Header Ads

Preso um dos acusados de matar jovem e enterrar o corpo em Santa Cruz Cabrália

Quadrilha cobriu cova com cal, pra evitar mau cheiro e acelerar decomposição


Elvis teve mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Cabrália. 
Foto: Radar64
SANTA CRUZ CABRÁLIA - Acusado de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, Elvis dos Santos Camargo, 20 anos, foi preso nesta quarta-feira (1º), em Santa Cruz Cabrália, pela Polícia Civil.

Segundo o delegado Bruno Barreto, as investigações apontam que ele matou, em janeiro deste ano, juntamente com três comparsas, Fabiano Bento Santos, 22 anos. O corpo do jovem foi encontrado quase três meses depois, enterrado nas proximidades de uma fazenda no bairro Campinho.

Ainda conforme o delegado, Elvis atraiu a vítima para uma emboscada, com a promessa de lhe oferecer um cigarro de maconha. "Testemunhas viram Elvis seguindo com a vítima até o local. Os parceiros dele vinham logo atrás carregando pás e enxadas", afirmou Bruno Barreto.

Após executar Fabiano Bento a tiros, a quadrilha cobriu a cova com cal. A substância química inibe a propagação de odor e ainda acelera processo de decomposição do corpo.

Um dos suspeitos, Igor Rosário Conceição, 18 anos, foi morto em uma guerra entre facções criminosas, no último dia 1º de maio, em Santa Cruz Cabrália. Os outros dois estão foragidos.

O assassinato, diz Bruno Barreto, teve como motivação um desentendimento por conta de uma dívida de drogas. Com prisão decretada pela justiça, Elvis está custodiado na carceragem da Delegacia de Santa Cruz Cabrália.

Photo Jornalismo/Da Redação do RADAR 64 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.