Header Ads

Cinco acusados de tráfico são presos com arma e drogas pelo PETO e 2° Pelotão, em Itanhém

Itanhém: Policiais do PETO e do 2° Pelotão da 44ª CIPM, que são lotados na cidade de Itanhém, após receberem várias denúncias anônimas dando conta de que um grupo de suspeitos estariam realizando a comercialização de drogas na cidade, os PMs se deslocaram, no início da manhã desta quinta-feira (25), até o local informado, e quando chegarem no endereço, encontraram três suspeitos na frente da residência.

Os suspeitos foram identificados como sendo, Giovani Santos Oliveira, vulgo “Neguinho”; Walace da Silva Santos e Jhonatas Santos Soares, vulgo “Nego”. Ao serem abordados, Walace e Jonatas disseram serem oriundos da cidade de Medeiros Neto, e que teriam sido recrutados pelo Giovani (Neguinho) para traficar para ele na cidade de Medeiros Neto.

Os PMs, então, com a autorização do "Neguinho", responsável pela casa, fizeram uma busca no interior do imóvel, sendo encontrado uma porção de uma substância tipo maconha, além de uma arma de fogo tipo revolver, calibre .32 (sem munição). O Neguinho disse ainda que teria outros dois componentes do grupo que estavam em outros dois endereços, e que teriam outra parte da droga com eles.

Os outros dois foram identificados como sendo, Uri Eduardo Alves Barbosa, e José de Jesus Junior, vulgo “JJ”. A guarniçao continuou a diligência até os endereços dos dois suspeitos, que, ao serem abordados, confessaram fazer parte do grupo, e apontaram onde estaria escondida parte da droga que estava sobre a responsabilidade deles, para que fosse comercializada.

Então, os militares encontraram enterrado em um terreno baldio, a outra parte da droga, sendo um total aproximado de 247 gramas. Segundo informações, todos os cinco suspeitos fazem parte do grupo de Adelson Alceu de Souza, vulgo “Metrô”, que está preso em um presídio em Salvador, mas, que continua comandando parte do tráfico em Itanhém, e que a referida droga está vindo, justamente, da capital para Teixeira de Freitas, de ônibus.

De Teixeira de Freitas, a droga segue para Itanhém através de lotação. O delegado substituto, William Telles, flagranteou todos os cinco acusados por tráfico de drogas, e associação de tráfico de drogas, estendendo o crime de posse ilegal de arma de fogo para o Giovani Santos, o Neguinho. Os acusados seguem custodiados, à disposição da Justiça.

Photo Jornalismo/Com informações de Cloves Neto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.