Header Ads

Operação da PRF e GAECO prende acusados de falsificar documentos de carretas em Teixeira e Itamaraju

O Chefe de operações da PRF da Bahia, o inspetor Jefferson Almeida, esteve em Teixeira de Freitas
Teixeira de Freitas: Uma Operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) aconteceu na manhã desta quarta-feira (21), para desarticular uma quadrilha que falsificava documentos de carretas para que circulassem com excesso de peso. Na Operação "Raptores" foram cumpridos 15 mandados de prisão e 21 de busca e apreensão no Espírito Santo, na Bahia e em Minas Gerais.

O Chefe de operações da PRF da Bahia, o inspetor Jefferson Almeida, esteve em Teixeira de Freitas na manhã desta quarta-feira, 21 de novembro, e falou ao Jornalismo do Liberdadenews. Ele relatou que essa operação é fruto de um trabalho do GAECO, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do estado do Espírito Santo, que identificou o envolvimento de pessoas nos estado da Bahia e de Minas Gerais.

“Após as investigações, o GAECO desses estados foi acionado e em parceria com a Superintendência da Bahia e de Minas Gerais, foi deflagrada essa Operação. “Essa quadrilha trabalhava com falsificação de documentos, principalmente alterando as características dos veículos que possibilitavam a carga com peso maior, influenciando no índice de acidentes. Então, a partir dos acidentes, e de ocorrências policiais, e um minucioso trabalho de investigação, chegamos à Quadrilha”, explicou o inspetor Jefferson.

Ainda segundo o inspetor, em Teixeira de Freitas foram presas quatro pessoas e em Itamaraju uma pessoa. Segundo a PRF, esses nomes não serão divulgados, até mesmo para não atrapalhar outras ações. Após exame de corpo delito nesta manhã, todos os acusados serão conduzidos para o estado do Espírito Santo. “Esta Operação não terminou, ela continua e vai ter prosseguimento até chegar seu ponto final”, finalizou Jefferson Almeida.
Photo Jornalismo/Por: Lenio Cidreira

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.