Header Ads

Pastor Aílton é acusado de estuprar jovem com distúrbios neurológicos

Prisão foi determinada pela justiça; para delegada, ele abusou da fé da vítima


Pastor Aílton está preso em Porto Seguro por determinação da justiça/
Foto: Reprodução 

PORTO SEGURO - Acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos, que tem distúrbios neurológicos, o pastor evangélico Ailton José dos Santos, de 51 anos, está preso desde quarta-feira (05), na cidade de Porto Seguro, por determinação da justiça. De acordo informações da Delegacia da Mulher, o crime ocorreu na manhã do último sábado (1º), na casa da jovem, no bairro Cambolo.

Para a delegada Teronite Bezerra, foi um ato premeditado, pois o pastor, que congrega em uma igreja no mesmo bairro, conhecia a rotina da família e sabia que a jovem estaria em casa sozinha naquele momento, pois a mãe tinha ido ao trabalho.

"A vítima narrou que não chegou a haver penetração, mas que Ailton tocou em suas partes íntimas e a coagiu a vestir roupas mais sensuais, para, em seguida, mandá-la se masturbar com um controle remoto de TV, enquanto ele próprio se masturbava", afirmou a delegada ao RADAR 64.

Ainda de acordo com a delegada, o pastor já tinha ido à casa outras vezes fazer oração, mas sempre quando a mãe estava presente. Teronite destaca que o acusado abusou da fé da jovem, que também frequentava o templo religioso.

Acusado congregava em igreja no bairro Cambolo, em Porto Seguro/
Foto: Reprodução 

"Antes de começar a praticar os atos sexuais, ele pediu para a adolescente colocar uma música, pois precisava fazer uma oração para expulsar alguns espíritos ruins que estavam no local", complementou a delegada.

Um lençol com uma mancha, que pode ser de sêmen do pastor, foi apreendido pela perícia na casa. O material genético vai passar por exame de DNA.

O QUE DIZ O ACUSADO - Em depoimento, o pastor Ailton José dos Santos declarou que estava em Porto Seguro há oito meses, mas não informou de qual cidade teria vindo. Ele admitiu que esteve na casa, mas apenas para "fazer uma oração pelas roupas da adolescente".

O pastor segue custodiado na carceragem da Polícia Civil. Ele deve ser transferido para o presídio de Eunápolis, onde vai aguardar o julgamento do processo de estupro de vulnerável. A prisão ocorreu após uma denúncia da mãe.

Photo Jornalismo/Com informações do RADAR 64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.