Header Ads

“Jajá” é assassinado e estaria envolvido na morte de “PH do Dapezão”


                 Vítima teria sido amarrada e espancada antes de ser morta

Jadson Chagas dos Santos, de 23 anos, foi morto a pauladas neste último domingo, dia 23 de dezembro, em um terreno baldio no bairro da Bacia, periferia de Itabela. De acordo com a Polícia Civil, Jadson era suspeito de participar na morte de um menino de 11 anos, a pauladas e pedradas, crime ocorrido na saída de uma festa ‘paredão’ no sábado (22).

Ainda segundo a Polícia Civil, Jadson, que era mais conhecido por “Jajá”, estava junto com comparsas no momento em que o menino Paulo Henrique da Paz Silva, o “PH do Dapezão”, foi emboscado e morto.

Caso a relação entre as mortes seja confirmada, este será o quarto homicídio ligado ao caso desde o dia 6 de dezembro, quando Darles Santos Marinho, 19, foi morto com um tiro. Ele estava junto com “PH” e mais outros três adolescentes, um deles Adenivan Grigório da Silva, 15, morto dia 9 de dezembro com 15 tiros.

De acordo com a polícia, os jovens fazem parte de uma lista de jurados de morte de um grupo rival.

Itabela, apesar de ser uma cidade de pequeno porte, possui casos de homicídios que a colocam em destaque, comparando com outras cidades do mesmo perfil na região.

Segundo a Polícia Civil, três facções atuam na cidade: a Baixada (local), a Mercado do Povo Atitude (MPA), que é de Porto Seguro e tem ligação com a facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), e o Primeiro Comando de Eunápolis (PCE). 

Photo Jornalismo/Da redação TN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.