Header Ads

Câmara Municipal de Lajedão aprova Moção de Repúdio contra a Expresso Brasileiro

Lajedão: Na Sessão da Câmara Municipal de Lajedão, ocorrida nesta segunda-feira, 29 de outubro, o vereador Rodrigo Silva Caires, colocou em pauta uma Moção de Repúdio contra empresa de transportes Expresso Brasileiro, a qual foi aprovada por unanimidade pelos demais vereadores da Casa Legislativa.

O Parlamentar justifica que: "Para uma empresa tão importante em nossa região e que detém a concessão do transporte público intermunicipal com linha de ônibus diários para os municípios de Nanuque, Medeiros Neto e Teixeira de Freitas, desprestigiar o nosso município com a mudança do local de embarque e desembarque dos passageiros de Lajedão, de nossa rodoviária para a Avenida Getúlio Vargas, local sem nenhuma acomodação ou proteção nos dias de chuvas, é total desrespeito aos cidadãos de nosso Município".
Acrescentou ainda: "A empresa Expresso Brasileiro mandou um comunicado dizendo que os ônibus não vão passar mais na rodoviária, que a população de Lajedão fosse para a Avenida Getúlio Vargas, esperar o ônibus na rua, sentado na calçada, no sol, na chuva, com suas crianças, pertences, sendo que temos uma rodoviária que atende perfeitamente à população. A Expresso Brasileiro sempre usou esse terminal rodoviário para pegar os passageiros, e como uma grande empresa deveria ter responsabilidade social, e nesse momento não está cumprindo essa responsabilidade, fugindo do seu marketing empresarial. Se a empresa dispõe de novos ônibus e não pode passar na rodoviária por algum motivo, deveria ter comunicado bem antes a prefeitura, e isso não vem ao caso. Isso é falta de responsabilidade social, é falta de respeito com seus clientes".

E o vereador finalizou: "Deixo aqui o meu repúdio ao proprietário da Expresso Brasileiro, o deputado federal Ronaldo Carletto, ele já foi muito bem votado aqui em nosso município, em outras eleições, se alguém em Lajedão fez acordos políticos e não cumpriu, ou se a sua votação não veio pra ele, a gente não pode ficar sofrendo com isso. A eleição acabou em outubro e a gente recebe agora uma notificação que os ônibus não vão entrar na rodoviária. A população naturalmente não vai entender isso. Nossa rodoviária tem estrutura para receber a população, basta agora que a Expresso Brasileiro faça a sua parte, concluiu Rodrigo Caires.



Segundo a nota da empresa, exposta no Terminal Rodoviário de Lajedão, a partir do dia 01/11/2018 (já nesta quinta-feira), os ônibus da Brasileiro não farão mais o embarque e desembarque na rodoviária, e sim, na Avenida Getúlio Vargas.

Photo Jornalismo/Por: Lenio Cidreira

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.