Header Ads

Secretaria Municipal de Saúde realiza 2º Encontro de Prevenção ao Suicídio

Em apoio ao Setembro Amarelo, a Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas intensificou as ações de prevenção ao suicídio em Teixeira de Freitas. Além das palestras realizadas nas Unidades Básicas de Saúde durante todo o mês de Setembro, a SMS, através do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial-, realizou na manhã desta sexta-feira, 21 de setembro, o 2º Encontro de Prevenção ao Suicídio, com o tema: “Viver é a melhor opção SEMPRE”.

O encontro, que aconteceu na Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, teve palestras com psicólogas, médico e enfermeira, tratando assuntos como: valorização da vida; influência dos transtornos psiquiátricos no suicídio; como abordar e prevenir o suicídio; o que é felicidade; Além de fazer uma atualização dos profissionais sobre como o suicídio esta sendo abordado como problema de saúde pública.

Para a Coordenadora do CAPS, Vivian Alves, o encontro é um momento importantíssimo para a prevenção ao suicídio. “Este é o momento de refletirmos sobre este tema tão relevante e fazermos a troca de experiências com profissionais de saúde, estudantes de psicologia, de medicina, e ensino médio, profissionais da educação e assistentes sociais.” Destacou a coordenadora.

O Secretário de Saúde, Max Almeida fez a abertura do evento e parabenizou a iniciativa do CAPS. “É fundamental que momentos como este aconteçam periodicamente para tornar os nossos profissionais ainda mais capacitados para lidar com um problema como este, que ainda precisa ser muito mais comentado”.

O Suicídio

Como identificar sinais de que alguém esteja pensando em cometer suicídio:
Observar o comportamento diário;Diálogos que demonstram tristeza, baixa autoestima, desânimo, isolamento; alteração no comportamento; isolamento social.

Como prevenir: Identificar os sinais; Encaminhar para o tratamento.; Dialogar com a pessoa conscientizando-a a fazer o tratamento.

Tratamento

Quando o paciente é encaminhado para o CAPS, ele é acompanhado por uma equipe multidisciplinar com enfermeiro, médico psiquiatra, psicólogo, psicopedagogo, assistente social, de forma intensiva através de psicoterapia individual e em grupo, visitas domiciliares, oficinas terapêuticas, e atendimentos individuais.

Photo Jornalismo/ASCOM/PMTF

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.