Header Ads

NHT da 8ª COORPIN conclui inquérito do homicídio de “Wanderson Tatuado” e indicia acusados


Teixeira de Freitas: O NHT da 8ª COORPIN, sob liderança dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, concluiu as investigações do homicídio consumado, que teve como vítima Wanderson de Souza Silva, o “Wanderson Tatuado”, na época com 30 anos de idade. O crime aconteceu no dia 30 de dezembro de 2016, na Rua Bela Vista, no Bairro São Lourenço, e de acordo as investigações do NHT, a motivação foi a disputa entre os grupos de traficantes pelos pontos de venda e distribuição de drogas, em Teixeira.

Na ocasião do crime, a vítima foi surpreendida e atropelada pelos executores quando conduzia sua motocicleta Honda Bros, de cor preta, placa policial OZS-6296 pela rua, sendo utilizado pelos executores um veículo Ford Fiesta, de cor preta, placa policial HLY-4851, o qual continha em seu interior 03 toucas “ninja”, veículo que foi abandonado pelos executores durante a ação criminosa, por apresentar problemas mecânicos. O Liberdade News teve acesso ao vídeo das câmeras de segurança, que gravou parte da ação criminosa.

Sob o comando dos delegados Manoel e Bruno, os quais juntamente com o investigador Sérgio Adriano, o NHT apurou que o Wanderson foi morto por Rômulo Rodrigues da Silva, o “2R” e Jackson Morais, vulgo “Gorunday”, ambos com 23 anos, a mando do chefe do tráfico no Bairro São Lourenço, Jackson Soares Aguilar, o “Jacó”, 25 anos, interno do CPTF, que na época era parceiro do chefe do tráfico Audimar Serafim, o “Fala Fina” (morto em confronto com a PM), ambos integrantes do grupo maior de traficantes, denominado Grupo do Soca, comandado pelo chefe do tráfico Jalperaz do Espírito Santo, o “Soca”.

A equipe do NHT descobriu que foi Rômulo o autor dos disparos contra o Wanderson, ajudado por Jackson (Gorunday), que conduziu o veículo. Segundo o NHT, o crime teve como motivação o fato da vítima, ex-integrante do grupo de Fala Fina e Jacó, ter “virado a casaca” ou mudado de lado, passando a comercializar drogas no Bairro São Lourenço, para o grupo de traficantes rival, denominado Grupo do Gueto.

A Equipe do NHT esteve no Complexo Penitenciário de Segurança Máxima de Viana/ES., local onde promoveu o interrogatório do autor do crime Rômulo “2R”, custodiado naquela Instituição Prisional pela prática de homicídio tentado contra um Policial Civil daquele Estado. Segundo o delegado Andreetta, no mesmo sentido o mandante do crime Jackson “Jacó”, foi ouvido no CPTF onde cumpre pena por homicídio, o que demonstra o alto grau de periculosidade e a conduta reiterada dos autores na prática de crimes da mesma natureza.

Já o executor Jackson “Gorunday” encontra-se foragido, em local ignorado. O procedimento foi devidamente finalizado, saneado e relatado pela Equipe do NHT, com o pedido judicial de Prisão Preventiva dos autores do delito.


Photo Jornalismo/Por: Edvaldo Alves

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.