Header Ads

Justiça afasta vereador de Itamaraju sob acusação de enriquecimento ilícito

A pedido do Ministério Público Estadual, o Juiz da Vara Criminal de Itamaraju, Rodrigo Quadros, determinou na manhã desta terça-feira, 30 de outubro, o afastamento do vereador e ex-presidente da Câmara, Francisco Carlos Barbosa (PP), conhecido como ‘Chico do Hotel’.

O parlamentar foi denunciado em 2016 por supostamente ter praticado crime de enriquecimento ilícito e falsificação de documentos públicos, além de emissão de cheques sem fundos da Câmara Municipal e emissão de declarações falsas para justificar diárias recebidas em viagens que não foram realizadas, inclusive alegando que estaria em Salvador no mesmo dia em que foi diplomado em 2016.

Chico do Hotel também foi denunciado por manter funcionários fantasmas e utilizar recursos de diárias para realização de festas e confraternizações com amigos, o parlamentar chegou a ser flagrado em um churrasco quando havia declarado estar em Salvador onde recebeu R$ 1,6 mil para despesas da viagem que não ocorreu.

O parlamentar ainda foi preso recentemente pela Polícia Militar de Itamaraju, após ter sido flagrado com um veículo clonado, provavelmente fruto de roubo. O edil chegou a ficar detido por todo o dia, sendo liberado após pagamento de fiança. Pesa ainda contra Chico do Hotel uma Ação Popular onde é pedido a devolução dos recursos supostamente desviados pelo parlamentar.

As denúncias contra Chico do Hotel motivaram no mês de maio deste ano, uma ação de busca e apreensão realizada na Câmara Municipal, pelo Promotor Tarcísio Robslei França, autor da ação, que recolheu documentos e ouviu testemunhas.

Além de Chico do Hotel o juiz também determinou o afastamento do técnico contábil da Câmara e há indícios de que um servidor também poderá ser afastado das dependências do legislativo municipal.


Photo Jornalismo/Com informações de Aminthas de Jesus

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.