Header Ads

Mulher suspeita de manter casa de prostituição de menores é presa em operação policial em Teixeira de Freitas

Batizada de ‘Aqualtune', operação começou nesta sexta-feira (29) em diferentes regiões do estado.
Já na região sul, seis mandados foram cumpridos na cidade de Teixeira de Freitas. — Foto: Reprodução / TV Santa Cruz
Oitenta e seis pessoas foram presas, incluindo uma mulher suspeita de manter uma casa de prostituição, durante um operação da Polícia Civil de combate a crimes de violência contra mulher, em cidades da Bahia, nesta sexta-feira (29).

A ação foi batizada de "Aqualtune", que é o nome de uma princesa africana vendida como escrava e abusada sexualmente quando estava grávida, e foi deflagrada para o cumprimento de mandados de prisão contra envolvidos em crimes previstos na Lei Maria da Penha, além de estupros e feminicídios.

Segundo a polícia, em Salvador e região metropolitana foram realizadas 11 prisões e no interior 75. Duas delas na cidade de Entre Rios, onde foram capturados dois homens envolvidos em um estupro coletivo.

Conforme a polícia, dois feminicidas também foram capturados em cumprimento a mandados de prisão preventiva, na região de Santa Maria da Vítoria, sede da 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e Conceição do Coité. 
a Operação “Aqualtune”.
Na manha da sexta-feira, 29 de março, policiais da 8ª COORPIN, realizam o cumprimento de 6 mandados de prisão na cidade de Teixeira de Freitas. A coordenadora da 8ª COORPIN, Valéria Chaves, comandou a operação, juntamente com a delegada titular da DEAM, Viviane Scorfield.

Photo Jornalismo/Por G1 BA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.