão Center

Teixeira de Freitas: O Núcleo de Homicídio e Tráfico da 8ª COORPIN, sob a liderança dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, concluíram o inquérito policial do homicídio consumado do empresário (sócio do Sacolão Center), Luciano Francisco da Silva, crime ocorrido no dia 18 de junho deste ano, quando o empresário foi baleado na Av. Padre Anchieta, em frente ao Supermercado G Barbosa, cuja vítima, ao ser socorrida ao HMTF, antes de morrer, falou o nome do autor dos disparos. Segundo a vítima, o autor foi a pessoa de Sérgio Gomes Fonseca, o “Serjão”.

A delegada plantonista, Maria Luíza, deu início às investigações, na ocasião do ocorrido, e o caso foi encaminhado ao NHT, que após o desenvolvimento das investigações preliminares, passou-se a saber que o caso ocorreu por motivo de ciúmes que o autor nutria, por não aceitar a separação com a ex-mulher, com em qual conviveu em união estável por aproximadamente 16 anos. A separação ocorreu há aproximadamente quatro meses, e o Serjão não aceitava que a ex-mulher mantivesse um novo relacionamento amoroso, fato que vinha ocorrendo com a vítima Luciano, desde a separação do casal.

Da antiga relação com a ex, resultou em no nascimento de uma filha, hoje com seis anos de idade. A ex-mulher já tinha um filho de 19 anos, e após a separação, o Serjão, motivado por uso de bebida alcoólica, vinha ameaçando de morte não somente sua ex-companheira, mas, também o filho dela de dezenove anos, este que chegou a entrar em luta corporal com o agressor Sérgio, em outra oportunidade, para evitar que sua mãe fosse agredida fisicamente. O Sérgio não aceitava que outro homem frequentasse a casa da ex, por causa da filha do casal, a criança de 06 anos, e queria o voltar o relacionamento pela força.

O fato acabou se agravando ainda mais, posto que, ao tomar conhecimento da nova relação da mulher, o Sérgio também começou a perseguir a vítima Luciano pelas ruas da cidade, chegando a procura-lo em seu ambiente de trabalho, oportunidade em que lhe fez ameaças veladas de morte, mandando que a vítima abandonasse o relacionamento. De fato, o perigo representado pelo autor Sérgio era iminente, haja vista que no dia anterior ao fato criminoso (17/06/2018), o filho da ex-mulher avistou o Sérgio em uma moto, sem placa, usando uma blusa de frio, embora estivesse muito calor.


O fato citado aconteceu próximo à nova residência da ex, no Bairro Bela Vista, e segundo o filho, o Sérgio se aproximou e parou por um instante a motocicleta, com as mãos na cintura, fazendo menção de estar armado, resolvendo seguir seu destino ao perceber que ele (o filho da ex) estava junto com sua namorada. Já na manhã do dia 18/06, por volta das 07h00, o Luciano estava saindo de sua residência para ir trabalhar, andando com sua bicicleta, quando o agressor Sérgio se aproximou do mesmo com uma motocicleta e efetuou 02 (dois) disparos de arma de fogo que atingiram a vítima nas costas, derrubando-a ao chão, oportunidade em que o Luciano, mesmo ferido, ainda entrou em luta corporal com o Sérgio.

O Sérgio ainda descarregou a arma de fogo contra a vítima, que ficou agonizando no local, e fugiu, tomando rumo ignorado. Assim que a Polícia Civil tomou conhecimento do nome do autor, revelado pela própria vítima, foi representado pela Busca e Apreensão e pela Prisão Preventiva do suspeito, atos deferidos pela Justiça. O procedimento foi devidamente finalizado, saneado e relatado pelo delegado Manoel Andreetta. Segundo o delegado, o autor está foragido e ele pede para quem souber informações sobre o seu paradeiro, que avise a Polícia através do 197, 190 ou dos canais de Denúncia da Polícia.



Photo Jornalismo/Com informações deEdvaldo Alves

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.