Header Ads

Polícia investiga assassinato de mulher de 26 anos

Corpo foi encontrado às margens da BR-367, perto do Lulão



Juliana morava no bairro Vila Parracho, em Porto Seguro / 
Foto: Reprodução / Facebook 
SANTA CRUZ CABRÁLIA - O corpo de Juliana Santos da Rosa, 26 anos, foi encontrado às margens da BR-367, perto do distrito de Vera Cruz, no fim da manhã desta quinta-feira (14). Havia varias lesões provocadas por instrumentos contundentes e perfuro-cortantes.

Segundo a Polícia Civil, as evidências levam a crer que Juliana foi morta em outro local, pois, perto do corpo, não havia volume de sangue compatível com os ferimentos.

Foram encontradas, ainda, marcas de pneus de carro, com características de manobra de marcha à ré e uma corda de nylon. "Deduzimos, com isso, que ela tenha sido morta em outra aérea e o corpo descartado ali", afirmou o delegado Bruno Barreto.

O local do crime, uma estrada vicinal perto da entrada do Assentamento Lulão, fica em território de Santa Cruz Cabrália, por isso as investigações estão sendo realizadas pela delegacia daquele município.

Juliana morava no bairro Vila Parracho, em Porto Seguro. A mãe dela já prestou depoimento. Um inquérito foi instaurado para apurar o homicídio. Até o momento, a autoria é desconhecida.

Photo Jornalismo/Da Redação do Radar64

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.