Header Ads

Conselheira Tutelar de Lajedão é denunciada após ter fotos íntimas vazadas nas redes sociais


Lajedão: A equipe do Liberdade News e da Rádio Lajedão FM foram procuradas por populares da cidade de Lajedão para denunciar a conselheira tutelar Natália Alves Muniz, 37 anos, após o vazamento de fotos íntimas da conselheira. Segundo os denunciantes, como as fotos da Conselheira Tutelar viralizaram na cidade e pelo cargo importante que ela exerce diante de crianças e adolescentes, é inviável a permanência da conselheira no cargo.

Nossa equipe de reportagem procurou a Assistência Social, onde estava a presidente dos Conselheiros Tutelares (CMDCA), a senhora Mara de Jesus Santos. Segundo a Mara, ela também recebeu a denúncia de populares e instaurou um Processo Administrativo (Sindicância) para apurar a conduta da conselheira Natália. Segundo a presidente, o cargo de conselheiro é eletivo, e a cada 02 anos é realizado o processo de eleição. E este ano, a partir de junho começa o pleito eleitoral para o Conselho Tutelar.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato telefônico com a conselheira Natália, que se mostrou muito envergonhada pelo ocorrido e disse que essas fotos ela mandou para o esposo há um ano, quando ele estava trabalhando em Eunápolis e que não faz ideia como essas fotos vazaram, já que ela tinha apenas no celular dela. A depender do resultado da Sindicância, a conselheira poderá ser exonerada do cargo, devendo o suplente assumir o Cargo até a próxima eleição.

Photo Jornalismo/Por: Edvaldo Alves

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.